Ilite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Ilite, ou ilita, é um mineral de argila do grupo das micas (classe 9-silicatos da classificação de Strunz). É um filossilicato, ou silicato laminar que constitui uma argila micácea não expansiva.[1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Estruturalmente a ilite é bastante similar à moscovite ou à sericite, mas mais rica em silício, magnésio, ferro e água. Em compensação, apresenta menos alumínio tetraédrico e menos potássio interlaminar. A sua semelhança com a moscovite levou a que também seja conhecido por hidromica ou hidromoscovite. A bramallite é uma argila análoga rica em sódio.

A fórmula química da ilite é (K,H3O)(Al, Mg, Fe)2(Si, Al)4O10[(OH)2,(H2O)], mas apresenta sempre uma considerável substituição iónica.[2]

A ilite apresenta-se como agregados de pequenos cristais monoclínicos acinzentados a brancos. Devido ao seu pequeno tamanho, a identificação segura usualmente requer a realização de uma análise de difracção de raios X.

A ilite é um produto da alteração ou meteorização da moscovite e dos feldspatos em ambiente de meteorização hídrica e térmica. Ocorre com elevada frequência em sedimentos, solos, rochas argilosas sedimentares e em algumas rochas metamórficas.

A ilite diferencia-se da glauconite em sedimentos por análise da difracção dos raios X.

A ilite foi descrita em solos de Maquoketa, Calhoun County, Illinois, em 1937. A etimologia do nome deriva de Illinois.

Notas

  1. Mitchell J.K. 1993. Fundamentos de la conducta del suelo. 2ª ed. John Wiley and Sons, Inc., New York. 437 pp, Cap. 3, Soil Mineralogy, p. 32.
  2. Illite.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]