Imperador Kōmyō

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imperador Kōmyō
Imperador Kōmyō
Imperador de Corte do Norte (Hokuchō)
Período 1336 até 1348
Antecessor(a) Imperador Kōgon
Sucessor(a) Imperador Sukō
Vida
Nascimento 11 de janeiro de 1322
Morte 26 de junho de 1380 (58 anos)
linkWP:PPO#Japão

O Imperador Kōmyō (光明天皇 , Kōmyō-tennō?, 13221380) foi o segundo imperador da Corte do Norte (Hokuchō) do Japão. Segundo documentos históricos anteriores ao período Meiji, Kōmyō reinou entre 1336 e 1348. Antes de ascender ao trono, o seu nome pessoal (imina) era Príncipe Imperial Yutahito (豊仁親王, Yutahito-shinnō?).[1]

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Kōmyō foi o segundo filho do Imperador Go-Fushimi. A sua mãe foi Yasuko (寧子?), filha de Saionji Kinhira (西園寺公衡?).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Assumiu o trono aos quatorze anos de idade, a 20 de setembro de 1336, no momento em que Ashikaga Takauji se revoltou contra o Imperador Go-Daigo, e durante a Restauração Kenmu. Ashikaga foi para Kyoto e o Imperador Go-Daigo fugiu para o Monte Hiei. O príncipe foi então coroado com o nome de Imperador Kōmyō, dando início a Corte do Norte. Go-Daigo fugiu para Yoshino e fundou a Corte do Sul.

A 18 de novembro de 1348, aos 26 anos, este abdica do poder em favor do filho mais velho do seu irmão, o Imperador Sukō.

Em 1352, durante a revolta Kan'ō, o Imperador do Sul, Imperador Go-Murakami chega a Kyoto e captura o Imperador Komyo, juntamente com o Imperador Kōgon, o Imperador Sukō e o príncipe herdeiro. Durante a reunificação Shōhei, este foram colocados sob prisão domiciliar na província de Yamato, em Yoshiro. Em 1355 Kōmyō regressa a Kyoto, tornando-se mais tarde monge. Em 1380 falece com a idade de 58 anos.




Precedido por
Kōgon
Flag of the Japanese Emperor.svg -- 2º Imperador da
Corte do Norte

1336 - 1348
Sucedido por
Sukō




Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Titsingh, Isaac. (1834). Annales des empereurs du japon, pp. 294–295.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]