ImgBurn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
ImgBurn
Desenvolvedor Lightning UK!
Versão estável 2.5.7.0 (29 de março de 2012; há 5 anos)
Idioma(s) 38 Idiomas
Sistema operativo Windows e Linux
Gênero(s) Gravador de mídia
Licença Gratuita (freeware)
Estado do desenvolvimento Ativo
Tamanho 5 MB
Página oficial imgburn.com.

ImgBurn é um programa de computador criado para gravar DVDs, CDs ou outros tipos de mídia em disco. Ele permite a gravação de imagens de mídias - por isso o nome ImgBurn, abreviação de ImageBurn (equivalente em português a gravação de imagens). O programa é o sucessor de DVD Decrypter, cujo desenvolvimento foi paralisado quando o autor (Lightning UK!) recebeu uma ordem de 'cease and desist'[1] da companhia Macrovision[2], por possibilitar que usuários utilizem o programa para remover proteção anticópia. Por isso, ImgBurn não contém as ferramentas que possibilitavam a remoção da proteção anticópia. ImgBurn, assim como seu predecessor, é gratuito (freeware), suporta diversas línguas e está disponível para Windows e alguns outros sistemas operacionais através de emuladores.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Formatos de imagem suportados: BIN, CUE, DI, DVD, GI, IMG, ISO, MDS, NRG, PDI e mais.
  • Capaz de construir discos DVD video, HD DVD video e Blue-ray video a partir de pastas de vídeo de seus respectivos formatos.
  • Sistemas suportados: Windows 95, 98, Me, NT4, 2000, XP, 2003, Vista e 2008 (incluindo todas as versões 64-bit). Ele também pode ser executado utilizando Wine.
  • Image queue provê suporte para gravação de muitos arquivos de imagem com o mínimo de interação.
  • imgBurn é relativamente pequeno comparado a outros programas de gravação: ele ocupa apenas 1.8MB completamente instalado com todas as opções.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cease and desist é um pedido de caráter legal existente nos Estados Unidos em que é feita uma requisição para que deixem de praticar alguma atividade supostamente prejudicial ao requisitor antes de tomar ação legal.
  2. Mennecke, Thomas (24 de novembro de 2005). «Macrovision Forces Removal of DVD Decrypter». Slyck. Consultado em 18 de maio de 2007