Infrutescência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde setembro de 2017). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O figo é uma infrutescência.

Assim como os frutos são resultado da fecundação das flores, as infrutescências (um cacho de uvas, por exemplo) são, a rigor, o resultado da fecundação de flores de uma inflorescência. Entretanto, um uso mais corrente do termo "infrutescência" é associado a conjuntos compactos de frutos, onde cada fruto situa-se contíguo ou aderido ao outro, de forma que o conjunto se assemelhe a um grande fruto. Apesar da aparência externa coesa, essas infrutescências podem ser reconhecidas pela sua estrutura interna, apresentando um eixo central ao longo de todo o seu comprimento, com os frutos (semelhantes a "gomos") inseridos neste.

Infrutescência da palmeira Phoenix canariensis

Algumas infrutescências são conhecidas popularmente e vendidas como frutas, a exemplo do abacaxi e da jaca; mas os verdadeiros frutos são os pequenos gomos encontrados nestas estruturas.

Infrutescências não devem ser confundidas com frutos agregados: a infrutescência é um conjunto de frutos pequenos originados de várias flores separadas; os frutos agregados (como a fruta-do-conde e a framboesa) originam-se de uma única flor, cujo ovário é formado por diversos carpelos livres ou ligeiramente aderidos entre si.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete infrutescência.
Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.