Infante de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Infante de Portugal
Infante de Portugal
Armas dos Infantes de Portugal
Pariato Reino de Portugal Portugal
Criação Afonso Henriques
1143
Ordem Nobreza hereditária
Tipo Hereditário
1.º Titular Henrique Afonso (1143)
Linhagem Casa de Borgonha
Casa de Avis
Casa de Bragança
Actual Titular Consultar lista

Infante de Portugal (no feminino: Infanta), é um título real historicamente concedido aos herdeiros indiretos de monarcas portugueses. O título "Infante" foi também concedido por decreto, a algumas personalidades que apenas estavam ligadas por laço de parentesco de 2.º ou 3.º grau a um monarca.

Até ao reinado de D. João I o título era concedido a todos os filhos legítimos do monarca, inclusive ao herdeiro da Coroa. A partir o daí o herdeiro da coroa passou a diferenciar-se dos irmãos, sendo-lhe atribuído um título especial, o de Príncipe. A partir do reinado de D. João IV a filha mais velha do Rei também passa a ter um título especial, o de Princesa da Beira, que recebia mesmo que não fosse herdeira da Coroa. A partir do reinado de D. João V as filhas mais velhas dos monarcas, caso não fossem herdeiras do trono, voltaram a receber o simples título de Infantas.

Os Infantes de Portugal têm apenas o tratamento de Sua Alteza (S.A.), em comparação com os Príncipes reais que são tratados por Sua Alteza Real (S.A.R.).

Estilos dos Infantes de Portugal[editar | editar código-fonte]

  • Filhos do Soberano com título de nobreza: Sua Alteza, o Infante (nome), Duque de (local). (sendo "local" a designação territorial de seu título de nobreza sênior). Como, por exemplo: Sua Alteza, o Infante Augusto, Duque de Coimbra.
  • Filhos do Soberano sem título de nobreza: Sua Alteza, o Infante (nome) de Portugal. Como, por exemplo: Sua Alteza, o Infante Fernando de Portugal.
  • Netos em linhagem masculina do Soberano com título de nobreza: Sua Alteza, o Infante (nome), Duque de (local)
  • Netos em linha masculina do Soberano sem título de nobreza: Sua Alteza, o Infante (nome) de (local). (sendo "local" a designação territorial do título de nobreza sênior de seu pai). Como, por exemplo: Sua Alteza, a Infanta Isabel de Viseu.
  • Bisnetos do Soberano em linha masculina sem título de nobreza: Sua Alteza, o Infante (nome) de (nome da dinastia).

Dinastia de Borgonha[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Afonso Henriques[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Sancho I[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Afonso II[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Afonso III[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Dinis I[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Afonso IV[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Pedro I[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Fernando I[editar | editar código-fonte]

  • Pedro de Portugal
  • Afonso de Portugal
  • D. Beatriz (depois Rainha de Castela que, ainda posteriormente, reivindicou ser Rainha de Castela e de Leão e de Portugal)

Dinastia de Avis[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. João I[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Duarte I[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Afonso V[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. João II[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Manuel I[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. João III[editar | editar código-fonte]

Filhos do Príncipe D. João Manuel[editar | editar código-fonte]

Filhos do D. António I[editar | editar código-fonte]

  • Filipa de Portugal
  • Luísa de Portugal
  • Afonso de Portugal
  • Manuel de Portugal (Príncipe herdeiro)
  • Cristóvão de Portugal
  • Pedro de Portugal
  • Dinis de Portugal
  • Violante de Portugal
  • Antónia de Portugal
  • João de Portugal

Dinastia de Habsburgo[editar | editar código-fonte]

Filhos de Filipe I[editar | editar código-fonte]

Filhos de Filipe II[editar | editar código-fonte]

Filhos de Filipe III[editar | editar código-fonte]

Dinastia de Bragança[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. João IV[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Pedro II[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. João V[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. José I[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Maria I[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. João VI[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Pedro IV[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Maria II[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Luís I[editar | editar código-fonte]

  • D. Carlos (Príncipe Real, depois Rei)
  • D. Afonso de Bragança (Príncipe Real provisório, depois do assassinato de D. Carlos I e do Príncipe D. Luís Filipe, depois Duque do Porto)

Filhos de D. Carlos I[editar | editar código-fonte]

  • D. Luís Filipe (Príncipe da Beira e, depois, Príncipe Real)
  • D. Maria Ana (morreu menina)
  • D. Manuel (depois Rei)
  • D. Maria Pia (alegadamente; bastarda, reivindicou-se Duquesa de Bragança)

Reivindicações pós-Monarquia[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Miguel I[editar | editar código-fonte]

Nascidas durante o período de regência de D. Miguel I:

Nascidos já no exílio de D. Miguel I:

Filhos de D. Miguel Januário[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Duarte Nuno[editar | editar código-fonte]

Filhos de D. Duarte Pio[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre títulos de nobreza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.