Igreja de Santo Eustáquio (Paris)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Saint-Eustache.jpg

A Igreja de Santo Eustáquio (L’église Saint-Eustache) é uma igreja situada no 1.º arrondissement de Paris.[1] A atual construção foi erguida entre 1532 e 1632 e restaurada em 1840.[2] Foi projetada pelo arquiteto italiano Domenico da Cortona.

Situada na entrada dos antigos mercados de Paris (Les Halles de Paris) e no começo da Rue Montorgueil, A St Eustace é considerada uma obra-prima da arquitetura gótica tardia e uma das igrejas mais visitadas da cidade. Foi lá que Luís XIV de França recebeu a 1ª comunhão e Mozart a escolheu como local do funeral de sua mãe. Entre os batizados na igrejas estão o Cardeal de Richelieu, Jeanne-Antoinette Poisson, futura Madame de Pompadour e Molière, que também casou ali. Os funerais de Ana de Áustria, rainha de França, Henri de La Tour d'Auvergne, Visconde de Turenne e Mirabeau aconteceram ali.

O nome da igreja é uma referência a Santo Eustáquio, um general da Roma Antiga no 2º século da era cristã que foi queimado junto com sua família por ter se convertido do Cristianismo. Várias obras de Peter Paul Rubens permanecem na igreja. No verão, concertos acontecem com obras de Berlioz e Liszt, visto que a igreja abriga o maior órgão da França.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Site Oficial da Igreja». Consultado em 11 de janeiro de 2015 
  2. «Informações na ParisInfo». Consultado em 11 de janeiro de 2015 
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Igreja de Santo Eustáquio (Paris)


Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.