Infamia (tenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Infamia
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Criador(es) Alfonso Cremata
Salvador Ugarte
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Manolo García
Produtor(es) Fernando Chacón
Elenco ver
Exibição
Emissora de televisão original México Canal de las Estrellas
Transmissão original 3 de agosto de 1981 - 1982
Cronologia
Lo que el cielo no perdona

Infamia foi uma telenovela produzida por Fernando Chacón para a Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas em 1981.[1]

Foi protagonizada por Susana Dosamantes e Julio Alemán e antagonizada por Hilda Aguirre.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Lidia Santana é uma mulher casada com um homem rico e mais velho que ela, David Montalvo. Ambos tem um filho, Tony. No entanto, Lidia não é feliz pois David é um homem frio e unicamente se casou com ele por despeito, já que o grande amor de sua vida, Víctor Andreu, a abandonou em sua juventude. Um dia, enquanto Lidia está comprando o presente de aniversario de casamento para seu marido, se encontra com Víctor. Ambos se surpreendem ao se encontrarem depois de tantos anos. Víctor nunca deixou de amar a Lidia, pensa muito nela apesar de estar casado com uma mulher doce e carinhosa, Alma, com quem tem uma filha, Lolita. Dias depois David quem não regressou a casa a noite de seu aniversario, decide organizar una festa para celebrá-lo, ainda que tenham passado dias. Lidia e Víctor se encontram nessa festa, conversam e descobrem que jamais haviam deixado de se amarem. No entanto, entre eles se colocará Sandra Morgado, una mulher frívola e inescrupulosa que se diz amiga de Alma, mas sempre esteve apaixonada por Víctor, e utilizará a Lidia para destruir o matrimonio de Víctor e logo após tirar Lidia do caminho para finalmente ficar com Víctor.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Infamia, telenovela». Univisión. Consultado em 31 de dezembro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]