Independência do Casqueiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Independência
Fundação 3 de março de 1976 (43 anos)
Cores
Branco
Vermelho
Símbolo grilo falante
Bairro Jardim Casqueiro
Presidente Severino (Tatai)

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Independência é uma escola de samba de Cubatão. A sede da agremiação fica localizada na Av. Joaquim Jorge Peralta, 13 no bairro no Jardim Casqueiro, em Cubatão.

É Hendecampeão (2005-2016) consecutiva do Carnaval cubatense e conquistou o título de campeã do Carnaval Metropolitano da Baixada Santista em 2006 (a única vez em que houve uma disputa regional)[carece de fontes?].

Foi batizada pela Império do Samba.

História[editar | editar código-fonte]

A Independência foi fundada em 1976. Surgiu com um grupo que fazia parte do Bloco dos Malucos, depois de uma reunião com os foliões do bairro interessados em transformar o bloco em uma agremiação maior. O nome foi escolhido pelo fato de o grupo se concentrar na Praça Independência, no Casqueiro, e o primeiro presidente foi Donaldson Teixeira de Oliveira.

Em 2008, com o tema Carnaval das Galáxias... Meu Grito de Alerta, a escola conseguiu o quarto título seguido, com 195 pontos, dois a mais que a segunda colocada, a Nações Unidas.

Em 2010, ao abordar em seu carnaval o Rio São Francisco, a escola retratou lendas e figuras ilustres que navegaram por seu leito, desfilando com 1.500 componentes, divididos em 15 alas. Ao obter 199,5 pontos, sagrou-se hexacampeã.[1]

Em 2012, com o tema: Uma viagem a Lendária Bahia, a escola conseguiu o oitavo título seguido, com 195,5 pontos, com empate com a co-irmã Nações Unidas, e desempatado com o critério SAMBA ENREDO, no qual obteve 10/10.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Carnaval de Cubatão: 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1986, 2000, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2014, 2015 e 2016
  • 2º Grupo em Santos: 1981 e 1986
  • Carnaval Metropolitano (realizado em Praia Grande): 2006.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Período Ref.
Donaldson Teixeira ? - ?
Severino Oliveira (Tatai) aprox. 2007 - atualidade [2]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2015 Dão [2]
2016

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014-2016 Eduardo Dark

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2008 Valdir e Vanessa
2009 Zinho e Andress Simpatia
2010 Hélio e Andress Simpatia
2011-2015 Valdir e Andress Simpatia
2016 Marcos Felipe e Andress Simpatia

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Ano Cubatão Colocação Grupo

Santos

Enredo Carnavalesco Intérprete Ref
1977 2o. O Enigma de João Ramanho
1978 Campeã 2o. Grupo 2 Uma Chanchada no Asfalto
1979 Campeã 6o. Grupo 1 Rudá - O Deus do Amor
1980 Campeã Epopéia dos Bandeirantes
1981 Campeã Campeã 2º Grupo (Santos) A embaixada de Daomé na Bahia
1982 Campeã 6o. Grupo 1 Uma Viagem pelo Brasil
1983 Campeã 8o. Grupo 1 Uma Visão do Paraíso
1984 ND Não desfilou
1985 Campeã 9o. Grupo 1 A Saturnália do Balão Mágico
1986 Campeã Campeã 2º Grupo (Santos) Nosso Sonho é Ser Assim
1987 H.C. 6o. Grupo 1 Nem Tudo Que Reluz é Ouro, Nem Tudo Que Balança Cai
1988 HC 6o. Grupo 1 Brilho Dourado
1989 HC Desclassificada Grupo 1 Banzai Brasil
1990 4º lugar Grupo 1 Paraíso Perdido Jorge de Oliveira Barbosa
1991 HC 4º lugar Grupo 1 Droga de Vida, Esperança na Avenida
1992 2o. 6o. Grupo 1 O Sonho do Menino
1993 ND ND Não Desfilou Carnavais de Outrora
1994 3o. Banho da Doroti
1996 4o. Grupo 2 Fazendo as Contas
1997 4o. Grupo 2 Transparente, Brilhante... Mas Não é Diamante
2000 Campeã Os Bons Filhos à Casa Tornam... A Volta dos Guarás Vermelhos
2002 Campeã Brasil Colônia na Visão de Debret
2004 2o. Esta força que nos guia. Cubatão explode de alegria
2005 Campeã Vem do Espaço Sideral nos Alertar Salvem o Verde, Amarelo, Azul e Branco - Aborígines do Futuro
2006 Campeã Campeã Carnaval Regional Praia Grande Os alquimistas estão chegando Claudio Cavalcante - Cebola
2007 Campeã Mama África na Corte Brasiliana Claudio Cavalcante - Cebola
2008 Campeã Carnaval das Galáxias... Meu Grito de Alerta Mauro Xuxa
2009 Campeã A Criação dos Tempos nas Crenças Nagô Mauro Xuxa
2010 Campeã “No caminho das águas, a esperança, nas margens do velho Chico, a lembrança” Tatai e Comissão de Carnaval
2011 Campeã O Mundo Mágico dos Sonhos Tatai e Comissão de Carnaval [3]
2012 Campeã Uma Viagem Cultural à Legendária Bahia Tatai e Comissão de Carnaval [4]
2013 não houve desfile
2014 Campeã Daomé...A Saga da Libertação! Raphael Soares [5]
2015 Campeã E o povo começa a cantar!!! Raphael Soares [2]
2016 Campeã Da folia...um rei!

Referências

  1. Estadão (16 de fevereiro de 2010). «Carnaval 2010: Guarujá, Itanhaém e Cubatão já têm as campeãs». Consultado em 29 de dezembro de 2010 
  2. a b c [1]
  3. Santaportal. «GRCES Independência do Casqueiro conquista título no carnaval de Cubatão». Consultado em 17 de março de 2014 
  4. Sistema Nordeste de Notícias. «Guarujá, Itanhaém e Cubatão já têm as campeãs». Consultado em 8 de março de 2012 
  5. Santaportal. «GRCES Independência do Casqueiro conquista título no carnaval de Cubatão». Consultado em 17 de março de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.