Inaicyra Falcão dos Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Inaicyra Falcão dos Santos (Salvador, Bahia) é uma cantora lírica, professora doutora e pesquisadora das tradições africano-brasileiras, na educação e nas artes performáticas no Departamento de Artes Corporais da Unicamp.[1] É filha de Mestre Didi e neta de Mãe Senhora, Iyalorixá do Candomblé

Graduada em Dança pela Universidade Federal da Bahia, com mestrado em Artes Teatrais pela Universidade de Ibadan na Nigéria e doutora em Educação pela USP.[2]

Frequentou cursos na área de dança moderna e jazz no Studio Alvin Ailey em Nova Iorque, no Laban Centre for Movement and Dance em Londres, e na Schola Cantorum em Paris.

Fez inúmeras viagens ao exterior. Ela torna-se dançarina e pesquisadora deste universo, realizando estudos e concluindo cursos de pós-graduação na Universidade de Ibadan, na Nigéria, e participando das experiências de vanguarda de recriação da linguagem da dança no contexto afro-brasileiro, especialmente nas montagens dos autos coreográficos do Grupo Arte e Espaço da SECNEB, como AJAKÁ, Iniciação para a Liberdade.

Posteriormente, já de volta definitivamente ao Brasil, exercendo a docência na Unicamp, descobre seu talento de cantora lírica, trabalhando na recriação da música sacra negra.[3]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Corpo e Ancestralidade Uma proposta pluricultural de dança-arte-educação, Editora da UFBA, Salvador, 2002
  • CD Okan Awa - Cânticos da Tradição Yorubá, Atração Fonográfica, 2002

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.