Império do Gramacho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Império do Gramacho
2011 73- Império do Gramacho.jpg
Fundação 9 de março de 1972 (48 anos)
Cores Verde e rosa
Símbolo Coroa
Bairro Gramacho
Presidente Emílio Reis[1]

O Grêmio Recreativo Bloco Carnavalesco Império do Gramacho é um bloco carnavalesco do bairro de Gramacho, no município de Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil. O bloco participa do carnaval do Rio de Janeiro[2] como bloco de enredo.[3] Suas cores são verde e rosa.[4]

História[editar | editar código-fonte]

O bloco foi criado por Clodomiro de Oliveira, avô do futuro presidente Emílio Reis. É o único bloco carnavalesco existente em Gramacho que tem sede administrativa, barracão e ateliê. Sua quadra de ensaios está situada em Gramacho. Já ganhou diversos prêmios como melhor ala das crianças em 1996 e 2006, melhor ala das baianas em 1996, 2006 e 2009, melhor bateria em 1996 e 2011 melhor porta-estandarte e mestre-sala. Foi campeão pela última vez em 2005 com o enredo "O Império canta e encanta o século dourado do Brasil". É considerado um dos melhores blocos carnavalescos em seu município.[5]

Também participa do carnaval de sua cidade, porém, em 2008, apesar de inscrito, não compareceu ao desfile em Duque de Caxias[6]

Em 2011, assumiu a presidência Emílio Reis no lugar de Joaquim Bernardo da Costa,[5] no carnaval de 2011 desfilou na Intendente Magalhães obtendo 202 pontos e ocupando o 2º lugar. No ano de 2012, sagrou-se campeão do grupo 2 dos blocos, ao ganhar no critério de desempate da Colibri de Mesquita no quesito samba-enredo.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Joaquim Bernardo da Costa ? - 2011 [5]
Emílio Reis 2011 - atualidade [1]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2017
2020 Roberto Barreto “Roberto Cara de Boi” [1]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2017

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref
2007-2018 Walter Zacharias
2019 Alessandro Português, Luiz Carlos
Branco, Antônio Amaral
2020 Branco [1]

Rainhas de bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha Madrinha Ref.
2017

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Império do Gramacho
Ano Colocação Divisão Enredo Carnavalesco Ref.
1975 7º Lugar Grupo 5
1976 Grupo 5 Inácio e Maria na Pedra do descanso
1977 9º Lugar Grupo 6
1978 7º Lugar Grupo 5 Como nasceu a noite
7º lugar Duque de Caxias
1981 Campeã Duque de Caxias
1982 7º lugar Grupo 3A Amor, Amor, Amor
1983 Campeã Grupo 3A Máscaras
6º lugar Duque de Caxias
1985 7º lugar Grupo 2B Batuque Guiné - Samba Guerreiro
4º lugar Duque de Caxias
1987 7º lugar Grupo 2B
1990 3º lugar Grupo 5
1991 9º lugar Grupo 4
1992 3º lugar Grupo 5
1994 8º lugar Grupo 4
1995 7º lugar Grupo 4
1996 Campeã Grupo 4
1999 3º lugar Grupo 1
2000 5º lugar Grupo 1
2001 6º lugar Grupo 1
2002 6º lugar Grupo 1
2003 10º lugar Grupo 1
2004 8º lugar Grupo 2
2005 Campeã Grupo 2
2006 6º lugar Grupo 1
2007 7º lugar Grupo 1
2008 10º lugar 1-Bloco Mãos e os pés que construíram o Brasil Raimundo, Sunica e Ailton [7]
2009 3º lugar 2–Bloco Sargentelli do Brasil na explosão do samba Raimundo, Sunica e Ailton [8]
2010 10° lugar 1-Bloco Um Mito da Velocidade, Ayrton Senna do Brasil Raimundo, Sunica e Ailton [9][5]
2011 Vice-Campeã 2-Bloco Pierre Veger e a Bahia de todos os santos Raimundo, Sunica e Ailton [10]
2012 Campeã 2–Bloco Radiante Eu Vou a Maior Festa do Mundo, O Carnaval! Raimundo, Sunica e Ailton [11]
2013 4º lugar 1–Bloco Do circo ao cinema: Oscarito Raimundo Câmara [12]
2014 4º lugar 1–Bloco Na Festa do Parque, Fantasias e Carnaval! Roberto de Oliveira e Matheus Rodrigues [13]
Vice-campeã Duque de Caxias [14]
2015 4º lugar 1-Bloco Tem cheiro aspecto e teor a boa da Terra Jorge Moreira, José Evangelista, Weber Pereira e Lorran Carvalho
3º lugar Duque de Caxias
2016 Campeã 1-Bloco Brasil Festeiro Emílio Reis [15]

[16]

3º lugar Duque de Caxias [17]
2017 4º lugar 1-Bloco Império no caminho do ouro Emílio Reis
2018 Vice-campeão 1-Bloco
2019 8º lugar 1-Bloco
2020 9º lugar 1-Bloco O combustível da ilusão
Compositores:Carvalho, João Perigo, Luiz Vaz, Robson Moratelli, Marquinho Rosali, Léo de Souza, Branco, Paulo Feijão e Paloma Brasil. Participação Especial: Carlos Ahumada
José Márcio “Jacaré” [1]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Referências

  1. a b c d e sambanaintendente. «Império do Gramacho / Carnaval 2020 / Grupo A». Consultado em 10 de maio de 2020. Cópia arquivada em 10 de maio de 2020 
  2. Rio Carnaval 2009. «Público prestigia desfiles pelas ruas da cidade». Consultado em 14 de maio de 2010 [ligação inativa]
  3. Federação dos Blocos. «2008». Consultado em 14 de maio de 2010 [ligação inativa]
  4. RJTV. «Folia na Baixada». Consultado em 14 de maio de 2010 [ligação inativa]
  5. a b c d Riotur. «Guia Oficial do carnaval 2010 - Blocos de Enredo». Consultado em 14 de maio de 2010. Arquivado do original em 15 de abril de 2010 
  6. Prefeitura de Duque de Caxias - Secretaria de Comunicação e Eventos. «Bloco do China vence o desfile em Duque de Caxias Carnavalescos elogiam a volta do carnaval de rua». Consultado em 9 de janeiro de 2010 [ligação inativa]
  7. «federacaodosblocos.com/2008» 
  8. «federacaodosblocos.com/2009» 
  9. Federação dos Blocos do Estado do Rio de Janeiro. «Classificação 2010». Consultado em 1 de agosto de 2010. Arquivado do original em 26 de fevereiro de 2011 
  10. «federacaodosblocos.com/2011» 
  11. «federacaodosblocos.com/2012» 
  12. «federacaodosblocos.com/2013» 
  13. «federacaodosblocos.com/2014» 
  14. Caminhos do Rio. «Flor da Primavera é campeão em Caxias». Consultado em 7 de abril de 2014. Arquivado do original em 8 de abril de 2014 
  15. http://www.federacaodosblocos.com/index_arquivos/Page7481.htm
  16. Federação dos Blocos Carnavalescos do Estado do Rio de Janeiro. «Ordem dos desfiles para o Carnaval 2016». Consultado em 9 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2016 
  17. «Cópia arquivada». Consultado em 13 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 16 de fevereiro de 2016 


Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.