Ilha Candelária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Flag of South Georgia and the South Sandwich Islands.svg
Localização da ilha Candlemas
Ilhas Sandwich do Sul

A Ilha Candelária (em inglês: Candlemas Island ) é uma pequena ilha desabitada, pertencente às Ilhas Sandwich do Sul. Localiza-se a pouco mais de 3 km da ilha Vindicação, da qual é separada pelo Canal Nelson.

Na parte noroeste da ilha, encontra-se um estratovulcão ativo, a Colina Lúcifer, que mostrou sinais de atividade em 1911 e jorrou lava entre 1953 e 1954. Os montes Andrômeda e Perseus são os dois cumes da ilha, cobertos por geleira. O Monte Andrômeda é o pico mais alto da ilha, com altura de 550 metros acima do nível do mar.

A ilha Candelária foi cenário de um romance, escrito pelo inglês Donald Gordon Payne (sob o pseudônimo de Ian Cameron) de nome The White Ship (O Navio Branco), em 1975. O livro conta a história de uma desastrosa expedição à ilha, em que seus membros combatem fantasmas de um naufrágio espanhol, em 1818.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre as Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.