Igor Vovchanchyn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Igor Vovchanchyn
Data de nascimento 6 de Agosto de 1973 (40 anos)
Local de nascimento Ucrânia Zolochiv, Oblast de Kharkiv, RSS da Ucrânia, União Soviética
Outros nomes Ice Cold
Nacionalidade Ucraniano
Altura 1,73 m
Peso 107 kg
Divisão Peso Meio Pesado
Peso Pesado
Envergadura 173 cm
Modalidade Kickboxing
Posição Destro
Luta por Kharkiv, Ucrânia
Equipe Team Vovchanchyn
Anos ativo 1995-2005 (MMA)
Cartel profissional de Kickboxe
Total 63
Vitórias 61
Derrotas 2
Cartel no MMA
Total 66
Vitórias 55
Por nocaute 29
Por finalização 17
Por decisão 8
Por desqualificação 1
Derrotas 10
Por nocaute 1
Por finalização 6
Por decisão 3
Sem resultado 1
Outras informações
Igor Vovchanchyn no Sherdog

Igor Yaroslavovich Vovchanchyn (em russo: Ігор Ярославович Вовчанчин; Zolochiv, 6 de agosto de 1973) é um ex-lutador ucraniano de artes marciais mistas e kickboxing. Ele venceu sete torneio de artes marciais mistas, se mantendo invicto por 37 lutas, e chegou à final no Pride Grand Prix 2000.

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Começo da carreira[editar | editar código-fonte]

Vovchanchyn fez a transição de uma carreira de sucesso no kickboxing para o MMA em 1995, e competiu primeiramente em tipos de torneios ocorridos por toda a Ucrânia, as vezes lutando três ou quatro vezes no mesmo dia. Ele ficou famoso por ser um dos únicos lutadores oriundos da trocação a vencer adversários da luta agarrada,Vovchanchyn dizia: "Quebro os adversários ou quebro as mãos!", sua vitória no torneio Mr. Powerman Sekai em Minsk, Bielorrússia em 23 de Janeiro de 1996. Ele repetiu o sucesso no evento inaugural do International Absolute Fighting Council, derrotando Adilson Lima, faixa preta de Gracie Jiu Jitsu que treinou com Ryan Gracie. Vovchanchyn venceu por nocaute com tiros de meta aos 56 segundos de luta, porém o córner de Lima (Renzo Gracie) argumentou aos organizadores do torneio, reclamando que os chutes com o oponente no chão eram injustas e exigiu uma revanche imediata. Raramente, uma revanche imediata foi concedida, e a luta recomeçou, só foi interrompida pela segunda vez após o nariz de Lima quebrar devido a um soco, dando a Vovchanchyn a vitória por Nocaute Técnico.

Vovchanchyn ganhou sete torneios de MMA durante esse período de sua carreira, e foi considerado o melhor Peso Pesado do mundo por anos. De Janeiro de 1996, Vovchanchyn não perdeu nenhuma luta até a luta final do torneio do Pride Grand Prix 2000, quando foi derrotado por Mark Coleman.

Começo da carreira no Pride FC[editar | editar código-fonte]

Em sua estréia no Pride, Vovchanchyn enfrentou o kickboxer e campeão de wrestling Gary Goodridge. Vovchanchyn mostrou uma evidente falta de experiência em grappling e defesa contra derrubadas e foi derrubado duas vezes por Goodridge, que não era conhecido por suas promessas no wrestling. Vovchanchyn, no entanto, obviamente atrás de pontos, dominou Goodridge na trocação e nocauteou-o com dois cruzados de esquerda, aos 10:14 do primeiro round.

Vovchanchyn então lutou com o japonês Akira Shoji. A luta permaneceu em pé a maioria dos dois rounds de dez minutos, e Vovchanchyn venceu por Decisão. Ele então enfrentou Carlão Barreto, um membro da equipe de Carlson Gracie e campeão de Vale Tudo. Vovchanchyn defendeu as tentativas de queda de Barreto e venceu por Decisão.

Superluta não oficial de Peso Pesado n°1[editar | editar código-fonte]

Vovchanchyn foi colocado para enfrentar o wrestler Mark Kerr pelo título não oficial de peso pesado n°1 do mundo. Quase todos que acompanhavam MMA acreditavam que Vovchanchyn ou o invicto, duas vezes campeão do UFC e campeão do ADCC Mark Kerr eram os melhores pesos pesados e lutadores peso-por-peso do mundo. No começo da luta, Kerr abriu um corte em Vovchanchyn com uma joelhada no olho direito, e garantiu várias quedas, mas foi incapaz de passar da guarda de Vovchanchyn ou causar mais dano. No último round, Vovchanchyn aproveito que Kerr estava exausto e o dominou com golpes, eventualmente nocauteando-o com uma série de joelhadas. Vovchanchyn foi declarado o vencedor na noite, mas o resultado foi mudado depois, e foi declarado Sem Resultado. Joelhadas na cabeça do oponente no chão de quatro apoios foram excluídas antes do evento.

Em sua luta seguinte, Vovchanchyn enfrentou o mestre de Jiu Jitsu Brasileiro Francisco Bueno. Igor nocauteou Bueno com uma sequência avassaladora, Bueno literalmente caiu da cara no chão. Esse nocaute é até hoje considerado um dos mais brutais nocautes da história do MMA. Após esta sequência de vitórias, Vovchanchyn se tornou o favorito do Pride Grand Prix 2000.

Pride Grand Prix 2000[editar | editar código-fonte]

Vovchanchyn foi considerado o melhor lutador do esporte por diversos anos, e como os comentaristas Stephen Quadros e Bas Rutten disseram, ele era o favorito para ganhar o torneio. No round de abertura ele derrotou o wrestler profissional japonês Alexander Otsuka por decisão, e em uma revanche com Gary Goodridge, venceu por nocaute.

Vovchanchyn então enfrentou o herói japonês e então lutador n°1 peso-por-peso no mundo, Kazushi Sakuraba, que havia derrotado o campeão do UFC Royce Gracie em uma luta de 90 minutos, a mais luta mais longa da história. Vovchanchyn pontuou bem no primeiro round e venceu a luta após Sakuraba não poder voltar para o segundo round.

Vovchanchyn então enfrentou outro wrestler americano, Mark Coleman. Coleman tinha a vantagem, indo para a semifinal, após na semifinal seu adversário, Kazuyuki Fujita, desistir devido a uma lesão. Coleman manteve visivelmente cansado Igor no chão, e durante o segundo round de 20 minutos, finalizou a luta pegando as costas de Vovchanchyn e repetidamente aplicou joelhadas em sua cabeça, forçando Vovchanchyn a desistir.

Após mais três vitórias no Pride, Vovchanchyn recebeu a revanche contra Mark Kerr. A vantagem de Vovchanchyn em pé foi contrariada pelo grappling e quedas superiores de Kerr, e luta foi dada como Empate após dois rounds. Após um round extra, terceiro round, Vovchanchyn foi premiado com a vitória por decisão unânime.

Declínio no Pride[editar | editar código-fonte]

Vovchanchyn continuou a lutar no Pride durante os anos seguintes, com um cartel misto. Após finalizar Valentijn Overeem com uma chave de calcanhar, Vovchanchyn perdeu para Heath Herring por decisão e Quinton Jackson por finalização devido a lesão.

Após derrotar o boxer holandês Bob Schrijber por finalização, Vovchanchyn foi nocauteado por Mirko Filipovic com um chute na cabeça. Essa luta foi considerada 'passagem de tocha', como Igor não poderia competir na elite dos pesados por mais tempo, e isso elevou as expectativas da mais nova sensação da trocação Filipovic enfrentar o Campeão Peso Pesado do Pride Antonio Rodrigo Nogueira.

Descida para os Médios (93 kg)[editar | editar código-fonte]

Quebrando sua sequência de derrotas, Vovchanchyn então começou uma série de vitórias, com vitórias sobre Dan Bobish, Katsuhisa Fuji e Yoshiki Takahashi. No ano seguinte, Vovchanchyn desceu de categoria e entrou para o Grand Prix de Médios do Pride de 2005. Vovchanchyn foi colocado para enfrentar Yuki Kondo no Pride Total Elimination 2005, um homem com vitórias sobre Guy Mezger, Frank Shamrock e do quatro vezes campeão do Grand Prix do K-1 e King of Pancrase Semmy Schilt. Vovchanchyn controlou a luta, vencendo por Decisão Unânime. Ele então enfrentou Alistair Overeem nas quartas de final e perdeu por finalização. Vovchanchyn recebeu uma segunda chance de progredir quando foi oferecido a luta contra Kazuhiro Nakamura no Pride Final Conflict 2005, com o vencedor ganhando o direito de ser substituto da final do torneio. Após 15 minutos, Vovchanchyn perdeu por Decisão Unânime na luta que foi sua última no MMA.

Vovchanchyn se aposentou aos 32, citando múltiplas lesões, incluindo uma na mão direita que permaneceu seriamente afetada a partir de 2008.[1]

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Vovchanchyn é casado e tem uma filha.[2]

Em uma entrevista em 2008, Vovchanchyn disse que havia se aposentado das artes marciais mistas e tem alunos e um restaurante.[1]

Campeonatos e realizações[editar | editar código-fonte]

Artes marciais mistas[editar | editar código-fonte]

  • Absolute Fighting Championship
    • Vencedor do Absolute Fighting Championship 3 (1997)
  • International Fighting Championship
    • Vencedor do International Fighting Championship 1
  • Pride Fighting Championships
    • Finalista do Grand Prix Peso Aberto do Pride de 2000
  • World Vale Tudo Championship
    • Campeão da Superluta do WVC (1 vez)[3]
    • Vencedor do World Vale Tudo Championship 5

Vencedor do Mr. Powerman SEKAI 1996

Vencedor do do Ukrainian Octagon (1996)

Vencedor do AROC 3 (1997)

Kickboxing[editar | editar código-fonte]

  • Campeão de Kickboxing da Rússia: 63 Lutas, 61 Vitórias, 2 Derrotas
  • Ganhou o Campeonato Mundial de Kickboxing/Artes Marciais em Moscou, 1995.
  • Igor e Vitaly Vladymyrovych Klychko (Виталий Владимирович Кличко) treinaram juntos no mesmo Ginásio de Kickboxing.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 55–10 (1) Kazuhiro Nakamura Decisão (unânime) Pride Final Conflict 2005 28/08/2005 2 5:00 Japão Saitama
Derrota 55–9 (1) Alistair Overeem Finalização (guilhotina) Pride Critical Countdown 2005 26/06/2005 1 1:25 Japão Saitama Quartas de Final do GP de Médios do Pride de 2005.
Vitória 55–8 (1) Yuki Kondo Decisão (unânime) Pride Total Elimination 2005 23/04/2005 3 5:00 Japão Osaka Round de Abertura do GP de Médios do Pride de 2005
Vitória 54–8 (1) Yoshiki Takahashi Nocaute (soco) Pride 29 20/02/2005 1 1:10 Japão Saitama Desceu para os médios (93 kg)
Vitória 53–8 (1) Sergey Terezimov Finalização (chave de calcanhar) WOP: Water of Peresvit 04/12/2004 N/A N/A  Ucrânia
Vitória 52–8 (1) Katsuhisa Fujii Nocaute (socos) Pride Bushido 5 14/10/2004 1 4:02 Japão Osaka
Vitória 51–8 (1) Dan Bobish Nocaute Técnico (socos) Pride 27 01/02/2004 2 1:45 Japão Osaka
Derrota 50–8 (1) Mirko Filipovic Nocaute (chute na cabeça) Pride Total Elimination 2003 10/08/2003 1 1:29 Japão Saitama
Vitória 50–7 (1) Bob Schrijber Finalização (mata leão) It's Showtime 2003 Amsterdam 08/06/2003 2 4:05 Países Baixos Holanda
Derrota 49–7 (1) Quinton Jackson Finalização (lesão) Pride 22 29/09/2002 1 7:17 Japão Nagoya
Derrota 49–6 (1) Heath Herring Decisão (unânime) Pride 19 24/02/2002 3 5:00 Japão Saitama
Vitória 49–5 (1) Valentijn Overeem Finalização (chave de calcanhar) Pride 18 23/12/2001 1 4:35 Japão Fukuoka
Vitória 48–5 (1) Ricardas Rocevicius Nocaute Técnico (chutes nas pernas) Rings Lithuania: Bushido Rings 3 10/11/2001 2 N/A  Lituânia
Derrota 47–5 (1) Mario Sperry Finalização (triângulo de braço) Pride 17 03/11/2001 1 2:52 Japão Tóquio
Vitória 47–4 (1) Masaaki Satake Decisão (unânime) Pride 15 29/07/2001 3 5:00 Japão Saitama
Vitória 46–4 (1) Gilbert Yvel Finalização (mata leão) Pride 14 27/05/2001 1 1:52 Japão Yokohama
Derrota 45–4 (1) Tra Telligman Decisão (unânime) Pride 13 25/03/2001 3 5:00 Japão Saitama
Vitória 45–3 (1) Mark Kerr Decisão (unânime) Pride 12 09/12/2000 3 5:00 Japão Saitama
Vitória 44–3 (1) Nobuhiko Takada Nocaute Técnico (socos) Pride 11 31/10/2000 2 5:17 Japão Osaka
Vitória 43–3 (1) Enson Inoue Nocaute Técnico (socos) Pride 10 27/08/2000 1 10:00 Japão Tóquio
Vitória 42–3 (1) Daijiro Matsui Nocaute Técnico (corte) Pride 9 04/06/2000 1 5:03 Japão Nagoya
Derrota 41–3 (1) Mark Coleman Finalização (joelhadas) Pride Grand Prix 2000 Finals 01/05/2000 2 3:09 Japão Tóquio Final do GP Peso Aberto do Pride de 2000.
Vitória 41–2 (1) Kazushi Sakuraba Nocaute Técnico (interrupção do córner) Pride Grand Prix 2000 Finals 01/05/2000 1 15:00 Japão Tóquio Semifinal do GP Peso Aberto do Pride de 2000.
Vitória 40–2 (1) Gary Goodridge Nocaute Técnico (socos) Pride Grand Prix 2000 Finals 01/05/2000 1 10:14 Japão Tóquio Quartas de Final do GP Peso Aberto do Pride de 2000.
Vitória 39–2 (1) Alexander Otsuka Decisão (unânime) Pride Grand Prix 2000 Opening Round 30/01/2000 1 15:00 Japão Tóquio Round de Abertura do GP Peso Aberto do Pride de 2000.
Vitória 38–2 (1) Francisco Bueno Nocaute (socos) Pride 8 21/11/1999 1 1:23 Japão Tóquio
NC 37–2 (1) Mark Kerr Sem Resultado (joelhadas ilegais) Pride 7 12/09/1999 2 N/A Japão Yokohama Originalmente vitória de Vovchanchyn, depois mudada para sem resultado.
Vitória 37–2 Carlão Barreto Decisão (unânime) Pride 6 04/07/1999 3 5:00 Japão Yokohama
Vitória 36–2 Vepcho Bardanashvili Finalização (estrangulamento) InterPride 1999: Heavyweight Final 08/05/1999 1 N/A  Ucrânia
Vitória 35–2 Vladimir Solodovnik Nocaute Técnico (socos) InterPride 1999: Heavyweight Final 08/05/1999 1 N/A  Ucrânia
Vitória 34–2 Akira Shoji Decisão (unânime) Pride 5 29/04/1999 2 10:00 Japão Nagoya
Vitória 33–2 Edson Carvalho Nocaute Técnico (socos) WVC 7: World Vale Tudo Championship 7 02/02/1999 1 3:16  Brasil
Vitória 32–2 Aloisio Freitas Neto Nocaute Técnico (socos) WVC 6: World Vale Tudo Championship 6 01/11/1998 1 7:26  Brasil
Vitória 31–2 Gary Goodridge Nocaute Técnico (socos) Pride 4 11/10/1998 1 5:58 Japão Tóquio
Vitória 30–2 Nick Nutter Nocaute (joelhada) WVC 5: World Vale Tudo Championship 5 03/02/1998 1 0:14  Brasil Ganhou o Título do Torneio do WVC 5: World Vale Tudo Championship 5.
Vitória 29–2 Elias Rodrigues Nocaute Técnico (cabeçada & socos) WVC 5: World Vale Tudo Championship 5 03/02/1998 1 10:35  Brasil
Vitória 28–2 Tulio Palhares Nocaute Técnico (socos) WVC 5: World Vale Tudo Championship 5 03/02/1998 1 5:35  Brasil
Vitória 27–2 Nick Nutter Nocaute Técnico (cabeçadas) IAFC: Absolute Fighting Championship III 12/11/1997 1 24:42 Israel Tel Aviv Ganhou o Título do Torneio do IAFC: Absolute Fighting Championship III.
Vitória 26–2 Mikhail Avetisyan Decisão IAFC: Absolute Fighting Championship III 12/11/1997 1 35:00 Israel Tel Aviv O oponente substituiu o lesionado Vasily Kudin.
Vitória 25–2 Valery Pliev Nocaute Técnico (socos) IAFC: Absolute Fighting Championship III 22/11/1997 1 7:13 Israel Tel Aviv
Vitória 24–2 Yuri Mildzikhov Nocaute Técnico (desistência) IAFC: Absolute Fighting Russian Open Cup 3 29/08/1997 1 0:38 Rússia Moscou Ganhou o Título do Torneio do IAFC: Absolute Fighting Russian Open Cup 3
Vitória 23–2 Igor Guerus Nocaute Técnico (socos) IAFC: Absolute Fighting Russian Open Cup 3 29/08/1997 1 0:04 Rússia Moscou
Vitória 22–2 Vasily Kudin Nocaute Técnico (chutes nas pernas) IAFC: Absolute Fighting Russian Open Cup 3 29/08/1997 1 3:02 Rússia Moscou
Vitória 21–2 Dimitry Panfilov Nocaute Técnico (socos) COS: Cup of Stars 23/05/1997 N/A N/A
Vitória 20–2 Aslan Hamza Nocaute COS: Cup of Stars 23/05/1997 N/A N/A
Vitória 19–2 Leonardo Castello Branco Decisão (dividida) IAFC: Absolute Fighting Championship II [Day 2] 02/05/1997 1 35:00 Rússia Moscou
Vitória 18–2 Igor Akhmedov Finalização (estrangulamento) DNRF - Ukrainian Octagon 2 01/05/1996 N/A N/A Ucrânia Donetsk
Vitória 17–2 John Dixson Finalização (cansaço) IFC 1: Kombat in Kiev 30/03/1996 1 9:10 Ucrânia Kiev Ganhou o Título do Torneio do IFC 1: Kombat in Kiev.
Vitória 16–2 Paul Varelans Nocaute (socos) IFC 1: Kombat in Kiev 30/03/1996 1 6:20 Ucrânia Kiev
Vitória 15–2 Fred Floyd Nocaute Técnico (socos) IFC 1: Kombat in Kiev 30/03/1996 1 13:14 Ucrânia Kiev
Vitória 14–2 Igor Akhmedov Finalização (estrangulamento) UCMAL - Ukrainian No Rules Championship 1996 09/03/1996 1 N/A Ucrânia Kiev
Vitória 13–2 Yuri Zhernikov Nocaute Técnico (socos) UCMAL - Ukrainian No Rules Championship 1996 09/03/1996 1 N/A Ucrânia Kiev
Vitória 12–2 Matrosov Matrosov Nocaute Técnico (socos) UCMAL - Ukrainian No Rules Championship 1996 09/03/1996 1 N/A Ucrânia Kiev
Vitória 11–2 Igor Guerus Nocaute (socos) DNRF: Ukrainian Octagon 01/03/1996 1 1:41 Ucrânia Donetsk Ganhou o Título do Torneio do DNRF: Ukrainian Octagon.
Vitória 10–2 Sergey Sheremet Nocaute (soco) DNRF: Ukrainian Octagon 01/03/1996 1 1:27 Ucrânia Donetsk
Vitória 9–2 Oleg Tischenko Nocaute (soco) DNRF: Ukrainian Octagon 01/03/1996 1 0:05 Ucrânia Donetsk
Vitória 8–2 Roman Tikunov Nocaute (soco) MPS 1996: Mr. Powerman SEKAI 1996 23/01/1996 N/A 2:15 Bielorrússia Minsk Ganhou o Título do Torneio do Mr. Powerman SEKAI 1996.
Vitória 7–2 Sergei Bondarovich Nocaute (chute na cabeça) MPS 1996: Mr. Powerman SEKAI 1996 23/01/1996 N/A Bielorrússia Minsk
Vitória 6–2 Nikolai Yatsuk Nocaute (soco) MPS 1996: Mr. Powerman SEKAI 1996 23/01/1996 N/A Bielorrússia Minsk
Derrota 5–2 Mikhail Ilyukhin Finalização (queixo no olho) IAFC: Absolute Fighting Championship I - Tournament 25/11/1995 1 6:30 Rússia Moscou
Vitória 5–1 Adilson Lima Nocaute Técnico (nariz quebrado) IAFC: Absolute Fighting Championship I - Elimination 25/11/1995 1 1:51 Rússia Moscou
Vitória 4–1 Adilson Lima Nocaute Técnico (interrupção do córner) IAFC: Absolute Fighting Championship I - Elimination 25/11/1995 1 0:56 Rússia Moscou
Vitória 3–1 Sergei Akinen Nocaute Técnico (braço quebrado) IAFC: Absolute Fighting Championship I - Elimination 25/11/1995 1 2:40 Rússia Moscou
Derrota 2–1 Andrei Besedin Finalização (chave de joelho) UCMAL: Warrior's Honour 1 14/10/1995 1 1:12 Ucrânia Kharkiv
Vitória 2–0 Sergei Bondarovich Nocaute (socos) UCMAL: Warrior's Honour 1 14/10/1995 1 0:18 Ucrânia Kharkiv
Vitória 1–0 Alexander Mandrik Nocaute Técnico (socos) UCMAL: Warrior's Honour 1 14/10/1995 1 3:06 Ucrânia Kharkiv

Referências[editar | editar código-fonte]