Iaiá Garcia (1982)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Iaiá Garcia foi uma telenovela brasileira exibida pela TV Cultura entre 2 e 27 de agosto de 1982, às 19h30. Baseada no romance homônimo de Machado de Assis, foi escrita por Rubens Ewald Filho.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Iaiá era filha de Luís Garcia, viúvo e funcionário público, que nela concentrava todos os seus afetos, a fonte de toda a alegria do pai, em cuja casa reina a solidão.

Luís Garcia tem uma amiga que também é viúva, Valéria Gomes, mãe de Jorge, que está apaixonado pela filha de um ex-empregado de seu falecido pai, Estela, que vive na mesma casa. Para afastá-lo de Estela, por não a julgar digna de sua posição social, a mãe obriga-o a se alistar como voluntário para lutar na Guerra do Paraguai. Mas Jorge não esquece a sua amada e tem um verdadeiro choque ao saber que ela casara com Luís Garcia, que a isso foi levado, entre outras razões, pelas boas relações entre Estela e sua filha Iaiá.

A partir daí, a história evolui ao longo do tempo, com o retorno de Jorge, sua mãe já falecida, a influência do novo amigo que fizera no Paraguai, encontros e desencontros, até a morte de Luís Garcia. E Jorge acaba casando com Iaiá.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Para aumentar o interesse do público pela série "Tele-Romance", a TV Cultura realizou o Concurso Literário Iaiá Garcia, incentivando os estudantes a fazerem comparações entre a obra escrita e a adaptada para televisão.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.