Incasel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Indústria de Carrocerias Serrana Ltda.
Tipo Empresa de capital fechado
Indústria Automotiva
Fundação junho de 1949
Encerramento 1985 (36 anos)
Sede Erechim, RS
 Brasil
Produtos Carrocerias para ônibus
Sucessora(s) Comil Carrocerias e Ônibus Ltda.

A Indústria de Carrocerias Serrana Ltda. – Incasel foi uma empresa brasileira, fabricante de carrocerias para ônibus, com sede no município de Erechim, no estado do Rio Grande do Sul.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A Incasel iniciou suas atividades em junho de 1949, quando montava uma carroceria de madeira a cada mês. Com o tempo, a produção ganhou corpo e na década de 1960 já havia conquistado mercado nos demais estados da Região Sul do país, mas agora com seus produtos feitos de estrutura metálica. Seus modelos eram cópias de outros fabricantes.

Na década seguinte, a Incasel já produzia dez unidades mensais, quando passou a atender o mercado nacional. Apresentou-se pela primeira vez no Salão do Automóvel, na sua sétima edição, quando expôs seu modelo Continental, montado sobre um chassi Mercedes-Benz LP. Dois anos depois, na edição seguinte, mostrou o rodoviário Continental II, com diversas alterações técnicas e estéticas frente à versão anterior: estrutura tubular de aço, janelas maiores, colunas inclinadas, diversos detalhes de conforto para os passageiros, painel e capô de fibra redesenhados, poltrona do motorista com suspensão hidráulica e toalete em peça única. No mesmo evento foi apresentado seu primeiro urbano da nova fase, o Belvedere, sobre os tradicionais chassis com motor dianteiro da Mercedes-Benz.

No IX Salão, em 1974, o Continental, agora na versão III, mostrava melhorias estéticas, a mais visível delas uma nova grade envolvendo os faróis; além do maior uso de fibra de vidro, seguindo a tendência, também foi equipado com toaletes químicos com desintegrador de detritos. Pouco depois, surgiu seu único micro, batizado como Pônei, além do Continental RT, com piso e teto semi-elevados.

A partir daí, a produção da Incasel finalmente começou a adquirir personalidade própria. Novo rodoviário foi lançado em 1976, denominado Jumbo, para o transporte de média distância. Em 1978 o modelo urbano foi renovado, com o lançamento do Cisne e, um ano depois, do Minuano, próprio para operação em corredores. Em 1981 a linha de rodoviários ganhou sua versão mais pesada, o Delta.

A produção da Incasel não parou de crescer, saindo de 116 unidades, em 1971, para 555, em 1980, com média de quase 50 carrocerias por mês. Em 1981, ano de recessão econômica, praticamente manteve o total do exercício anterior, com 523 unidades. Durante aqueles anos conquistou importantes clientes no segmento rodoviário, inclusive a Eucatur, que opera as mais longas rotas existentes em território nacional, ligando o Sul ao extremo Norte do país.

A partir daí, desentendimentos societários trouxeram problemas para a empresa, deteriorando a situação financeira e levando a demissões e à redução paulatina da produção, caindo para menos de 20 unidades por mês. Incapaz de saldar as dívidas acumuladas, no final daquele ano a Incasel teve a falência decretada. Em outubro de 1985 seus bens, levados a leilão, foram arrematados pelo Grupo Comil, empresa fabricante de silos e equipamentos agrícolas de Cascavel (PR), que em menos de três meses retomou a produção. Sob nova razão social – Indústria de Carrocerias Erechim – recolocou em linha os mesmos seis modelos da Incasel (urbanos Cisne e Minuano, rodoviários Continental, Jumbo, Delta e Columbia). Foi apenas em 1987 que lançou seu primeiro modelo de projeto próprio. A Comil terminou a primeira década do novo século como quinto maior fabricante nacional, com mais de 2.600 unidades produzidas em 2009.[2]

Modelos produzidos[editar | editar código-fonte]

Micros
  • Micro-Ônibus Rodoviário (?)
  • Ponei (1972-1979)
Urbanos
  • Continental I (1970-1973)
  • Belvedere (1971-1977)
  • Cisne (1971-1984) [produzido posteriormente como Comil Cisne até 1988]
  • Continental II (1974-1978)
  • Minuano (1979-1984) [produzido posteriormente como Comil Minuano até 1988]
Intermunicipais
  • Cisne Intermunicipal (1978-1984)
Rodoviários
  • RT (1951-1979)
  • Continental Diplomata (1955-1960)
  • Bi-Campeão Rodoviário Super Luxo (1960-1966)
  • Continental (1965-1978) [produzido posteriormente como Comil Continental]
  • Belveder (1972-1975)
  • Jumbo (1972-1984) [produzido posteriormente como Comil Jumbo até 1986]
  • Delta (1976-1984) [produzido posteriormente como Comil Delta até 1987]
  • Colúmbia (1983-1984) [produzido posteriormente como Comil Colúmbia]


Referências