Indaiatuba Rugby Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Indaiatuba Rugby Clube
Tornados
Nome Indaiatuba Rugby Clube Tornados
Apelido(s) Tornados
Fundado 23 de junho de 2007
Confederação CBRu, FPR
Região Indaiatuba, SP, Brasil
Estádio Campo Munipal de Rugby de Indaiatuba
Capacidade 300
CEO Brasil Marcelo Amato
Presidente Brasil Felipe Bachegga
Técnico Argentina Mariano de Goycochea
Capitão Brasil Rafael Chichon Franz
Liga São Paulo Campeonato Paulista B
Brasil Taça Tupi
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Titular 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Reserva 
Site oficial
www.tornados.com.br
Flag of Brazil.svg

O Indaiatuba Rugby Clube, também chamado de Tornados, é um clube brasileiro de Rugby Union fundado no dia 23 de junho de 2007 sediado na cidade de Indaiatuba, interior do estado de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

Em 2007, um grupo de garotos liderados por Vinicius “Furby” Cremasco se mostraram interessados em praticar o rugby, inspirados pelas partidas da Copa do Mundo de Rugby de 2007. Aliado ao conhecimento e vontade de Ricardo Barbosa (ex-atleta do Bandeirantes, R.I.P.) e também de Julius Laucevicius (ex-atleta do Alphaville Tênis Clube) em ter uma equipe, o projeto de formação de um clube teve início, com o convite a possíveis praticantes e montagem da estrutura física e da equipe de trabalho. Desta forma, surgiu o Indaiatuba Rugby Clube, que ganhou o apelido de Tornados, oficialmente em 29 de março de 2008.

O clube apresentou um crescimento ao realizar uma parceria com o Restaurante Moinho Bela Vista. O fato do estabelecimento contar com um campo de futebol em seu terreno fez com que o clube adaptasse a estutura para as exigências da prática do rugby. Assim sendo, o clube realizou mais partidas amistosas e de competição. Ainda em 2008, o clube disputou o Campeonato Paulista de Rugby Série B e da Copa do Brasil de Rugby.

No ano de 2009, o clube continuou a disputar competições oficiais, como o CPI e a Copa do Brasil. Neste ano o Tornados conquistou também o seu primeiro título: a Taça de Prata do CPI.

No ano de 2012, o clube conquistou seu primeiro título do campeonato paulista série B e também seu primeiro título nacional, com a conquista do Copa do Brasil (série B do campeonato Brasileiro). Com esse feito, ganharam o direito de disputar o jogo de acesso para o Super10 contra o BH Rugby.

Em 2014, após o vice campeonato paulista da serie B, foi conquistada a vaga para o campeonato paulista A do ano seguinte.

Em 2015 a equipe adulta participou pela primeira vez na história do clube da divisão de elite do campeonato estadual e também voltou a participar da Copa do Brasil. Neste mesmo ano foi inaugurado o campo de Rugby municipal de Indaiatuba, que possui uma estrutura que é pouco encontrada no Brasil, consagrando a relevância do esporte e do clube na cidade e região. Hoje os jogos são realizados somente nesse campo e esporadicamente no campo do Sesi Indaiatuba.

A agremiação também possui equipes de categorias de base, adulto masculina e feminina, e realiza oficinas junto a escolas e instituições para difundir o rugby em Indaiatuba e região.

Campos[editar | editar código-fonte]

O campo de Rugby municipal de Indaiatuba é um dos poucos no Brasil que se adequa as determinações da IRB (International Rugby Board) em termos de dimensão e estrutura técnica para a prática da modalidade. As dimensões do espaço de jogo são de 90m x 68m, com o campo tendo área de escape, demarcação única da modalidade e postes nos tamanhos oficiais

Taça Tupi 2018[editar | editar código-fonte]

No dia 29/09/2018 o Tornados sagrou-se campeão da Taça Tupi em jogo contra o Serra, em Caxias do Sul, pelo placar de 28x27.

Campeonato Paulista Serie B 2018[editar | editar código-fonte]

No dia 15/09/2018 o Tornados sagrou-se bicampeão da serie B em jogo contra a Engenharia Mackenzie, pelo placar de 21x17.

Campeonato Paulista Serie B 2012[editar | editar código-fonte]

No dia 23/06/2012, mesmo dia em que o clube completava 5 anos de história, o Tornados consagrou-se campeão paulista da série B com vitória expressiva fora de casa sobre a Poli (time campeão em 2011) por 42x22.
Na semi final o Tornados venceu o Vale fora de casa por 15x14 em um jogo muito emocionante onde o time da casa perdeu um penal acertando o poste no ultimo lance da partida.
Foi um ano de muito trabalho, com alguns momentos de muita dificuldade para a equipe de Indaiatuba, nesse ano também o Tornados teve seu primeiro Try Man em campeonatos estaduais, porem o time se manteve sempre muito unido dentro foram de campo e assim conseguiu alcançar seu objetivo no campeonato.

Copa do Brasil 2012[editar | editar código-fonte]

A equipe indaiatubana conquistou o direito de representar o estado de São Paulo na competição após a conquista no estadual.
Em sua estréia na competição a equipe do Tornados enfrentou a equipe de Londrina, em Londrina, e venceu pelo placar de 36x15.
Nas semi-finais o clube viajou até Porto Alegre para enfrentar a forte equipe do Charrua e venceu por 18x13 um jogo duríssimo, decido apenas na prorrogação.
Na grande final, dia 22/09/2012 (3 meses depois da conquista no paulista) o Indaiatuba enfrentou o Alecrim do RN e após mais um jogo disputadíssimo, digno de uma final de campeonato, tornou-se campeão da Copa do Brasil 2012, pelo placar de 12x06.

Títulos e Colocações[editar | editar código-fonte]

Nacionais

Estaduais

  • São Paulo Campeonato Paulista - Série B - 3º Colocado - 1 vez (2009)
  • São Paulo Campeonato Paulista - Série B - Campeão - 1 vez (2012)
  • São Paulo Campeonato Paulista Juvenil - 9º Colocado - 1 vez (2013)
  • São Paulo Campeonato Paulista - Série B - 4º Colocado - 1 vez (2013)
  • São Paulo Campeonato Paulista - Série B - 2º Colocado - 1 vez (2014)
  • São Paulo Campeonato Paulista - Série A - 8º Colocado - 1 vez (2015)
  • São Paulo Campeonato Paulista - Série B - 3º Colocado - 2 vez (2016)
  • São Paulo Campeonato Paulista - Série B - 3º Colocado - 3 vez (2017)
  • São Paulo Campeonato Paulista - Série B - Campeão - 2 vez (2018)
  • São Paulo Campeonato Paulista - Série A - 7º Colocado - 1 vez (2019)

Regionais

  • São Paulo Taça Dr. Leon Willian Rheins - Desafio contra Piratas Rugby - Campeão - 1 Vez (2009)
  • São Paulo Jaguars Sevens - Campeão - 1 vez (2009)
  • São Paulo Campeonato Paulista do Interior - Taça de Prata - 1 vez (2009)
  • São Paulo Jaguars Sevens - Campeão- 2 vez (2011)
  • São Paulo Taça Laranja - Desafio contra Tucanos Rugby - Campeão - 1 vez (2016)
  • São Paulo Taça Renato Colicchio - Desafio contra Lechuza Rugby - Vice Campeão - 1 vez (2016)
  • São Paulo 3º Etapa Feminina da Copa São Paulo - (5º colocado, Campeão Taça Prata) - 1 vez (2016)
  • São Paulo Copa RMC - 3º Colocado - 1 vez (2017)
  • São Paulo Taça Laranja - Desafio contra Tucanos Rugby - Vice Campeão - 1 vez (2017)
  • São Paulo Taça Renato Colicchio - Desafio contra Lechuza Rugby - Campeão - 1 vez (2017)
  • São Paulo Sevens de São Roque - 2º Colocado - 1 vez (2017)
  • São Paulo Sevens de São Roque Feminino- (5º colocado, Campeão Taça Bronze) - 1 vez (2017)
  • São Paulo Copa RMC - 1º Colocado - 1 vez (2018)
  • São Paulo Taça Laranja - Desafio contra Tucanos Rugby - Campeão - 2 vez (2018)
  • São Paulo Taça Renato Coliccio - Desafio contra Lechuza Rugby - Campeão - 2 vez (2018)
  • São Paulo Sevens de São Roque - 2º Colocado - 2 vez (2018)
  • São Paulo Copa RMC - 1º Colocado - 2 vez (2019)
  • São Paulo Taça Renato Coliccio - Desafio contra Lechuza Rugby - Campeão - 3 vez (2019)
  • São Paulo Taça Laranja - Desafio contra Tucanos Rugby - Campeão - 3 vez (2019)

Atletas Destaque[editar | editar código-fonte]

  • Alexandre Cichon Franz Filho (Basketão) - Convocado para seleção juvenil brasileira (2010)
  • Marcelo Pisani Amato - Convocado para seleção sub23 brasileira (2010)
  • Fabiana Sousa - Convocada seleção brasileira feminina de sevens (2010)
  • Crislaine Santos (Rosinalda) - Convocada seleção brasileira feminina de sevens (2010)
  • Olivia Nogueira - Convocada seleção brasileira feminina de sevens (2011)
  • Rafael Cichon Franz (Basketinho) - Convocado para seleção juvenil brasileira (2011)
  • Renan Ascoli - TryMan do Campeonato Paulista B (2012)
  • Pedro Bedin Franco (Pedrão) - Convocado para seleção juvenil brasileira (2013)
  • Marcelo Ramalho (Marcelinho) - Convocado para seleção juvenil brasileira (2013)
  • Alcino Pisani Amato - TryMan Campeonato Paulista B (2014)
  • Alcino Pisani Amato - TryMan e maior pontuador do Campeonato Paulista B (2016)
  • Alcino Pisani Amato - TryMan Campeonato Paulista B e Taça Tupi (2018)
  • Alcino Pisani Amato - TryMan Taça Tupi (campeonato Brasileiro da segunda divisão) (2018)
  • Maiki Gustavo Lemes dos Santos - Convocado para seleção juvenil brasileira (2018)

Área Médica[editar | editar código-fonte]

  • Eduardo Grego (Duzão) - Fisioterapeuta
  • Rafael José Micelli Mate (Mate) - Fisioterapeuta
  • Fabiano Fonseca - Fisioterapeuta
  • Adriana Soares Andrade - Técnica em Enfermagem

Patrocinadores[editar | editar código-fonte]

O Indaiatuba Rugby Clube conta com o apoio de: Asa Alumínio, Disnacon, Churrascaria Jatobá, Tinhos Restaurante, Butecus Santa Tereza, Drogaria Unifarma Indaiatuba, Lavanderia Speed Wash, Park Wash lavagem ecológica, Prefeitura de Indaiatuba, Secretaria de Esportes de Indaiatuba, Touch Propaganda, Robson Senne Photography, Boanerges Gonçalves Coluna Social.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rugby é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.