Independente Atlético Clube (Tucuruí)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Independente Tucuruí
IndependenteAC.png
Nome Independente Atlético Clube
Alcunhas Galo Elétrico
Mascote Galo
Fundação 28 de novembro de 1972 (47 anos)
Estádio Navegantão
Capacidade 8.200
Localização Tucuruí, PA
Presidente Deley Santos
Treinador Vanderson [1]
Material (d)esportivo Galo (Marca própria)
Competição Campeonato Paraense
Campeonato Brasileiro
Copa do Brasil
Ranking nacional Baixa 129º lugar, 384 pontos [2]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O Independente Atlético Clube, também chamado de Independente de Tucuruí, é um clube multiesportivo brasileiro, especializado na modalidade futebol, com sede no município de Tucuruí, sudeste do estado do Pará. Suas cores são verde, branco e azul. Seu atual presidente é Deley Santos, tendo como vice-presidente Francisco Marques Bastos Júnior.[3]

É uma das principais equipes de futebol do sudeste do Pará, tendo como alcunha "Galo Elétrico". A equipe manda suas partidas no Estádio Municipal Antônio Dias, conhecido por Estádio Navegantão, situado na cidade de Tucuruí.

Fundado em 28 de novembro de 1972, foi durante as décadas de 1980, 1990 e 2000 a principal agremiação de futebol feminino do norte-nordeste do Brasil, sendo inúmeras vezes campeã estadual, regional e uma vez campeã nacional.

Em 2011, o Independente fez história no futebol paraense masculino, sendo o primeiro time do interior a ser campeão estadual, quebrando um tabu de 103 anos com vencedores apenas de Belém. O título foi conquistado ao bater o Paysandu na disputa de pênaltis por 3x0, resultado que foi muito festejado na cidade de Tucuruí. [4]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O Independente Atlético Clube foi fundado no dia 28 de novembro de 1972 e registrado, como equipe profissional, na Federação Paraense de Futebol no dia 6 de outubro de 1981.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

O clube foi um ideal do seu fundador e antigo patrono, Francisco Marques Bastos, o qual sempre administrou clubes de futebol, entre eles o Izabelense e a agremiação de nome Internacional.

Francisco Bastos resolveu oficializar a criação de uma agremiação, fundando o Independente Atlético Clube, adotando as cores verde, branco e azul com a cruz de malta vermelha em homenagem ao Clube de Regatas Vasco da Gama, tendo o galo como símbolo, transformando-se em uma agremiação de família, e, a partir de 1983, passou a adotar, também, a prática do futebol feminino.

Grande força no futebol feminino[editar | editar código-fonte]

No futebol feminino foi onde o clube viveu grandes momentos de glória, com as conquistas da "Copa Meio-Norte" (Torneio Maranhão-Pará) de 1987, 1988 e 1989. Também conquistou o Torneio Norte-Nordeste de Futebol Feminino por 3 vezes (1999, 2000 e 2001) e a Copa Norte de Futebol Feminino também por 3 vezes (2002, 2003 e 2004), além do seu maior título, a conquista do Torneio Nacional de Futebol Feminino (competição equivalente ao atual Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino) do ano de 1990, na cidade de Águas de Lindóia.

Entre 1999 e 2007 o time foi hexacampeão do Campeonato Paraense de Futebol Feminino, de um período onde, inclusive, várias atletas da equipe foram convocadas para a Seleção Brasileira de Futebol Feminino, como foi o caso de Cebola e Formiga, entre outras.

Declínio[editar | editar código-fonte]

Entre 2008 e 2010 o clube enfrentou severas dificuldades financeiras, fazendo com que, em 2010, fechasse as portas. Sua gloriosa equipe feminina foi desmanchada.

Transferência para Tucuruí[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2010, o Independente foi comprado pelo então diretor Deley Santos (atual presidente) e desmembrado em 180 cotas de sócio proprietário, sendo que diversas pessoas e empresários de Tucuruí adquiriram as cotas em 2 dias. Assim, Deley decidiu estabelecer sua equipe naquela cidade, que não havia times de renome, conquistando rapidamente a simpatia da cidade.

Em 2011, o Independente fez história no futebol masculino paraense, sendo o primeiro time do interior a ser campeão estadual, quebrando um tabu de 103 anos com vencedores apenas de Belém. O título foi conquistado ao bater o Paysandu na disputa de pênaltis por 3x0, resultado que foi muito festejado na cidade de Tucuruí.

Rival[editar | editar código-fonte]

Os cronistas desportivos costumam considerar como rival do Independente a equipe do Águia de Marabá Futebol Clube, sendo suas partidas denominadas "Clássico Agui-Indep" ou "Clássico do Carajás", este último em referência ao estado do Carajás, onde seriam as maiores equipes campeãs, caso o estado existisse.[5]

Honrárias[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Pará Campeão Estadual do Interior do Estado do Pará
Campeão Estadual de Tucuruí
1º Campeão da Taça Estado do Pará de Tucuruí
1 2011
Pará 1º Campeão da Taça Cidade de Belém de Tucuruí 1 2015
Pará Time do Interior que mais participou da final do Campeonato Paraense 3 2011, 2015 e 2019

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Cscr-featured.png: Campeão Invicto
Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Pará Campeonato Paraense 1 2011
Pará Taça Cidade de Belém 1 2015
Pará Taça Estado do Pará 1 2011
Pará Taça ACLEP 1 2014
Pará Campeonato Paraense - 2° Divisão 1 2009Invicto

Torneios amistosos[editar | editar código-fonte]

  • Torneio Titan (Município de Castanhal) de Futebol Profissional: 1988

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Pará Campeonato Paraense
Ano 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020
Pos. Green Arrow Up.svg Baixa 14º Green Arrow Up.svg 13º a disputar

Legenda:

Campeonato Paraense da 1ª Divisão
Campeonato Paraense da 2ª Divisão
Brasil Copa do Brasil
Ano 2012 2015 2016 2017 2018 2019 2020
Pos. 1ªF 2ªF 1ªF - 1ªF - a disputar
Brasil Copa Verde
Ano 2015 2016 2017 2018 2019
Pos. 1ª fase - - - -
Brasil Série D
Ano 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020
Pos. - - - - - - 18º - a disputar

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Legenda
  • Capitão: Capitão
  • Prata da casa: Prata da casa (Jogador da base)
  • Lesionado: Jogador lesionado/contundido


Goleiros
N.º Jogador
' Brasil Mateus Melo
' Brasil Evandro Gigante
' Brasil Jerffesson Capitão
Defensores
N.º Jogador Pos.
' Brasil Martony Z
' Brasil Charles Z
' Brasil Ezequias Z
' Brasil João Carlos Z
' Brasil Daelson LD
' Brasil Leandrinho LD
' Brasil Leandro Cabecinha LE
' Brasil Jeferson Maranhense LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
' Brasil Renatinho V
' Brasil Felipe Pelles V
' Brasil Ilailson V
' Brasil Dudu V
' Brasil Wellington Cabeça M
' Brasil Evair M
' Brasil Léo Pará M
Atacantes
N.º Jogador
' Brasil Caça Rato
' Brasil Raí gol
' Brasil Joãozinho
' Brasil Talisson Carioca
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Vanderson T

[editar | editar código-fonte]

Elenco atual Categoria Sub-17[editar | editar código-fonte]

Goleiros
Jogador
Brasil Rafael Carvalho
Brasil Anderson Paiva
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Mateus Coimbra Z
Brasil Girlan Z
Brasil Cobrinha Z
Brasil Emerson Z
Brasil Joao Victor LD
Brasil Guilherme LD
Brasil Mocajuba LE
Brasil Naylson LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Paulo Henrique V
Brasil Marcos Vinicius V
Brasil Leo V
Brasil Raylan M
Brasil Pet M
Brasil Pedro Paulo M
Brasil Pedrinho M
Brasil Wesley M
Atacantes
Jogador
Brasil Ricardo
Brasil Robenilson
Brasil Waldeci
Brasil Matheusinho
Brasil Lukinhas
Brasil Danilo
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Carlos Rocha T

Outras conquistas[editar | editar código-fonte]

Futebol Feminino[editar | editar código-fonte]

Futebol de Salão[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Independente Tucuruí anuncia Campeão dos Campeões pelo Papão como técnico». globoesporte.globo.com/pa. 26 de novembro de 2019. Consultado em 26 de novembro de 2019 
  2. «Palmeiras lidera ranking da CBF, Flamengo aparece em segundo na lista». Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  3. «Federação Paraense de Futebol: Clubes profissionais». Fpfpara.com.br. Consultado em 31 de maio de 2011. Arquivado do original em 25 de novembro de 2010 
  4. http://m.diarioonline.com.br/noticia-154225-independente-de-tucurui-campeao-paraense-de-2011.html
  5. Estádio Barbalhão é cenário de clássico entre Tapajós e Carajás. Rodrigo Bertolotto - UOL Notícias. 07 de dezembro de 2011.
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.