Império da Praia Grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Império da Praia Grande
Fundação 28 de maio de 2005 (14 anos)
Cores
Azul
Vermelho
Amarelo
Branco
Símbolo Coroa e cavalo-marinho
Bairro Vila São Jorge[1]
Presidente Luiz Santos de Paula Cruz

G.R.C.E.S. Império da Praia Grande foi uma escola de samba de Praia Grande.

Em 2007 participou do desfile do grupo Especial da cidade de Santos, após ser a melhor da Praia Grande no I Carnaval Metropolitano de 2006. Após mal desfile, passou posteriormente a participar do carnaval de sua cidade por algumas vezes. Atualmente encontra-se inativa.

Não deve ser confundida com o GRCES Império da Baixada, também de Praia, atual campeã do município.


Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Luiz Santos de Paula Cruz ? - ?
[2]


Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2015
2016


Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2016

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2015 Guilherme e Karen / Lucas e Bruna / Luan e Adriana [3]

Rainhas de bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha Ref.
2015 Thais Freitas [3]
2016


Carnavais[editar | editar código-fonte]

Império da Praia Grande
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref
2006 10º lugar

(Melhor da Praia Grande)

Carnaval Metropolitano Bom de samba, bom de escola
2007 13o.

último lugar

Especial/Santos A Magia da Construção Realizando o Sonho do Cidadão Comissão de Carnaval
2008
2009
2010 2o. Grupo I
2011
2015 [4][3]

Referências

  1. [1]
  2. [2]
  3. a b c WebNets. «Império da Baixada arrasou na avenida na força de seus 750 componentes». Império da Baixada arrasou na avenida na força de seus 750 componentes 
  4. Jornal da Orla (19 de fevereiro de 2015). «Império da Baixada e Acadêmicos de Praia Grande conquistam títulos do Carnaval da Família 2015». 16h30. Consultado em 4 de março de 2015