Inato ou adquirido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2017). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Inato ou adquirido é uma expressão referente ao debate acerca da importância relativa das faculdades inatas de um indivíduo versus suas experiências pessoais, em ser a causa determinante de seus traços físicos ou de comportamento. Inato seriam todas as características[1] que o indivíduo em geral nasce, sejam elas predispostas geneticamente ou congênito. Adquirido seriam todas as características adquiridas pelo indivíduo ao longo de sua vida, sejam em aspectos culturais, sociais, etc.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MART. Natan, 2016. Baseado em informações da Internet.
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.