Negligência Intermediária da Sobreposição Diferencial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Indo)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Negligência Intermediária da Sobreposição Diferencial (INDO) é um método químico quântico semi-empírico[1][2] que é um desenvolvimento da negligência completa da sobreposição diferencial (CNDO/2)[3][4] introduzido por John Pople. Como a CNDO/2, ele usa sobreposição diferencial zero para as integrais de dois elétrons, mas não para integrais que estão sobre orbitais centradas no mesmo átomo[5][6]. O método agora é raramente usado em sua forma original com algumas exceções[7], mas é a base para vários outros métodos, como MINDO, ZINDO e SINDO.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. E. Hückel, Zeitschrift für Physik, 70, 204, (1931); 72, 310, (1931); 76, 628 (1932); 83, 632, (1933)
  2. Hückel Theory for Organic Chemists, Charles A. Coulson, B. O'Leary and R. B. Mallion, Academic Press, 1978.
  3. J. Pople and D. Beveridge, Approximate Molecular Orbital Theory, McGraw-Hill, 1970.
  4. J. A. Pople, D. P. Santry and G. A. Segal, Journal of Chemical Physics, 43, S129, (1965)
  5. J. Pople, D. L. Beveridge and P. A. Dobosh, Journal of Chemical Physics, 47, 2026, (1967)
  6. Pople, J. A.; D. Beveridge (1970). Approximate Molecular Orbital Theory. [S.l.]: McGraw-Hill 
  7. Mudar A. Abdulsattar and Khalil H. Al-Bayati, ‘Corrections and parameterization of semiempirical large unit cell method for covalent semiconductors’, Phys. Rev. B 75, 245201 (2007).
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.