Inês Armand

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Inês Armand
Inessa Armand
Nascimento Élisabeth Pécheux d'Herbenville
26 de abril de 1874
Paris
Morte 24 de setembro de 1920 (46 anos)
Naltchik
Sepultamento necrópole da Muralha do Kremlin
Cidadania Terceira República Francesa
Alma mater
Ocupação revolucionária, editor, política
Causa da morte cólera

Inês Armand (ou Inessa Armand, nascida Inès Stéphane; 8 de Maio de 187424 de Setembro de 1920) foi uma comunista francesa que viveu a maior parte de sua vida na Rússia. Ela teve um prolongado romance com o líder soviético, Vladimir Lênin.

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu de cólera na manhã de 24 de setembro de 1920, aos 46 anos.[1] Foi enterrada na Necrópole Kremlin Wall em Moscou.[2]

Referências

  1. Elwood, Ralph Carter (1992). Inessa Armand: Revolutionary and Feminist (PDF). [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 9780521894210 
  2. Branko Lazitch and Milorad Drachkovitch (1986) “Inessa Armand” in Biographical Dictionary of the Comintern, Palo Alto: Hoover Institution Press. ISBN 9780817984014

Ver também[editar | editar código-fonte]

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • PEARSON, Michael. Lenin's Mistress: The Life of Inessa Armand. Nova York: Random House, 2002. ISBN 0-375-50589-X (capa dura).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]