Igreja Presbiteriana (EUA)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Igreja Presbiteriana
Classificação Protestante
Orientação Reformada
Teologia Calvinista e Liberal
Política Presbiteriana
Associações Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas[1] e Concílio Mundial de Igrejas[2]
Área geográfica Estados Unidos
Origem 1983 (35 anos)
Unida a(o) Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos e a Igreja Presbiteriana Unida nos Estados Unidos da América
Congregações 9.304 (2017)[3]
Membros 1.415.053 (2017)[3]
Site oficial www.pcusa.org

Igreja Presbiteriana (EUA) (em Inglês, Presbyterian Church (USA)) é uma denominação protestante liberal nos Estados Unidos. É a maior igreja reformada e presbiteriana no país.[4]

História[editar | editar código-fonte]

A Igreja Presbiteriana (EUA) é resultado da fusão entre a Igreja Presbiteriana Unida nos Estados Unidos da América, que tinha congregações em todo território americano e a Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos, cuja congregações estavam no Sul e nos estados de fronteira dos Estados Unidos. A fusão ocorreu em 1983 com 3.121.238 de membros. Desde então é a maior denominação reformada e presbiteriana nos Estados Unidos embora tenha entrado em declínio nas últimas décadas.[5]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Ano Igrejas Membros Crescimento
1983 11.596 3.122.213 -
1984 11.572 3.100.951 −0.98
1985 11.554 3.057.226 −1.43
1986 11.531 3.016.488 −1.35
1987 11.513 2.976.937 −1.33
1988 11.505 2.938.830 −1.30
1989 11.469 2.895.706 −1.49
1990 11.501 2.856.713 −1.36
1991 11.468 2.815.045 −1.48
1992 11.456 2.780.406 −1.25
1993 11.501 2.742.192 −1.39
1994 11.399 2.698.262 −1.63
1995 11.361 2.665.276 −1.24
1996 11.328 2.631.466 −1.28
1997 11.295 2.609.191 −0.85
1998 11.260 2.587.674 −0.83
1999 11.216 2.560.201 −1.07
2000 11.178 2.525.330 −1.38
2001 11.142 2.493.781 −1.27
2002 11.097 2.451.969 −1.71
2003 11.064 2.405.311 −1.94
2004 11.019 2.362.136 −1.83
2005 10.960 2.316.662 −2.10
2006 11.903 2,267,118 −2.05
2007 10.820 2.209.546 −2.61
2008 10.751 2.140.165 −3.23
2009 10.657 2.077.138 −3.03
2010 10.560 2.016.091 −3.03[6]
2011 10.466 1.952.287 −3.29
2012 10.262 1.849.496 −5.26
2013 10.038 1.760.200 −4.83[7]
2014 9.829 1.667.767 −5.54
2015 9.642 1.572.660 −5.70
2016 9.451 1.482.767 −5.71
2017 9.304 1.415.053 −4.56[3]

Esta denominação tinha em 2017, aproximadamente 1.415.053 membros, 9.304 congregações, e 19.491 ministros ordenados.[3] O escritório central do Conselho da Assembléia Geral fica em Louisville, Kentucky.

A denominação está em declínio continuo desde a sua fundação em 1983, com perda líquida de 1% dos membros ao ano, e a partir de 2012 a queda de adesão subiu para níveis superiores a 4% ao ano. O número de membros em 2017 é menor que a metade dos membros na ano da fusão que deu origem a denominação em 1983.

Doutrina[editar | editar código-fonte]

A igreja subscreve o Credo de Niceia, o Credo dos Apóstolos, a Confissão de Fé Escocesa, o Catecismo de Heidelberg, a Segunda Confissão Helvética, a Confissão de Fé de Westminster, o Breve Catecismo de Westminster, o Catecismo Maior de Westminster, a Declaração Teológica de Barmen, a Confissão de 1967, e uma breve declaração de fé.[8]

Admite a Ordenação Feminina e aceita homossexuais normalmente como membros e pastores. Em 2015 alterou sua constituição para passar a realizar casamentos homo afetivos.[9][10][11]

Relações Inter-Eclesiásticas[editar | editar código-fonte]

Ela é membro do Conselho Nacional de Igrejas do Estados Unidos , da Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas[1] e do Concílio Mundial de Igrejas[2] e tem relações ecumênicas com diversas igrejas no mundo.

A Igreja Presbiteriana do Brasil, embora seja fruto do trabalho missionário das duas igrejas estadunidenses que se uniram, é uma igreja conservadora e cortou todos os laços com a Igreja Presbiteriana (EUA) desde a década de 1980.[12]

A denominação brasileira que tem comunhão com a Igreja Presbiteriana (EUA) é a Igreja Presbiteriana Unida do Brasil, que é ecumênica e tem uma visão mais social do Evangelho, aceita a ordenação feminina, porém na questão da homossexualidade não tem a mesma visão da Igreja Presbiteriana (EUA).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal do Calvinismo