Inesperado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Inesperado
Álbum de estúdio de Anahí
Lançamento 3 de junho de 2016 (2016-06-03)
Gravação 2015-16
Miami
Los Angeles
Cidade do México
Gênero(s)
Duração 41:51
Idioma(s)
Formato(s)
Gravadora(s)
Produção
  • Adrian Trujillo
  • Andres Torres
  • DJ Buddha
  • Ettore Grenci
  • Guillermo Rosas (exec.)
  • Jesus Herrera
  • Jovany Barreto
  • Wisin
  • Luis Salazar
  • Mauricio Rengifo
  • Sebastian Jacome
  • Swaggernautz[1]
Cronologia de Anahí
Alérgico
(2010)
Singles de Inesperado
  1. "Rumba"
    Lançamento: 24 de julho de 2016 (2016-07-24)
  2. "Boom Cha"
    Lançamento: 11 de dezembro de 2015 (2015-12-11)
  3. "Eres"
    Lançamento: 12 de fevereiro de 2016 (2016-02-12)
  4. "Amnesia"
    Lançamento: 27 de maio de 2016 (2016-05-27)

Inesperado é o sexto álbum de estúdio da cantora, compositora e atriz mexicana Anahí, lançado em 03 de junho de 2016 pela Universal Music.[2][3][4][5][6]

É o primeiro álbum de Anahí em sete anos e a mesma é creditada como compositora de três das doze canções incluídas no álbum, assim como também foi responsável pela arte e desenho.[7] Trabalhou junto com outros produtores como Andres Torres, Ettore Grenci e Sebastián Jácome. Há uma versão da canção "La Puerta de Alcalá" (1986) de Ana Belén e Víctor Manuel, interpretada junto com o cantor espanhol David Bustamante e uma versão da canção "Temblando" (1987) do grupo espanhol Hombres G.[8] O álbum inclui principalmente gêneros como o reggaeton, dance-pop, electropop, pop e o pop latino.

Para promover o álbum, Anahí lançou quatro singles. O primeiro single "Rumba" foi uma colaboração com o cantor porto-riquenho Wisin, o tema alcançou o primeiro lugar na lista da Billboard Tropical Airplay nos Estados Unidos além de receber duas indicações na décima terceira edição dos Premios Juventud.[9] Seu vídeo foi gravado em Miami e dirigido por Jessy Terreno. O segundo single "Boom Cha", foi uma colaboração com a cantora brasileira Zuzuka Poderosa, o tema entrou na lista Pop do Monitor Latino na Venezuela.[10] Seu vídeo também foi gravado em Miami e dirigido por Pablo Croce.[11] "Eres", terceiro single do álbum, é uma colaboração com o cantor mexicano Julión Álvarez, ficou entre as dez mais tocadas na lista Pop do Monitor Latino no México e recebeu uma indicação na décima-terceira edição dos Premios Juventud.[12] O vídeo musical foi filmado no estado mexicano de Chiapas.[13] Finalmente, "Amnesia" foi composta por Claudia Brant e Noel Schajris, e entrou nas listas do México e dos Estados Unidos. Seu vídeo musical, foi dirigindo novamente por Pablo Croce e filmado em Los Angeles.[14][15][16]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Depois de concluir as gravações da novela Dos Hogares, na qual foi a protagonista, em janeiro de 2012, Anahí começou a produzir seu próximo álbum, colaborando com artistas como o rapper Flo Rida e se reunindo com compositores como Diane Warren.[1][17] Em novembro de 2012 a cantora realizou um twitcam onde anunciou que adiaria o lançamento do álbum, devido a mudanças importantes que aconteceram em sua gravadora, a EMI.[18] Isso aconteceu porque a gravadora foi comprada pela companhia Universal Music.[19][20]

Finalmente, em 4 de fevereiro de 2013, foi lançada a canção "Absurda".[21] Em março, durante uma entrevista para a revista Caras México, Anahí informou que a canção não formaria parte de seu novo álbum já que, segundo a cantora, não estava com tempo para se dedicar a gravação de um disco.[22][23] A cantora se manteve afastada da carreira artística durante quatro anos.[24][25][26]

Em 10 de julho de 2015, Anahí anunciou durante uma coletiva de imprensa, o lançamento do primeiro single do seu sexto álbum, "Rumba", em parceria com Wisin.[27]

Em outubro de 2015, foi divulgado que o álbum chamaria Amnesia.[28] Em dezembro de 2015, durante uma entrevista com o blogueiro brasileiro Hugo Gloss, a cantora argumentou que "este álbum tem sido muito "Inesperado", então é assim que o chamo... mas ainda estou pensando".[29] Finalmente em maio de 2016 foi confirmado que o título do álbum seria Inesperado.[30]

Gravação e composição[editar | editar código-fonte]

Inesperado tem canções compostas pelos cantores Noel Schajris (esquerda) e Gloria Trevi (direita).

Em 25 de maio de 2015, a cantora lançou "Están Ahí", single promocional em agradecimento aos seus fãs.[31] A canção foi escrita por Julio Reyes, Ximena Muñoz (que cômpos a canção "Para Qué" para seu álbum anterior) e Andres Torres, sendo produzida por Ettore Grenci.[32] Em 8 de junho de 2015, Anahí compartilhou imagens em um estúdio de gravação.[33][34][35][36] Em 10 de julho de 2015, vazou o primeiro single do álbum, "Rumba", com a colaboração do cantor porto-riquenho Wisin, escrito pela cantora junto com Luis O' Neil e Wisin, sendo este último também o produtor.[37] A gravação foi realizada no México e a produção aconteceu em Porto Rico.[37]

Em 26 de julho de 2015, durante uma entrevista para a capa da revista mexicana Caras, Anahí anunciou que o produtor do álbum foi o argentino Cheche Alara, quem trabalhou com Lady Gaga e Shakira, outros produtores incluídos são Ettore Grenci e Sebastian Jácome, este último trabalhou com a cantora no álbum anterior.[1]

Em 25 de agosto de 2015, a dupla Gente de Zona informou durante uma entrevista para o canal Ritmoson Latino, que estava gravando uma canção com a cantora onde comentaram que: "entramos em acordo com Anahí, já que nós gostamos de experimentar novos ritmos, então muito em breve vão escutar a gente ao lado de Anahí e é muito importante pra gente já que queremos nos aproximar mais e mais do mercado mexicano".[38][39] Em outubro de 2015, Anahí compartilhou uma prévia de três canções, a primeira foi "Amnesia", anunciada como quarto single. O tema foi escrito pela compositora argentina Claudia Brant e o cantor argentino Noel Schajris, com quem trabalhou junto nas canções "Alérgico" e "Absurda".[40] Em 27 de outubro de 2015, a interprete compartilhou mais uma prévia, desta vez do tema "Arena y Sol", em parceria com a dupla Gente de Zona,[41] no mesmo dia compartilhou uma prévia da canção "Siempre Tú", composta pelos cantores mexicanos Gloria Trevi e Julio Reyes.[42] Essa foi a segunda música composta por Trevi para Anahí, a primeira foi "Me Hipnotizas", presente no quinto álbum da mexicana, Mi Delirio (2009).[43]

Wisin compôs e participou da canção "Rumba", primeiro single do álbum.

O segundo single do álbum, "Boom Cha", em parceria com a funkeira brasileira Zuzuka Poderosa, foi composto por Anahí, Claudia Brant, Julio Reyes, Urales Vargas, Cassiano Juliano e David Quinones.[44][45][46] Foi produzido por DJ Buddha e DJ Kassiano.[47] Em 7 de dezembro de 2015, foi ao ar a entrevista da cantora para o site do blogueiro brasileiro Hugo Gloss, onde Anahí comentou que foi o produtor DJ Buddha quem lhe apresentou a cantora Zuzuka e completou: "ela (Zuzuka) me mostrou uma música com uma idéia nova, e eu imediatamente pensei que deveria ser uma colaboração em português. Nos encontramos várias vezes, tivemos muitas idéias. É uma canção que levou muito tempo para estar pronta. Me reuni com muitos compositores e produtores até chegar na versão final".[48]

O terceiro single do álbum, "Eres", que conta com a participação do cantor mexicano Julión Álvarez, foi composto por Anahí, junto com a ganhadora de um Grammy Latino Mariana Vega e por Jovany Barreto, Luis Salazar, Paolo Tondo e Tat Tong.[49] Foi produzido por "Os Swaggernautz" uma dupla formada pelo compositor e produtor cubano Jovany Javier e o produtor singapurense Tat Tong.[50][51]

O quarto single do álbum, "Amnesia" foi lançado em 27 de maio de 2016, composto por Claudia Brant e Noel Schajris. Brant ainda escreveu "Juntos En La Obscuridad" junto com Jeffrey Hoeppner e a faixa-título do álbum junto com Rafael Ruiz Esparza, quem escreveu "Hasta Que Llegues Tú" presente no álbum Mi Delirio (2009).

Há dois covers no álbum, o primeiro é da canção "Temblando" de 1987, composta por David Summers, vocalista da banda espanhola Hombres G.[52] O segundo é da canção "La Puerta De Alcalá" de 1986, interpretada por Ana Belén e Víctor Manuel, sendo escrita por Miguel Angel Campos, Bernardo Fuster, Luis Mendo Munoz e Francisco Villar. A canção, que é uma homenagem ao monumento madrilenho de mesmo nome, tem em sua versão original 6 estrofes, foi reduzida para 3 na versão da cantora.[53]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Em 20 de maio de 2016, começou a pré-venda do disco, no mesmo dia os singles do álbum ocuparam o top cinco em vendas digitais no Brasil, em primeiro lugar ficou "Siempre Tú", em segundo "Eres", em terceiro "Boom Cha", em quarto "Rumba" e por último o quinto lugar "Están Ahí".[54][55][56] Na Argentina, "Siempre Tú" conseguiu o sétimo lugar em vendas digitais e o primeiro lugar na pré-venda.[57] Finalmente em 3 de junho de 2016, começou a venda digital do álbum, onde teve um bom desempenho comercial. Alcançou o primeiro lugar na Colômbia, Brasil, República Dominicana, Equador, Peru, México, Espanha, Chile e Estados Unidos na categoria de música latina, igual na Argentina, no qual conseguiu o primeiro lugar nessa categoria.[58]

Nos Estados Unidos, o álbum estreou em sexto lugar na lista Latin Pop Albums e em décimo-sétimo lugar na Top Latin Albums, ambas da Billboard.[59][60]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Adriano Moreno do site 40 Principales España comentou sua análise do álbum expressando que Anahí aposta por ritmos que lembram os anos 90 e princípios dos anos 2000.[61] Comentou que exploram os ritmos latinos, onde "sem dúvidas, o grande acerto de Inesperado é aprofundar nos ritmos latinos que funcionaram tão bem nessa época do ano. Tem o sucesso "Rumba" com Wisin, que é o carro-chefe do disco, Anahí voltou a apostar neste som com "Boom Cha", o segundo single, que conta com a colaboração da cantora brasileira Zuzuka Poderosa. A fórmula é muito similar a "Rumba" e a solução está em sintonia com o resto do disco.[61] Continuou "essas duas canções não são as únicas que 'bebem' desses ritmos latinos. A intérprete mexicana se alia com Gente de Zona para "Arena y Sol", uma canção que mescla o som de "Buleria" de David Bisbal e o melhor da BSO de El Zorro. Um hit feito exclusivamente para dançar nas baladas".[61] Considera que o melhor tema do álbum é "Amnesia", quanto single, argumentando "Amnesia é uma balada escrita por Claudia Brant e Noel Schajris, que nos leva a outra época em que Anahí brilhava com o RBD. Esse tema bem que poderia ser a sucessora de original de "Sálvame"... Sem duvida, deixou o melhor single para o final e acredito que influência muito positivamente nas vendas da primeira semana do disco".[61] Finaliza sua crítica ao mostrar seu desagrado por outras baladas "que não encaixam com a estrutura de Inesperado. Canções obsoletas que não arriscam nem apontam nada novo.[61]

A revista estadunidense Hola mencionou que "Inesperado contém várias colaborações com cantores como Wisin, David Bustamante, Julión Alvarez e a brasileira Zuzuka Poderosa. É um disco que mistura o reggaeton, pop, dance e muitos outros ritmos. Aos seus 33 anos, a cantora já conta com um grande repertório devido a que trabalha desde Chiquilladas, um programa de televisão que foi muito popular no início dos anos 80".[62] O site Telenovelas depois de mencionar o excelente desempenho do álbum em vendas digitais, garante que "o disco predominam ritmos eletrônicos latinos com os que apaixonou os fãs com a canção "Rumba". No projeto, a cantora se atreveu com uma versão do clássico "La Puerta de Alcalá", de Ana Belén junto com o cantor espanhol David Bustamante. Os seguidores de Anahí estão eufóricos com essa notícia".[63]

Robson Gomes do Jornal do Commercio, depois de avaliar os singles lançados, comentou: "oscilando entre temas extremamente pop e baladas tristes (seu ponto forte desde os tempos com RBD), Inesperado traz uma Anahí com um disco mais alegre porém menos explosivo comparado com Mi Delirio. Canções como "Juntos En La Obscuridad" e "Siempre Tú" entregram letras românticas mas com melodias que a semelham a uma balada".[64] Mencionou que a canção que surpreendi é "Inesperado" e também positivamente "Temblando" com "arranjos dramáticos e letra sendo uma clara e triste interpretação por parte da cantora".[64] Continua: "outra canção destacada e divertida é "Arena y Sol", com ritmos pegajosos de reggaeton no dueto com a dupla Gente de Zona que revela o tema mais caliente do álbum mostrando a alma latina da cantora".[64] Finaliza sua critica falando de "La Puerta de Álcala", na qual comenta que possui uma letra espiritual e considera estranha, mencionando que "facilmente poderia ser descartada do disco".[64] Por último expressa que o título do disco encerra um álbum pop com baladas tristes e carregado de sons eletrônicos.[64]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Trabalho Categoria Resultado Ref.
2016 Premios Juventud "Rumba" La Combinación Perfecta Indicado [65]
La Más Pegajosa Indicado
"Eres" Canción Corta-Venas Indicado

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Em 22 de abril de 2016, a cantora postou em sua conta do Instagram, uma foto que convidava seus fãs mexicanos a gravar um vídeo de 30 segundos com sua versão criativa da canção "Rumba", anunciando que os ganhadores receberiam uma surpresa.[66] Dois dias depois, Anahí anunciou que os ganhadores, os quais assistiram a uma sessão secreta onde lhes permitiu escutar três novas canções do álbum.[67] Os fãs ajudaram a cantora a escolher o próximo single.[68] Durante esta sessão, foi anunciado o lançamento do single para maio e o lançamento do álbum para junho, acompanhado com uma tarde de autógrafo na Cidade do México.[68]

Em 18 de maio de 2016, Anahí apresentou, durante um Facebook live, a capa do disco além de anunciar o lançamento do disco para o dia 3 de junho de 2016.[69][70][71] No mesmo dia anunciou que a pré-venda do mesmo começaria no dia 20 de maio de 2016 e que lançaria uma canção a cada sexta-feira até o dia do lançamento.[72][73][74][75]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Eres": é o terceiro single do álbum, lançado em 12 de fevereiro de 2016.[105][106][107] É um dueto com o cantor mexicano Julión Álvarez.[108][109] Em vendas digitais, conseguiu o primeiro lugar no Brasil, sendo o quarto single do álbum a conseguir o primeiro lugar nesse país, e na República Dominicana.[110][111][112] O vídeo musical foi gravado em San Cristóbal de Las Casas, Chiapas e estreou em 25 de março de 2016.[113][114][115] O single conseguiu o sexto lugar na lista Pop e o segundo na lista Hot Song Pop do Monitor Latino no México.[116][117] Nos Estados Unidos conseguiu o décimo-sétimo lugar na Billboard Twitter Top Tracks.[118]
  • "Amnesia": é o quarto single do álbum, lançado em 27 de maio de 2016.[119][120] O vídeo musical foi gravado no dia 18 de maio de 2016.[74] Foi interpretada ao vivo pela primeira vez nos Premios Juventud em 14 de julho de 2016.[121][122][123] O single conseguiu o terceiro lugar na lista Hot Song Pop General México do Monitor Latino. Conseguiu a sexta posição na categoria POP do Monitor Latino México. Além disso, debutou em duas listas da Billboard, Spotify Viral e Twitter Tracks. A canção ficou também no TOP10 das músicas mais tocadas de toda Europa pelo chart oficial de lá, mais precisamente na posição #8.[124]
Singles promocional
  • "Están Ahí" é o primeiro single promocional do álbum, lançado em 25 de maio de 2015, após um hiato de 2 anos sem lançar nenhuma canção.

Apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

A primeira performance na televisão foi durante os Prêmios Juventud 2015, quando a cantora encerrou a premiação cantando o primeiro single do álbum, "Rumba" ao lado do cantor porto-riquenho Wisin.[125] A segunda performance na televisão ocorreu um ano depois, também durante os Premios Juventud 2016, quando a cantora apresentou o quarto single do álbum, intitulado "Amnesia".[126]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Versão padrão[127][128][129]
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Están Ahí"  
  • Ximena Muñoz
  • Julio Reyes-Rosas
  • Andres Torres
  • Ettore Grenci
  • Adrian Trujillo
3:28
2. "Juntos En La Obscuridad"  
  • Claudia Brant
  • Alex Cantrall
  • Jeff Hoeppner
Grenci 3:29
3. "Temblando"  David SummersGrenci 3:31
4. "Siempre Tú"  
Sebastian Jacome 3:32
5. "Me Despido"  
  • Edgar Barrera
  • Andrés Castro
  • Mónica Vélez
Andres Torres 2:59
6. "Arena y Sol" (feat. Gente de Zona)
  • Jovany Barreto
  • Luis Salazar
  • Alexander Delgado
  • Jesus Herrera
  • Randy Martinez
  • Paolo Tondo
  • Tat Tong
  • Jesus Herrera
  • Jovany Barreto
  • Luis Salazar
3:26
7. "Rumba" (feat. Wisin)
  • Juan Morera
  • Sara Lacombe
3:15
8. "Boom Cha" (feat. Zuzuka Poderosa)
  • Puente
  • Alfio Antico
  • Brant
  • Cassiano Juliano
  • David Quinones
  • Reyes-Rosas
  • Urales Vargas
  • DJ Buddha
  • DJ Kassiano
3:39
9. "Amnesia"  Torres 3:27
10. "La Puerta De Alcalá" (feat. David Bustamante)
  • Miguel Angel Campos
  • Bernardo Fuster
  • Luis Mendo Munoz
  • Francisco Villar
  • Grenci
  • Trujillo
3:44
11. "Eres" (feat. Julión Álvarez)
  • Puente
  • Barreto
  • Salazar
  • Tondo
  • Tong
  • Mariana Vega
  • Barreto
  • Salazar
  • Swaggernautz
3:40
12. "Inesperado"  
  • Brant
  • Rafael Esparza-Ruiz
  • Grenci
  • Torres
  • Mauricio Rengifo
3:41
Duração total:
41:51

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

País Chart Lista Melhor
posição
2016
 México AMPROFON Top 20 Álbuns Espanhol[130] 3
Top 100 Álbuns[131][132] 4
 Estados Unidos Billboard Latin Pop Albums[133] 6
Top Latin Albums[60] 17
 Brasil Pro-Música Brasil Top CD[134] 1
Billboard Brazil Albums[135] 1
Flag of Spain.svg Espanha PROMUSICAE Top 100 Álbuns[136][137] 77

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora
 México 3 de junho de 2016 CD, Download digital Universal Music
 Colômbia 18 de junho de 2016
 Brasil 24 de junho de 2016
Flag of Spain.svg Espanha 14 de agosto de 2016
 Peru 1 de outubro de 2016
 Chile
Equador 18 de outubro de 2016

Referências

  1. a b c Torres, Leonardo. «Anahí trabalha em novo álbum com produtor da Thalía e arranjador da Lady Gaga». Popline (em Portugués). Consultado em 10 de Novembro de 2011. Arquivado do original em 23 de outubro de 2016 
  2. «Anahí lança álbum Inesperado; ouca». billboard.com.br. Consultado em 5 de junho de 2016. Arquivado do original em 4 de junho de 2016 
  3. «ANAHÍ, NEW STUDIO ALBUM AND TOUR IN 2016?» (em inglês). Media Mass. Consultado em 18 de novembro de 2015 
  4. «Anahí adia o álbum "Amnesia" para 2016». Teen Stars. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  5. «Anahí lançará novo disco, Amnesia em Fevereiro». Latin Pop Brasil. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  6. «Ex-RBD Anahi adia para fevereiro de 2016 o lançamento de seu novo álbum, "Amnésia"». Pure Break. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  7. Avilés, Cecilia. «ANAHÍ PRESENTARÁ SU DISCO ESTA SEMANA». Eme de mujer. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  8. «Bustamante: "El público latino es apasionado y fiel"». Notimérica. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  9. «Rumba" marca el regreso de Anahí». Revista Central. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  10. «Anahí lanza "Boomcha" el 11 de diciembre». Revista Central. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  11. «VIDEO: Anahí presenta "Boomcha"». Revista Central. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  12. «Anahí filma video con Julión Álvarez». Revista Central. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  13. «¿Ya viste el videoclip de Anahí con Julión Álvarez?». Revista Central. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  14. «¡Terminó la espera! Anahí lanza el vídeo de su tema 'Amnesia' y luce espectacular». Es mi TV. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  15. «Anahí Lanza Video Musical Para, 'Amnesia'». Mega 96.3. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  16. «ANAHÍ LANZA SU NUEVO VIDEOCLIP». HTV. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  17. E! Latin News. «Anahi y Flo Rida se preparan para hacer historia…». Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  18. People en Español. «Anahí aplaza lanzamiento de su nuevo disco». Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  19. «Luz verde para Universal Music: podrá comprar EMI por US$ 1900 millones». Apertura. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  20. «Universal compra EMI, pero sin Coldplay, David Guetta o Kylie Minogue». Europa Press. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  21. Sexenio. «Anahí y sus próximos estrenos». Consultado em 10 de Novembro de 2011. Arquivado do original em 7 de maio de 2013 
  22. Torres, Leonardo. «Anahí posa para a revista Caras e descarta planos para CD novo: "no momento, não"». Popline (em Portugués). Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  23. «¿Se retira? Anahí diría adiós a 28 años de trayectoria». TV Notas. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  24. «Anahí no dejará su carrera luego de casarse». Terra. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  25. «Manuel Velasco afirma que Anahí no dejará su carrera tras convertirse en su esposa». Hola México. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  26. «Anahí confeso lo que ocurrirá con su carrera». Univisión. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  27. «¡Anahí está de regreso en los escenarios!». Caras México. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  28. «Anahí, ex integrante de RBD, anuncia la fecha de lanzamiento de su nuevo gran trabajo». Tele13. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  29. Hosken, Pedro. «"De Frente com Gloss": Anahí (Español)». HugoGloss.com. Consultado em 10 de Novembro de 2011. Arquivado do original em 13 de abril de 2016 
  30. «Anahí divulga capa e data de lançamento de novo álbum, Inesperado». E! online (em Portugués). Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  31. Garza, Aracely. «Anahí lanza su primer sencillo tras su boda con Manuel Velasco». Quien. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  32. «¡La política no es impedimento! Anahí graba su nuevo disco». El Debate. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  33. «Anahí enloquece con regreso a estudios de grabación». El Informador. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  34. Poza, Javier. «Anahí podría estar grabando nuevo disco.». Radio Fórmula. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  35. «ANAHÍ ENTRA AL ESTUDIO DE GRABACIÓN: SU REGRESO ES UN HECHO». Zeleb. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  36. «Anahi trabaja en su nuevo disco». El nuevo diario. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  37. a b «Creador de éxitos». El Mañana. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  38. «GENTE DE ZONA LO CONFESÓ, ¡HICIMOS UN FEAT. CON UN EX RBD!». Ritmoson. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  39. Avilés, Cecilia. «ANAHÍ SE UNE A GENTE DE ZONA». Eme de mujer. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  40. Torres, Leonardo. «Anahí adia lançamento do álbum novo para fevereiro». Popline (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 14 de outubro de 2016 
  41. Torres, Leonardo. «Álbum novo a caminho: Anahí libera prévia de músicas no Instagram». Popline (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 12 de outubro de 2016 
  42. Hosken, Pedro. «"De Frente com Gloss": Anahí (Español)». HugoGloss.com. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 13 de abril de 2016 
  43. «Gloria Trevi composed two songs for Anahí's new album». www.dailymotion.com [ligação inativa]
  44. a b «Anahi Boom Cha». Allmusic (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  45. a b «Claudia Brant Tweet». Twitter. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  46. a b «Anahí Tweet». Twitter. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  47. a b «Zuzuka Poderosa Tweet». Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  48. Gloss, Hugo. «De Frente com Gloss: Anahí». Hugo Gloss (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 8 de dezembro de 2015 
  49. «Anahí lanza "Eres", nuevo sencillo escrito con Mariana Vega». Desde Oriente. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  50. «theswaggernautz photo». Instagram. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  51. «THE SWAGGERNAUTZ». Instagram. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  52. «Anahí regressa ao showbiz com Inesperado». jconline.ne10.uol.com.br 
  53. «Novo CD de Anahi traz inesperado dueto com David Bustamante». www.latinpopbrasil.com.br 
  54. «Anahi vende quatro vezes mais do que Justin Bieber no Brasil». Latin Pop Brasil (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  55. «Anahí tem feito inédito no iTunes Brasil, leia!» (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 26 de maio de 2016 
  56. «Anahi, ex-RBD, domina o top 5 do iTunes Brasil com músicas do álbum "Inesperado"». Pure Break (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  57. «Anahí Status Twitter». Twitter. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  58. «Anahí es número 1 en los charts con su nuevo disco 'Inesperado'». Univisión. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  59. «Latin Pop Albums Charts History». Billboard (em inglês). Consultado em 14 de junho de 2016 
  60. a b «Top Latin Albumes Charts History». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  61. a b c d e Moreno, Adriano. «Analizamos Inesperado, el nuevo álbum de Anahí». 40 Principales. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  62. «Anahí explica su regreso a la música después de una larga ausencia: 'Iba en un tren sin frenos'». Hola USA. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  63. «La ex RBD Anahí, lanza su disco 'Inesperado'». Teleprograma. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  64. a b c d e Gomes, Robson. «Anahí regressa ao showbiz com Inesperado». Jornal do Commercio (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  65. Roiz, Jessica Lucia. «Premios Juventud 2016 Nominees: Nicky Jam, Maite Perroni, More Stars Nab Nods; Plus Full List». Latin Times (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  66. «ANAHÍ REÚNE FÃS PARA ESCOLHER NOVO SINGLE». www.sonora20.com.br. Consultado em 21 de maio de 2016. Arquivado do original em 16 de junho de 2016 
  67. «Anahí anuncia lançamento do álbum "Amnesia" para junho». portalpopline.virgula.uol.com.br. Consultado em 21 de maio de 2016. Arquivado do original em 27 de abril de 2016 
  68. a b González, Moisés. «Anahí anuncia lanzamiento de su nuevo disco y avanza su cuarto sencillo (VIDEO)». People en Español. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  69. «Anahí luce super hot en su nuevo video». Quien. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  70. González, Moisés. «Anahí presenta a sus fans su "Inesperado" bebé». People en Español. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  71. «Anahí revela capa, título e data de lançamento do novo álbum». Boa Informacao (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 2 de junho de 2016 
  72. «Con esta sensual foto Anahí celebra el lanzamiento de su nuevo álbum Inesperado». HSB Noticias. 19 de maio de 2016. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  73. «Anahí presume portada de su nuevo disco y graba videoclip». Diario de Campeche. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 23 de junho de 2016 
  74. a b «Anahí presume portada de su nuevo disco y graba videoclip». Diario Rotativo. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  75. «Anahí presume su nuevo disco con espectacular figura». Terra. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  76. Faia, Amanda. «Aprenda a cantar "Rumba", novo single da Anahí». Popline (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  77. Torres, Leonardo. «Anahí define data do início das vendas de "Rumba" no iTunes». Popline (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  78. «Artist - Anahi». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  79. «Top pop (más tocadas)». Monitor Latino. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  80. «Top 20 pop». Monitor Latino. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  81. «Mexico Español Airplay». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  82. «Top 100 Nacional General». Airplay Ecuador. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  83. «Top 40 Latino». Record Report. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  84. «Anahí regresa con su canción 'Rumba' en los Premios Juventud». Estereofónica. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  85. «ANAHÍ REGRESA CON TODA SU RUMBA A LOS ESCENARIOS». Zeleb. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  86. Torres, Leonardo. «Fotos: Anahí ensaia com dançarinos para primeira performance do single "Rumba"». Popline (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  87. Toral, Alejandra. «VIDEO: Anahí marca regreso triunfal en los Premios Juventud». Quien. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  88. «Anahí regresó a los escenarios». Telehit. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  89. «Anahí comienza la cuenta regresiva para el video de Rumba». Caras México. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  90. «Anahí Status Twitter». Twitter. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  91. «VIDEO: 'Rumba' de Anahí llega al número uno a horas de su estreno». Quien. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  92. «¡ANAHÍ ARRASA CON NUEVO VIDEO 'RUMBA'!». Televisa Espectáculos. 28 de agosto de 2015. Consultado em 29 de agosto de 2015 
  93. «Anahí estrena el video de Rumba». TVyNovelas. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 25 de outubro de 2015 
  94. «Anahí graba videoclip de "Boomcha"». Diario Rotativo. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  95. «Anahí lanza "Boomcha" el 11 de diciembre». Revista Central. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  96. «ANAHÍ DA ADELANTO DE SU BOOMCHA». Revista Cosas. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  97. «TE CONTAMOS TODO SOBRE EL NUEVO VIDEO DE ANAHÍ». Ritmoson Latino. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  98. «ANAHÍ ESTRENA VIDEO "BOOM CHA"». Diario Basta. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 22 de dezembro de 2015 
  99. Durante, Diego Augusto. «ANAHÍ ESTÁ A TODO VAPOR COM A DIVULGAÇÃO DE NOVOS MATERIAIS.». Extra Pop (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 10 de dezembro de 2015 
  100. «¡ANAHÍ estrena su vídeo de BOOM CHA desplazando a ADELE del puesto uno!». Ernesto Ardonez. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 22 de dezembro de 2015 
  101. Torres, Leonardo. «Anahí alcança topo do iTunes Brasil com lançamento oficial de "Boom Cha"». Popline (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  102. «¡CONFIRMADO! ANAHÍ NOS TENDRÁ SORPRESA A PRINCIPIOS DE 2016». Televisa Espectáculos. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  103. «¡Anahí está lista para el estreno de "Boom Cha"!». Univisión. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  104. «Top pop Venezuela». Monitor Latino. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  105. «ANAHÍ PREPARA EL LANZAMIENTO DE SU PRÓXIMA CANCIÓN». Tiempo. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  106. «Anahí: ex RBD lanzó el videoclip de la balada 'Eres'». La Prensa. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  107. «Anahi Eres». Allmusic (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  108. «Anahí estrena el single "Eres"». Venevisión. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 11 de abril de 2016 
  109. «AnahÍ Estrena Videoclip Al Lado De Julión Álvarez: Ex RBD Lanza Sencillo "Eres" Filmado [VIDEO]». Latinos Post. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  110. «"Eres" de Anahí y Julión Álvarez, en primeros lugares de Latinoamérica». Grupo Fórmula. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  111. Torres, Leonardo. «Anahí alcança topo do iTunes brasileiro com lançamento de "Eres"». Popline (em Portugués). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  112. «Anahí lanzó Eres el nuevo sencillo del disco Amnesia». Farándula. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  113. González, Moisés. «Anahí filma videoclip de su nuevo tema musical junto a Julión Álvarez (FOTOS Y VIDEO)». People en Español. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  114. González, Moisés. «Anahí estrena videoclip de su sencillo "Eres" junto a Julión Álvarez (VIDEO)». People en Español. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  115. Morón, Alejandra. «¡Anahí está de estreno!». Caras México. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  116. Rivera, Nayeli. «"TU TRISTEZA", "TODO O NADA" Y "WORK", LAS CANCIONES CALIENTES DE MÉXICO». Monitor Latino. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  117. «Top pop México». Monitor Latino. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  118. «Twitter Top Tracks Anahí Charts History». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  119. Torres, Leonardo. «Ouça "Amnesia", single novo da Anahí». Popline. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 28 de maio de 2016 
  120. «Anahí presume portada de su nuevo disco y graba videoclip». Zona Franca. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  121. «Anahí llevará su "Amnesia" a Premios Juventud». El Nacional. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 4 de junho de 2016 
  122. «Anahí ha evolucionado de 'cute girl' a 'super woman'». Univisión. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  123. «Anahí estrenará "Amnesia" en Premios Juventud 2016». Publimetro. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  124. «ALEX HOYER, ADELE Y BANDA LOS SEBASTIANES LO MÁS "HOT" EN MÉXICO¡». Monitor Latino. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  125. «De barriga de fora, Anahí volta aos palcos em Miami». revistaquem.globo.com 
  126. «Anahí apresenta "Amnesia" no palco do Premios Juventud 2016». portalpopline.virgula.uol.com.br. Consultado em 15 de julho de 2016. Arquivado do original em 17 de julho de 2016 
  127. «Inesperado Anahí». iTunes Store. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  128. «Anahí "Inesperado" Available on iTunes!». www.josepvinaixa.com. Consultado em 18 de junho de 2016. Arquivado do original em 12 de agosto de 2016 
  129. «Anahi - Inesperado (All Music)». www.allmusic.com 
  130. «Top 20 Español». AMPROFON. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  131. «Top 100 Álbumes». AMPROFON. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  132. «Amprofon Oficial Twitter». AMPROFON. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  133. «Latin Pop Albums Charts History». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  134. «Top CD». ABPD (em Portugués). 13 de junho de 2016. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  135. «Top Brazil Albumes Charts». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  136. «Top 100 Álbumes - PROMUSICAE». El portal de la música. Consultado em 31 de dezembro de 2013 
  137. «Top 100 Álbumes». PROMUSICAE. Consultado em 31 de dezembro de 2013