Ilmarë (satélite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Ilmarë oficialmente denominado de (174567) Varda I Ilmarë é um é um objeto transnetuniano (classe cubewanos) e é um satélite natural (o único conhecido até à data) de Varda.

Descoberta[editar | editar código-fonte]

Ilmarë foi descoberto em uma imagem obtida pelo Telescópio Espacial Hubble no dia 26 de abril de 2009. A sua descoberta foi anunciada em 2011.

Nome[editar | editar código-fonte]

Os nomes de Varda e de sua lua foram anunciados no dia 16 de janeiro de 2014. Varda é uma rainha de Valar, estrelas criativas e principal deusa dos elfos na mitologia ficcional de J.R.R. Tolkien. Ilmarë era um líder de Maiar e servo Varda.[1]

Características físicas[editar | editar código-fonte]

Pouco se sabe sobre este corpo celeste. O seu diâmetro é estimado em 51% do que a do seu primário,[2] o que seria cerca de 420 km. No entanto, a massa do sistema não foi medido e os diâmetros estimados continua muito aproximado.

Referências

  1. «M.P.C. 86285, 2014 Jan. 16» (PDF) (em inglês). Consultado em 13 de maio de 2014 
  2. «(174567) 2003 MW12, compiled by Wm. Robert Johnston, last updated 20 September 2011» (em inglês). Consultado em 13 de maio de 2014