Ibá orixá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Assentamento de Xângo e Obá no candomblé de Ilê Axé Ijino Ilu Oróssi

Ibá orixá (em latim: igbá oriṣá)[1] ou somente ibá é o assentamento sagrado dos Orixás na cultura nagô-vodum, onde são colocados apetrechos e fetiches inerente a cada um deles na feitura de santo. Ao lado de cada um dos ibás encontramos talhas, quartinhas e quartiões, que devem conter o líquido mais precioso da vida chamado pelo povo do santo de omin (água).

Cada ibá orixá é uma representação material e pessoal, simbolizando a captação de energia oriundo da natureza, ligado aos orixás correspondentes e sempre emanando energias para seus adeptos e crentes.

Ibás orixás mais importantes num terreiro de candomblé[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Ibá orixá
Ícone de esboço Este artigo sobre candomblé é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.