Igreja Presbiteriana (EUA)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Igreja Presbiteriana
Classificação Protestante
Orientação Reformada
Teologia Calvinista e Liberal
Política Presbiteriana
Associações Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas[1] e Concílio Mundial de Igrejas[2]
Área geográfica Estados Unidos
Origem 1983 (33 anos)
Unida a(o) Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos e a Igreja Presbiteriana Unida nos Estados Unidos da América
Congregações 9.829 (2014)[3]
Membros 1.667.767 (2014)[3]
Site oficial www.pcusa.org

Igreja Presbiteriana (EUA) (em Inglês, Presbyterian Church (USA)) é uma denominação protestante liberal nos Estados Unidos. É atualmente a maior igreja reformada e presbiteriana no país.[4]


História[editar | editar código-fonte]

A Igreja Presbiteriana (EUA) é resultado da fusão entre a Igreja Presbiteriana Unida nos Estados Unidos da América, que tinha congregações em todo território americano e a Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos, cuja congregações estavam no Sul e nos estados de fronteira dos Estados Unidos da América. A fusão ocorreu em 1983 com 3.121.238 de membros. Desde então é a maior denominação reformada e presbiteriana nos Estados Unidos embora tenha entrado em declínio nas últimas décadas.[5]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Esta denominação tinha em 2014, aproximadamente 1.667.767 membros, 9.829 congregações, e 20.383 ministros ordenados.[3] O escritório central do Conselho da Assembléia Geral fica em Louisville, Kentucky.

Doutrina[editar | editar código-fonte]

A igreja subscreve o Credo de Niceia, o Credo dos Apóstolos, a Confissão de Fé Escocesa, o Catecismo de Heidelberg, a Segunda Confissão Helvética, a Confissão de Fé de Westminster, o Breve Catecismo de Westminster, o Catecismo Maior de Westminster, a Declaração Teológica de Barmen, a Confissão de 1967, e uma breve declaração de fé.[6]


Admite a Ordenação Feminina e aceita homossexuais normalmente como membros e pastores. Em 2015 alterou sua constituição para passar a realizar casamentos homo afetivos.[7][8][9]

Relações Inter-Eclesiásticas[editar | editar código-fonte]

Ela é membro do Conselho Nacional de Igrejas do Estados Unidos , da Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas[1] e do Concílio Mundial de Igrejas[2] e tem relações ecumênicas com diversas igrejas no mundo.

A Igreja Presbiteriana do Brasil, embora seja fruto do trabalho missionário das duas igrejas estadunidenses que se uniram, é uma igreja conservadora e cortou todos os laços com a Igreja Presbiteriana (EUA) desde a década de 1980.[10]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal do Calvinismo