Ilha Sorna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa de todas as Ilhas fictícias de Jurassic Park.

Ilha Sorna, Isla Sorna ou Sítio B, é uma ilha fictícia, da série de livros e filmes de Jurassic Park. As ilhas SornaMatancerosMuerteTacaño e Pena formam o arquipélago conhecido como "As cinco mortes". Nessa ilha se passam os eventos ocorridos em The Lost World: Jurassic Park e Jurassic Park III.

Operação[editar | editar código-fonte]

Na ilha os cientistas da InGen faziam os verdadeiros experimentos necessários para a clonagem dos dinossauros, como estudo comportamental, administração de remédios, fabricação de equipamento, gerenciamento de DNA e correção na sequência genética. Nenhum dinossauro era clonado na Ilha Nublar (Sítio A) sem que sua sequência genética fosse exaustivamente consertada e seu desenvolvimento estudado na Ilha Sorna. O sítio B possui mais espécies do que o sítio A. Entre as espécies que a ilha Nublar não tem, estão o Espinossauro e o Pteranodon.

Porém, logo depois de um furacão, a ilha foi abandonada e os animais soltos, permitindo que vivessem em liberdade. No segundo filme da série, uma equipe vai até o local estudar os animais em seu ambiente natural. No final, a ilha é considerada área restrita, para que "a vida pudesse seguir seu curso".[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Dutoit, Yann Picand, Dominique. «ILHA SORNA : definição de ILHA SORNA e sinónimos de ILHA SORNA (português)». dicionario.sensagent.com. Consultado em 20 de fevereiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.