Império do Futuro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Império do Futuro
Bandeira do GRCESM Império do Futuro.png
Fundação 5 de agosto de 1983 (34 anos) [1]
Escola-mãe Império Serrano [1]
Cores

Verde

Branco
Símbolo Pandeiro, coroa, livro, régua e esquadro [1]
Bairro Madureira [1]

GRCESM Império do Futuro é uma escola de samba mirim da cidade do Rio de Janeiro, que participa todos os anos do desfile oficial de escolas de samba mirins, realizado na Marquês de Sapucaí.

História[editar | editar código-fonte]

Desfile do Império do Futuro em 2012.

O Império do Futuro é considerado a primeira escola mirim[2], tendo sido idealizado ainda na década de 1970, quando do chamado Ano Internacional da Criança.[2] Segundo Arandir do Santos, o Careca, a ideia seria que a escola desfilasse a frente do Império Serrano, em seu desfile oficial[2], o que não foi possível por problemas no regulamento.

Finalmente, a escola foi de fato criada em 1983, com instrumentos de percussão doados por Alcione.[2]

Em 2011, reeditou o samba-enredo do Império Serrano de 1972.[3][4]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Império do Futuro

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Arandir do Santos (Careca) ? - ? [5]

1º Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira[editar | editar código-fonte]

Mestre-Sala Porta-Bandeira Período
Thiago Marques Jessica Ferreira 2004-2010

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Nome Período Ref.
Jorginho e Jade 2014 [6]
Jade Sandyrah 2016-2017 [7][8]


Carnavais

Império do Futuro
Ano Enredo Compositores
do samba-enredo
Carnavalesco Ref.
1984 "Serrinha, fiel às suas origens" [1]
1985 "Tem criança no samba" [1]
1986 "Mentira" [1]
1987 "Jeito nosso de brincar" [1]
1988 "Tambores, força da liberdade" [1]
1989 "Republicando, a um século" [1]
1990 "Estou contigo e não abro" [1]
1991 "A bênção, pra quem é de bênção!" [1]
1992 "Nossa terra, nossa gente" [1]
1993 "Dá-me um conto, que eu te conto um conto" [1]
1994 "Império do Futuro – 10 anos de glória" [1]
1995 "Será que valeu, Zumbi?" [1]
1996 "Quadrival" [1]
1997 "Seu passado é presente no futuro" [1]
1998 "Debutando na avenida, 15 anos" [1]
1999 "Madureira canta e dança na corte imperial" [1]
2000 "Canta Brasil no ano 2000" [1]
2001 "Brasil, mostre a sua cara e olhe por nós" [1]
2002 "Tá certo ou não tá?" [1]
2003 "Eu só quero ser feliz" [1]
2004 "Ritmista é show e emoção: Aos mestres nosso carinho" [1]
2005 "A primeira... Ninguém esquece" [1]
2006 "Depende de nós" [1]
2007 "Rio é Samba e...Pan...Pan...Pan...Pan..." Ala dos Compositores [1]
2008 "É D. João VI Bicentenário... É Império do Futuro – 25.º Aniversário" Ala dos Compositores Arandi Cardoso dos Santos (Careca) e Célia Regina de Almeida Santos [1]
2009 "A Império do Futuro desfila na Sapucaí avec élégance, merci!" Ala dos Compositores Ricardo Machado e Wallace dos Santos [2][1]
2010 "Depende de nós: Homem x Natureza" Ala dos Compositores Ricardo Machado [1]
2011 "Alô, alô, taí, Carmem Miranda"
(Reedição do enredo de 1972 do Império Serrano)
Heitor Achiles, Wilson Diabo e Maneco Ricardo Machado, Marcos Oliveira, Maurício e Lívia [1]
2012 "Todo menino é um rei, toda mulher é guerreira" Ala dos Compositores Ricardo Machado, Ernesto Augusto, Michelle Augusto e Nívea Nicaize [1]
2013 "Moleque + Molequinho = samba: Sebastião de Oliveira" Ala dos Compositores [1]
2014 "Todos juntos somos Fortaleza, Brasil" Ala dos Compositores [6]
2015 "Rio Maravilha, nós gostamos de você!" Ala dos Compositores [9]
2016 "É bronze, é prata e o Rio é de ouro" Ala dos Compositores [7]
2017 "Serra de bambas: De Molequinho a Pretinho da Serrinha" Ala dos Compositores [8]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah «Informações». Site Academia do Samba. Consultado em 9 de julho de 2017. Cópia arquivada em 9 de julho de 2017 
  2. a b c d e O Dia (26 de dezembro de 2008). «Corações Unidos do Ciep traz a realeza para o samba». Consultado em 19 de abril de 2011 
  3. Extra (22 de junho de 2010). «Escolas de samba mirins apresentam enredos e lançam CD». Consultado em 17 de março de 2011 
  4. TV Rio Samba (março de 2011). «AESM-RIO divulga notas das agremiações mirins». Consultado em 28 de maio de 2011. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2013 
  5. [1]
  6. a b «2014». Site SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 29 de novembro de 2013 
  7. a b Samba Conexão News (5 de dezembro de 2015). «Confira os Sambas de Enredo - Escolas Mirins - carnaval 2016.». Consultado em 24 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2016 
  8. a b «2017». Site Rádio Arquibancada. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  9. «2015 2». Site Agência Brasil. Consultado em 9 de julho de 2017. Cópia arquivada em 9 de julho de 2017