Infinito Particular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Infinito Particular
Álbum de estúdio de Marisa Monte
Lançamento 10 de março de 2006
Gravação 3 de outubro de 2005 a 9 de janeiro de 2006 (Rio de Janeiro)
Gênero(s) MPB/Pop
Gravadora(s) Phonomotor Records/EMI
Produção Alê Siqueira, Leonardo Netto e Marisa Monte
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Marisa Monte
Tribalistas
(2002)
Universo ao Meu Redor
(2006)
Singles de Infinito Particular
  1. "Vilarejo"
    Lançamento: 2006
  2. "Pra Ser Sincero"
    Lançamento: 2006
  3. "Infinito Particular"
  4. "Até Parece"

Infinito Particular é setimo álbum de estúdio da cantora brasileira Marisa Monte, é o primeiro totalmente autoral todas do álbum foram escrita por Marisa com outros autores. O álbum debutou na primeira posição dos discos mais vendidos no Brasil, se tornando o sétimo álbum consecutivo de Monte a alcançar essa posição na parada musical.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Foi lançado em 2006, simultamente com CD Universo ao Meu Redor. Vendeu 250 mil no Brasil, sendo certificado de duas vezes platina. Ganhou vários prêmios incluindo: Prêmio TIM de Música na categorias Melhor Cantora Pop e Melhor Cantora Voto Popular . Em 2009, o disco foi eleito pelo site da MTV Brasil, como quadragésimo sexto dos Os 55 Melhores Discos Pop Nacionais, lançando 1998 a 2008.[1]

Para promover tanto este álbum quanto Universo ao Meu Redor, lançado simultaneamente, Marisa embarcou na tournê Universo Particular Tour 2006/2007, que rendeu o CD+DVD Infinito ao Meu Redor.

O álbum é composto de músicas inéditas compostas por Marisa e parceiros alguns anos antes do álbum ser lançado. De acordo com a mesma, havia vários cadernos com letras que ela nunca havia gravado e publicado em CD, então as aproveitou. "Gerânio" foi escrita por uma prima de Marisa, para quem foi enviada por carta em 1991. Originalmente Marisa, que na época namorava Nando Reis, não quis grava-la, mas Nando acabou dando uma revisada na canção e a fez mais autobiográfica, com Marisa desde o primeiro momento adorando a letra.

Infinito Particular é por ora o único disco completamente autoral de Marisa, visto que ela participa da autoria de todas as letras do disco.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Infinito Particular
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Infinito Particular"   Arnaldo Antunes/Carlinhos Brown/Marisa Monte 4:09
2. "Vilarejo"   Antunes/Brown/Monte/Pedro Baby 3:27
3. "Pra Ser Sincero"   Brown/Monte 2:54
4. "Levante"   Antunes/Brown/Monte/Seu Jorge 2:30
5. "Aquela"   Monte/Leonardo Reis 2:49
6. "A Primeira Pedra"   Antunes/Brown/Monte 2:53
7. "O Rio"   Antunes/Brown/Monte/Seu Jorge 2:38
8. "Gerânio"   Monte/Nando Reis/Jennifer Gomes 2:49
9. "Quem Foi"   Monte/Marcelo Yuka 2:38
10. "Pernambucobucolismo"   Monte/Rodrigo Campelo 2:53
11. "Aconteceu"   Monte/Antunes 3:05
12. "Até Parece"   Antunes/Brown/Monte/Dadi 2:22
13. "Pelo Tempo que Durar"   Adriana Calcanhotto/Monte 3:27

Participações em Trilhas Sonoras[editar | editar código-fonte]

Desempenho nas Paradas[editar | editar código-fonte]

Paradas Melhor
posição
Certificação Vendagem
 Brasil - Parada de CDs 1 2× Platina 300,000 mil

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://mtv.uol.com.br/bis/blog/os-55-melhores-discos-pop-nacionais
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Marisa Monte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.