Igreja Matriz de São Gonçalo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Igreja de São Gonçalo
Vista lateral da Igreja Matriz de São Gonçalo e sua escadaria
Fim da construção 1825
Religião Católica Apostólica Romana
Diocese Arquidiocese de Belo Horizonte
Geografia
País Brasil
Local Contagem, Minas Gerais,  Brasil
Coordenadas 19° 54' 49.7" S 44° 05' 03.3" O

A Igreja Matriz de São Gonçalo é um templo católico construído no início do século XVIII, no município brasileiro de Contagem, em Minas Gerais. Os primeiros registros sobre a Capela de São Gonçalo datam de 1725. Em 1825, a capela foi substituída por uma construção mais suntuosa, sendo elevada à condição de Matriz em 1854, separando-se da Paróquia da Boa Viagem, no Curral del Rei.[1][2]

É uma das edificações mais antigas de Contagem[1] que, apesar de ter sofrido várias intervenções em sua arquitetura colonial desde o século XIX, ainda representa a identidade religiosa local. Seu interior abriga a imagem do padroeiro São Gonçalo do Amarante e da padroeira Nossa Senhora das Dores.[1][2]

É na Igreja Matriz de São Gonçalo que é celebrado, desde 1806, o Jubileu de Nossa Senhora das Dores, sempre na semana que antecede a Semana Santa.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este(a) artigo sobre capela, igreja ou catedral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.