Iama (ioga)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Iama[1] (em védico: यम; romaniz.: Yama), segundo o Ioga Sutra, é o primeiro passo (anga) do Ioga, necessário à prática das cinco virtudes: benevolência e não-violência (ahiṃsā), sinceridade (satya), probidade (asteya), castidade (brahmacarya) e a ausência de luxúria (aparigraha). Significa autocontrole, dever moral, regra, observância, penitência.[2]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Nascentes, Antenor (1932). Dicionário etimológico da língua portuguesa Vol. 2. Rio de Janeiro: F. Alves