Ice Age: The Meltdown

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ice Age 2: The Meltdown)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ice Age 2
A Idade do Gelo 2: Descongelados (PT)
A Era do Gelo 2 (BR)
Cartaz promocional do filme.
 Estados Unidos
2006 •  cor •  91 minutos min 
Direção Carlos Saldanha
Roteiro Peter Gaulke
Gerry Swallow
Elenco John Leguizamo
Ray Romano
Queen Latifah
Denis Leary
Seann William Scott
Josh Peck
Will Arnett
Jay Leno
Gênero Animação
Lançamento Portugal 30 de Março de 2006
Estados Unidos 31 de Março de 2006[1]
Brasil 31 de Março de 2006
Idioma Inglês
Orçamento US$ 80 milhões
Receita US$ 655.388.158
Cronologia
Último
Último
Ice Age (2002)
Ice Age: Dawn of the Dinosaurs (2009)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Ice Age 2 (no Brasil, A Era do Gelo 2 e em Portugal, A Idade do Gelo 2: Descongelados) é um filme de computação gráfica lançado em 2006, produzido pela Blue Sky Studios e distribuído pela 20th Century Fox. Contou com a direção do brasileiro Carlos Saldanha.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A história começa com a era do gelo chegando ao fim, quando as geleiras começam a derreter e o nível dos oceanos, a subir. No entanto, os animais não se dão conta disso e se divertem com as novas cachoeiras e rios, um verdadeiro parque aquático natural, sem saber que muitas dessas criaturas poderão ser extintas. Além disso, alguns seres que estavam congelados a milhares de anos voltam à vida, como uma dupla perigosa de répteis pré-históricos que estavam congelados desde a Era dos Dinossauros e que passam o filme todo tentando devorar os outros animais. O trio central está começando a aproveitar os prazeres do novo mundo, sem se dar conta dos riscos que correm. Manny acredita que está preparado para começar sua própria família. Porém, não encontra nenhuma mamute para casar. Ele fica desconfiado de que sua espécie está quase extinta e ele é o último exemplar. Quando os animais são avisados por um abutre de que todos poderão morrer afogados, este diz que existe uma forma de sobreviver. Basta encontrar uma canoa grande o bastante para colocar todos os seres - numa referência à Arca de Noé. Todos os animais amigos dos protagonistas saem numa caminhada em rumo a essa misteriosa embarcação.

No caminho, Manny acaba encontrando uma mamute, chamada Ellie. Porém, ela pensa ser um gambá, tanto que tem dois irmãos dessa espécie, Crash e Eddie. Contra a vontade de Manny, Sid convida Ellie, Crash e Eddie para caminhar com eles. Ellie aceita, contra a vontade de Crash e Eddie, pois estes já brigaram com Diego. Manny estabelece como vai ser o grupo, deixando de lado Sid: ele vai ser o pai, Ellie vai ser a mãe e Diego vai ser "o tio que come as criancinhas que o irritarem (Crash e Eddie)". Enquanto isso, Scrat novamente se aventura atrás de sua bolota. Ele consegue sua noz mas os dois estão no fundo do mar. Scrat então se vê cercado por peixes com dentes afiados. Scrat foge para terra firme mas os peixes o mordem. De repente, um peixe morde o braço de Scrat e a bolota junto. Por causa disso, Scrat vira um "karateca". Ele bate nos peixes e tira do estômago de um a sua bolota. Quando Scrat anda com sua bolota, uma abutre a pega. Enquanto isso, o grupo de Manny é atacado pelos dois répteis pré-históricos. Diego tem medo da água. Sid é fraco para atuar. Ellie, Crash e Eddie sabem que são gambás e não podem fazer nada. Então os répteis atacam Manny. Este os vence, causando felicidade em Ellie.

Então, quando Ellie descobre que é uma mamute, Manny diz que eles são a única chance de salvar a espécie. Ellie se enfurece e o grupo segue caminho, mas Ellie corta relações com Manny. Isso até se virem à beira de um precipício: comandados por Diego, o grupo consegue escapar da morte certa. Depois, Manny e Ellie se entendem e o grupo pára para repousar. Durante a madrugada, Sid é levado por um bando de pequenas preguiças, que o chamam de "Rei do Fogo". Elas pensam que Sid é o responsável pelo aquecimento global e, por isso, resolvem matá-lo, jogando-o na rocha incandescente. Sid escapa por muito pouco e, pela manhã, reencontra-se com o grupo.

Logo após o grupo tem dois caminhos a seguir com a água prestes a causar um tsunami: ou vão pelo caminho mais longo, que não tem obstáculos, ou pelo mais curto, que tem vários gêiseres. Ellie, Crash e Eddie vão pelo primeiro caminho: Manny, Sid e Diego, pelo segundo. Manny tenta atravessar os gêiseres mas quase é morto por um destes e é socorrido por Sid e Diego. Enquanto isso, Ellie fica presa em uma caverna e a água começa a subir. Manny luta com os répteis pré-históricos e a salva. Então quando todos iam morrer afogados, Scrat aparece e sua noz afunda nas geleiras abrindo uma passagem, por onde a água passa. Scrat então "vai ao céu" e corre atrás de uma bolota gigante. Mas então ele é salvo por Sid e, em seguida, o ataca, achando que ele roubou sua bolota.

Primeiras Exibições na TV[editar | editar código-fonte]

No Brasil, foi exibido pela primeira vez na televisão aberta no dia 7 de dezembro de 2008 pela Rede Record no programa Tela Máxima, totalmente em HDTV e juntamente com o filme da franquia. Em Portugal, foi exibido pela TVI em 3 de junho de 2007 juntamente com o 1° filme.

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Personagem Dublador Original Dublador Brasil Dublador Portugal
Sid John Leguizamo Tadeu Mello Peter Michael
Scrat Chris Wedge
idem
idem
Manfred "Manny" Ray Romano Diogo Vilela Luís Rizo
Ellie Queen Latifah Cláudia Jimenez Cláudia Cadima
Diego Denis Leary Márcio Garcia Alfredo Brito
Crash Seann William Scott Peterson Adriano Victor Emanuel
Eddie Josh Peck Gustavo Nader Heitor Lourenço
Tony Ligeiro Jay Leno Sergio Stern Rui Paulo
Abutre Will Arnett Isaac Bardavid Paulo B

Estreias internacionais[editar | editar código-fonte]

País Estreia
Uruguai 1° de Março de 2006
 Bélgica 29 de Março de 2006
Indonésia 29 de Março de 2006
 Jamaica 29 de Março de 2006
 Países Baixos 29 de Março de 2006
Filipinas 29 de Março de 2006
 Arménia 30 de Março de 2006
 Argentina 30 de Março de 2006
 Bielorrússia 30 de Março de 2006
República Dominicana 30 de Março de 2006
 Hungria 30 de Março de 2006
Cazaquistão 30 de Março de 2006
 Malásia 30 de Março de 2006
 Porto Rico 30 de Março de 2006
 Portugal 30 de Março de 2006
 Sérvia 30 de Março de 2006
 Rússia 30 de Março de 2006
 Singapura 30 de Março de 2006
 Bulgária 31 de Março de 2006
 Brasil 31 de Março de 2006
Equador 31 de Março de 2006
Flag of Spain.svg Espanha 31 de Março de 2006
 Finlândia 31 de Março de 2006
 México 31 de Março de 2006
 Panamá 31 de Março de 2006
 Polónia 31 de Março de 2006
 Roménia 31 de Março de 2006
 Suécia 31 de Março de 2006
 Estados Unidos 31 de Março de 2006
África do Sul 31 de Março de 2006
Taiwan 1° de Abril de 2006
 Israel 4 de Abril de 2006
Suíça 5 de Abril de 2006 (Região falantes Franceses)
Suíça 5 de Abril de 2006 (Região falantes Alemães)
 Egito 5 de Abril de 2006
 França 5 de Abril de 2006
Trinidad e Tobago 5 de Abril de 2006
 Áustria 6 de Abril de 2006
 Austrália 6 de Abril de 2006
 Chile 6 de Abril de 2006
 República Checa 6 de Abril de 2006
 Alemanha 6 de Abril de 2006
 Grécia 6 de Abril de 2006
 Nova Zelândia 6 de Abril de 2006
 Peru 6 de Abril de 2006
 Eslováquia 6 de Abril de 2006
 Tailândia 6 de Abril de 2006
 Colômbia 7 de Abril de 2006
 Dinamarca 7 de Abril de 2006
 Estónia 7 de Abril de 2006
 Reino Unido 7 de Abril de 2006
 Irlanda 7 de Abril de 2006
 Islândia 7 de Abril de 2006
 Lituânia 7 de Abril de 2006
 Noruega 7 de Abril de 2006
 Venezuela 7 de Abril de 2006
 Emirados Árabes Unidos 12 de Abril de 2006
Kuwait 12 de Abril de 2006
 Hong Kong 13 de Abril de 2006
 Croácia 13 de Abril de 2006
Líbano 13 de Abril de 2006
 Eslovênia 13 de Abril de 2006
 Chipre 14 de Abril de 2006
 Letônia 14 de Abril de 2006
 Turquia 14 de Abril de 2006
 Coreia do Sul 20 de Abril de 2006
Suíça 21 de Abril de 2006 (Região falantes Italianos)
 Índia 21 de Abril de 2006
 Itália 21 de Abril de 2006
 Japão 22 de Abril de 2006
 Macedónia 12 de Maio de 2006

Crítica[editar | editar código-fonte]

Ice Age 2: The Meltdown tem recepção mista por parte da crítica especializada. Possui Tomatometer de 57% em base 143 críticas no Rotten Tomatoes. Por parte da audiência tem 72% de aprovação.[2]


Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Diferentemente do 1° filme A Era do Gelo, em que os cenários eram praticamente todos brancos devido ao gelo, este filme possui um colorido mais alegre, que reflete a descoberta da natureza deste novo mundo;
  • Conta com todos os dubladores do 1° filme em seus respectivos papéis, seja na versão original seja nas dublagens PT-PT ou PT-BR;
  • Faturou mundialmente em bilheterias US$ 655 388 158, 00, com orçamento estimado em US$ 90 milhões;
  • Diferentemente do 1° filme, este não mostra seres humanos – um detalhe diferencial já esperado pelo público.

Referências

  1. InterFilmes - A Era do Gelo 2
  2. Ice Age 2: The Meltdown - Rotten Tomatoes (em inglês). Visitado em 11 de janeiro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]