Igrejas da Comunidade Metropolitana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Logo da ICM.

As Igrejas da Comunidade Metropolitana (ICM) são uma comunhão brasileira e internacional de comunidades cristãs da vertente protestante, e caracterizada particularmente por seu progressivismo humanitário e aceitação irrestrita de fiéis que se identificam como lésbicas, gays, bissexuais, transsexuais e afins (LGBT), e seus familiares e amigos/as. Cada congregação da ICM é compreendida dentro do que é conhecido como Fraternidade Universal das Igrejas da Comunidade Metropolitana (FUICM). A ICM foi fundada em 1968, nos EUA, pelo Reverendo Troy Perry, está estabelecida em mais de 30 países, em todos os continentes. No Brasil, estabeleceu-se em 2003, inaugurando seu primeiro templo no Rio de Janeiro, em 2004. Depois, expandiu-se com igrejas e missões em várias cidades. Possui atualmente (2018) mais de 200 templos espalhados pelo mundo, sendo 160 o número de igrejas filiadas, 45 igrejas emergentes e 7 igrejas sem templo (Oasis), isto é, comunidades baseadas em espaços cibernéticos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]