Inocentes de Belford Roxo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Inocentes de Belford Roxo
Bandeira do GRES Inocentes de Belford Roxo.png
Fundação 11 de julho de 1993 (25 anos) [1]
Escola-madrinha Império Serrano [1]
Cores

Azul

Branco

Vermelho

Símbolo Pomba branca e dois corações [1]
Bairro Parque São Vicente
[1]
Presidente Reginaldo Gomes [2]
Presidente de honra Rodrigo Gomes
Carnavalesco Marcus Ferreira [2]
Intérprete oficial Nino do Milênio [3]
Diretor de carnaval Luiz Carlos Amâncio [2]
Diretor de harmonia Marcio Pimenta
Tarzan Egito
Luiz Carlos Amâncio[4]
Diretor de bateria Mestre Washington Paz [2]
Rainha da bateria Thainá Oliveira
Mestre-sala e porta-bandeira Peixinho e Jaçanã Ribeiro [2]
Coreógrafo Patrick Carvalho[4]
Desfile de 2019
Enredo O Frasco do Bandoleiro.
Site oficial
https://www.facebook.com/inocentes.original

Grêmio Recreativo Escola de Samba Inocentes de Belford Roxo (ou simplesmente Inocentes de Belford Roxo) é uma escola de samba brasileira da cidade fluminense de Belford Roxo, que participa do Carnaval do Rio de Janeiro. Foi fundada no dia 11 de julho de 1993, sendo sediada no bairro Parque São Vicente, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.[5]

História[editar | editar código-fonte]

A Inocentes de Belford Roxo desfilou desde a sua fundação no carnaval carioca e seu primeiro desfile foi em 1994 com o enredo "Alô alô carnaval, taí Carmem Miranda".[1] Seu primeiro campeonato veio pelo Grupo de acesso C em 1998. No ano seguinte, a Inocentes foi a vice-campeã do Grupo de acesso B, com o enredo Viva a Baixada, longos passos do progresso rumo ao Terceiro Milênio. Em 2000, homenageou a cidade de Petrópolis na sua estreia pelo Grupo de acesso A, com o enredo Petrópolis, roxo de amor por você. A escola ficou na quinta colocação. Seu presidente na época era Reginaldo Gomes.

No carnaval de 2001 contou na avenida a história da Região dos Lagos. Porém a escola, devido a dificuldades financeiras, não conseguiu realizar o mesmo feito de 2000, amargando a penúltima colocação, e o consequente o rebaixamento. Logo após o rebaixamento, foi vendida pro político Iranildo Campos e indo para São João de Meriti mudando de nome para Inocentes da Baixada. Consegue um vice-campeonato no Grupo B, com o enredo É carnaval, é tititi, é São João, é Meriti. O pós-carnaval foi recheado de polêmicas, quando um dirigente da escola afirmou num programa de rádio que "era um absurdo a Inocentes ter pago pra subir em primeiro e subir em segundo".

Em 2003 terminou na 6º colocação com o enredo O gênio da Inocentes e a lâmpada maravilhosa, no ano seguinte, termina na 10° colocação, entre as quatro rebaixadas para o Grupo de Acesso B, com o enredo sobre Jogos Pan-americanos, depois disso a escola retornou para sua cidade natal, Belford Roxo e com a volta de Reginaldo Gomes, a agremiação volta a ter seu nome de batismo. Desfilando pelo grupo B com o enredo: O Ouro do Lixo - De Onde Vai, Para Onde Vem, Reciclando Com Pé No Futuro, conseguindo a quinta colocação.

No ano seguinte, reedita o sucesso da madrinha Império Serrano: Lenda das sereias rainha do mar de 1976, e obtendo a terceira colocação. No ano de 2007, com o enredo Chatô, a fanfarra do homem sério mais engraçado do Brasil, de Wagner Gonçalves, leva para a avenida o lado irreverente de Chatô. Neste ano a Inocentes levou o vice-campeonato.

Já em 2008, após a saída de Wagner Gonçalves, que foi para a Cubango, a escola traz o enredo: Ewe, a Cura Vem da Floresta, de Jorge Caribé,[6] conquistando o Grupo de acesso B e garantindo assim a ascensão ao Grupo de acesso A em 2009.

Para o carnaval 2009, a escola belforroxense trouxe como puxador o consagrado Dominguinhos do Estácio,[7] e como carnavalesco, Fran-Sérgio da comissão campeã da Beija-Flor,[8] que estreia carreira solo, substituindo Roberto Szaniecki. Homenageou Leonel Brizola com o enredo Do Rio Grande do Sul ao Rio de Janeiro, a Inocentes canta Brizola, a voz do povo brasileiro ficando em 9º lugar (penúltima colocação) com 235,9 pontos, permanecendo, porém, no Grupo de Acesso. Embora a LESGA tenha decidido não rebaixar nenhuma escola para o Grupo Rio de Janeiro 1, da AESCRJ, a Inocentes não cairia, já que o regulamento da instituição previa o rebaixamento, apenas, da última colocada, a Caprichosos de Pilares, que somou 235,3 pontos amargando a última colocação. Decidiu, assim a LESGA em virtude da crise mundial que atrapalhou a preparação das agremiações e também, do atraso nos repasses das subvenções prometidas pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

Em 2010 falando sobre Água[9][10] conseguiu um surpreendente vice-campeonato perdendo só para campeã São Clemente, o que gerou a desconfiança de pessoas de outras escolas, pelo fato de a escola ser presidida pelo presidente da LESGA.

Para 2011, a Inocentes apostará num enredo sobre a banda paulista Mamonas Assassinas, do carnavalesco Cristiano Bara.[11] além disso trouxe Celino Dias como intérprete principal,[12] colocou Mestre Washington como diretor de bateria.[13] Seu samba foi escolhido no mês de outubro, com uma fusão entre as obras de duas entre as quatro parcerias finalistas.[14] além de ter como rainha de bateria, a inspetora da Polícia civil Isabella Picanço,[15] que viria a ser princesa do carnaval desse ano. mas com um desfile ruim, conseguiu ficar no grupo, terminando na 8º colocação.[16][17]

Para o carnaval 2012, a escola trouxe de volta o carnavalesco Wagner Gonçalves,[18] que traz um enredo sobre a cidade de Corumbá. Além disso, trouxe Thiago Brito, que estava na Caprichosos de Pilares, para ser seu novo intérprete[19] e como rainha de bateria Luciana Picorelli. A escola fez um desfile correto, sem empolgar, mais para ganhar o carnaval; o que conseguiu,[20] mas causando polêmica por ter sido apontada como campeã três meses antes do carnaval.[21][22]

Para 2013, na sua estreia no Especial, a escola renovou com o carnavalesco Wagner Gonçalves e trouxe o um dos melhores casais de mestre-sala e porta-bandeira do carnaval: Rogerinho e Lucinha Nobre.[23][24] e do experiente Wantuir, dividindo a função de intérprete, com Thiago Brito.[25] e Mestre Celinho, que comanda a bateria, junto com Mestre Washigton.[26] tendo a frente, Lucilene Caetano. em seu ano de estreia na Divisão Principal das escolas de samba, a escola não logrou êxito em sua manutenção no grupo principal,[27][28][29] sendo rebaixada, tendo em 2014 novamente disputar a série A do Carnaval carioca. A agremiação ficou na última colocação dentre as participantes de 2013, com a média de 291.1 pontos, sendo 2,4 atrás da penúltima colocada Mocidade Independente.

Na sua volta ao Acesso (agora Série A), manteve a espinha dorsal quando esteve no Especial, só mudando de intérprete e casal de mestre-sala e porta-bandeira, que após o descenso, saíram da escola, optando por David Sabiá e Fernanda Love,[30] como novo casal. Para comandar seu carro de som a escola tinha optado inicialmente por David do Pandeiro[31][32] mas este acabou trocado por Ciganerey.[33] além de Laíla, como seu consultor de carnaval.[34] No concurso de samba-enredo, após a inscrição de dezenas de parcerias, houve uma inesperada fusão das parcerias de Altamiro com Abílio Mestre-Sala.[35] Fazendo um desfile técnico, terminou na 10º colocação.

Depois do carnaval, Reginaldo Gomes saiu do comando da agremiação, assumindo seu filho Rodrigo Gomes.[36] com mais uma homenagem dessa vez a Nelson Sargento, que será desenvolvido pela dupla Márcio Puluker e Walter Guilherme.[37]

Para 2016 a Caçulinha da Baixada prestou mais uma homenagem, desta vez ao cineasta Cacá Diegues, e com um desfile bem abaixo do esperado, terminou em nono lugar. Já no desfile de 2017, Wagner Gonçalves retorna como carnavalesco e além de apostar na prata da casa, a ex-rainha do carnaval Letícia Guimarães para abrilhantar a escola como a rainha de bateria, comandada pelo Mestre Washington Paz. Com o enredo sobre os vilões, a Inocentes repete o nono lugar.

Em 2018, a Inocentes levará para a avenida a história do município de Magé através do enredo "Moju, Magé, Mojubá - Sinfonias e Batuques". Diferente dos anos anteriores, a escola encomendou sua obra aos renomados compositores Cláudio Russo e André Diniz. Em seu carro de som, promoverá a estreia de Ricardinho Guimarães, que substitui Nino do Milênio, que migrou para o Tuiuti. Mais tarde, Ricardinho ganha a companhia do experiente Anderson Paz, recém saído da Porto da Pedra.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Armando Penelis 1994-1997 [38]
Reginaldo Gomes 1998-2001 [38]
Iranildo Campos 2002-2004 [38]
Reginaldo Gomes 2005 - Março de 2014 [38]
Rodrigo Gomes Março de 2014 - Junho de 2015 [36]
Reginaldo Gomes Julho de 2015-atual [2]

Presidentes de honra[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Maria Lúcia (in memoriam) ? - 2015 [1]
Rodrigo Gomes Junho de 2015 - atual [39]

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Carnavais Intérprete oficial Referências
1994–1999 Jackson Martins [40][41][42]
2000 Pixulé [43]
2001–2002 Tem-Tem Sampaio [44]
2003–2004 Bruno Ribas [45]
2005–2008 Tem-Tem Sampaio [44]
2009 Dominguinhos do Estácio [46]
2010 Nino do Milênio [47]
2011 Celino Dias [48]
2012 Thiago Brito [49]
2013 Thiago Brito e Wantuir [49][50]
2014 Ciganerey [51]
2015–2017 Nino do Milênio [47][2]
2018 Ricardinho Guimarães e Anderson Paz [52]
2019– Nino do Milênio [53]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor Geral de Harmonia Mestre de Bateria Ref.
2014 Waldir Gomes Saulo Tinoco Washington Paz [54]
2015 Marcelo Varanda Greg Tavares Washington Paz [55]
2016 Greg Tavares Greg Tavares Washington Paz [55]
2017 Saulo Tinoco Maurício Carim e Marcos Aurélio Jansen Washington Paz [2]
2018 Saulo Tinoco Maurício Carim, Marco Aurélio Jansen e Luiz Carlos Amâncio Washington Paz [4]
2019 Luiz Carlos Amâncio Marcio Pimenta, Tarzan Egito e Luiz Carlos Amâncio Washington Paz

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Período Nome Ref.
2012-2014 Patrick Carvalho [56]
2015-2016 Vivian Borges [54]
2017 Márcio Jahú [2]
2018- Patrick Carvalho [4]

Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Período Nome Ref.
2012 Marcílio Diamante e Cíntia Ribeiro
2013 Rogerinho Dornelles e Lucinha Nobre
2014 David Sábia e Fernanda Love [54]
2015 Douglas Valle e Priscilla Costa [57]
2016-Atual Peixinho e Jaçanã Ribeiro [2]

Rainhas da bateria[editar | editar código-fonte]

Período Nome Ref.
20002001 Rio de Janeiro Layse Sapucahy
20022004 Rio de Janeiro Janaína Guerra
2005 Rio de Janeiro Jéssica Sodré [58]
20062009 Rio de Janeiro Thatiana Pagung [58][59][7]
2010 Rio de Janeiro Fernanda Abraão [60][61]
2011 Rio de Janeiro Isabella Picanço [15][62]
2012 Rio de Janeiro Luciana Picorelli [63]
2013 Goiás Lucilene Caetano [64][65][66]
2014 Rio Grande do Sul Laura Keller [67][68]
2015 Rio de Janeiro Luana Caetano [69]
2016 Santa Catarina Renata Frisson [39]
2017 Rio de Janeiro Letícia Guimarães [2]
2018 Mato Grosso Denise Dias [70]
2019 Rio de Janeiro Thainá Oliveira

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Carnavais da Inocentes de Belford Roxo
Ano Colocação Divisão Enredo Carnavalesco Ref.
1994 5.º Lugar Desfile de Avaliação "Alô alô carnaval, taí Carmem Miranda" Dito Ferreira [71][72]
1995 15.º Lugar
(Não desfilou)
Grupo B (Atual Série B) "Grande Otelo, uma vida que se acaba na ribalta" Dito Ferreira [71][73]
1996 Vice-campeã Grupo D (Atual Série D) "Que lourinha gostosa" Dito Ferreira [71][74]
1997 8.º Lugar Grupo C (Atual Série C) "Dandara, o sol da liberdade" Etevaldo Brandão [71][75]
1998 Campeã Grupo C (Atual Série C) "Candonga, um adeus às baterias"
(Samba-enredo composto por Adir, Xande da Caprichosos, Genival, Manoelzinho Solidão e Zé do Pagode)
Comissão de Carnaval [71][76]
1999 Vice-campeã Grupo B (Atual Série B) "Viva a Baixada, longos passos do progresso rumo ao terceiro milênio"
(Samba-enredo composto por João da Light, Bala do Cavaco, Arnaldo Costa, William e Lic)
Luiz Marques [71][77]
2000 5.º Lugar Grupo A (Atual Série A) "Petrópolis - Roxo de amor por você"
(Samba-enredo composto por Xande, Luis Carlos, João da Light, Amorim e Abílio Mestre-sala)
Alexandre Louzada [78][79]
2001 11.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo A (Atual Série A) "Região dos Lagos - A Inocentes é folia na terra do sol e do sal"
(Samba-enredo composto por Waltinho LP, Dino, Naldo Poeta, PC do Balanço, Tuninho Catuaba e Batista)
Alexandre Louzada e Cristiane Costa [80][81]
Como "Inocentes da Baixada"
2002 Vice-campeã Grupo B (Atual Série B) "É carnaval, é ti ti ti, é São João, é Meriti"
(Samba-enredo composto por João Conga, Samuca, Mendes, Ben Jonson, Rocha, Eliana Cláudio e Serginho)
Agnaldo Correia [82][83]
2003 6.º Lugar Grupo A (Atual Série A) "O gênio da Inocentes e a lâmpada maravilhosa"
(Samba-enredo composto por Zé Mauro, Jacaré, Toninho Gentil, Arnaldo Lyrio e Moleque Silveira)
Sylvio Cunha e Agnaldo Correa [84][85][86]
2004 10.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo A (Atual Série A) "Sorria... sou Rio, sou carioca, sou Inocentes, sou Pan e serei Olimpíada"
(Samba-enredo composto por Ronaldo Soares, Flávio Borges, Eduardo Fontes, Reinaldo Grey e Paulinho Bala)
Luiz Fernando Reis [87][88][89]
De volta ao nome "Inocentes de Belford Roxo"
2005 5.º Lugar Grupo B (Atual Série B) "O ouro do lixo! De onde vem, para onde vai, reciclando com fé no futuro"
(Samba-enredo composto por Juninho, Paulinho Pontes, Gilberto Gonçalves e Cassio)
Sérgio Carioca e Róbson Goulart [90][91][92]
2006 3.º Lugar Grupo B (Atual Série B) "Lenda das sereias rainha do mar"
(Reedição do enredo de 1976 do Império Serrano)
Wany Araújo [93][94][95]
2007 Vice-campeã Grupo B (Atual Série B) "Chatô, a fanfarra do homem sério mais engraçado do Brasil"
(Samba-enredo composto por Douglas, Flavio, Rafael Poesia, Cristiano, Ailton, MC Chumbinho e Jorge Ney)
Wagner Gonçalves [96][97][98]
2008 Campeã Grupo B (Atual Série B) "Ewe, a cura vem da floresta"
(Samba-enredo composto por Cláudio Russo, Carlinhos do Cavaco, Temtemzinho e Nino do Milênio)
Jorge Caribé [99][100][101]
2009 9.º Lugar Grupo A (Atual Série A) "Do Rio Grande do Sul ao Rio de Janeiro, a Inocentes canta Brizola a voz do povo brasileiro"
(Samba-enredo composto por Billy Conty, Ediespuma, Abilio Mestre-Sala, Licinho Jr., Marcelinho Santos e Alex Bahia)
Fran-Sérgio [7][102][103]
2010 Vice-campeã Grupo A (Atual Série A) "Água para prover a vida"
(Samba-enredo composto por Jair PQD, Zé Carlos, Peniche, Gilmar e Estevão)
Roberto Szaniecki e Cristiano Bara [9][104][105][106]
2011 8.º Lugar Grupo A (Atual Série A) "De Guarulhos para o palco da folia, sonhos, irreverência e alegria. Mamonas para sempre!"
(Samba-enredo composto por Billy Conty, Edispuma, Marcelinho Santos, Licinho Jr., Giovane Mello, Paulo Pontes, Sorriso, Zé Carlos, Mariano Araújo, Dominguinho e Edson Tropical)
Cristiano Bara [11][12][14]
[16][17][107][108]
2012 Campeã Grupo A (Atual Série A) "Corumbá – Ópera Tupi Guaikuru"
(Samba-enredo composto por Cláudio Russo, Zé Glória, Fábio Costa, André Felix, Diego Tavares, Ellen Cristina e Rodrigo Leal)
Wagner Gonçalves [18][20][109][110]
2013 12.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo Especial "As sete confluências do Rio Han - 50 anos de imigração da Coreia do Sul no Brasil"
(Samba-enredo composto por Billy Conty, Dominguinhos, Ildo dos Santos, JJ.Santos, Juarez e Marã)
Wagner Gonçalves [25][27][28]
[29][111][112][113]
2014 10.º Lugar Série A "O triunfo da América - O canto lírico de Joaquina Lapinha"
(Samba-enredo composto por Altamiro, Tico do Gato, Vinicius Ferreira, Claudinho, Chiquinho do Bar, Manelão, Abilio Mestre-Sala, Paulo e Juruna Zona Sul)
Wagner Gonçalves [33][54][114][115][116]
2015 8.º Lugar Série A "Nelson Sargento - Samba Inocente, pé no chão"
(Samba-enredo composto por André Malheiros, Tico do Gato, Vinicius Ferreira, Juruna Zona Sul, Abilio Mestre-Sala, Chiquinho do Bar, Altamiro e Sidnei Pinto)
Marcio Puluker e Walter Guilherme [57][117][37]
2016 9.º Lugar Série A "Cacá Diegues - Retratos de um Brasil em cena"
(Samba-enredo composto por Serginho Castro, Tentenzinho Jr, Rudá e Marcelo Fernandes)
Márcio Puluker [118]
2017 9.º Lugar Série A "Vilões - O verso do inverso"
(Samba-enredo composto por Samir Trindade, Ribeirinho, Neyzinho do Cavaco, Gilberto Oliveira, Herbert Rocha, Adriano Detran, Elton Babu, Jorge Martelo, Junior Trindade, Domingos do Peixe e Girão)
Wagner Gonçalves [2]
2018 4.° Lugar Série A "Mojú, Magé, Mojubá - Sinfonias e Batuques"
(Samba-enredo composto por Cláudio Russo e André Diniz)
Wagner Gonçalves [119]
2019 Série A "O Frasco do Bandoleiro" Marcus Ferreira


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Títulos[editar | editar código-fonte]

Títulos da Inocentes de Belford Roxo
Divisão Títulos Carnavais Referência
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Grupo A
(Atual Série A)
1 2012 [120]
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Grupo B
(Atual Série B)
1 2008 [121]
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Grupo C
(Atual Série C)
1 1998 [122]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmios recebidos pelo GRES Inocentes de Belford Roxo.

Ano Prêmio Categoria / premiados Divisão Ref.
2004 S@mba-Net Intérprete (Bruno Ribas) Grupo A [123]
2005 Troféu Jorge Lafond Carnavalesco Revelação (Sérgio Carioca) Grupo B [124]
Ala Mirim
2006 S@mba-Net Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira (Peixinho e Rosilane) Grupo B [125]
Troféu Jorge Lafond Melhor Comunicação com o Público [126]
Samba-Enredo ("A Lenda das Sereias: Rainhas do Mar" - Compositores: Dionel Sampaio, Vicente Matos e Arlindo Veloso)
Melhor Bateria (Mestre Marcelo André)
2007 S@mba-Net Melhor Desfile Grupo B [127]
Melhor Alegoria (Carro abre-alas - "Dêem Asas ao Brasil")
Conjunto Alegórico
Conjunto de Fantasias
Troféu Jorge Lafond Comissão de Frente [128]
Carnavalesco (Wagner Gonçalves)
Plumas & Paetês Carnavalesco (Wagner Gonçalves) [129]
Troféu Parangolé Carnavalesco Wagner Gonçalves

(Pela Estrutura das Saias das Baianas, Bom Uso das Cores e Soluções de Bom Gosto e Impacto Visual)

[130]
2008 Troféu Rádio Manchete Melhor Escola Grupo B [131]
Troféu Jorge Lafond Melhor Escola [132]
Melhor Enredo ("Ewe, a Cura Vem da Floresta")
S@mba-Net Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira (PC e Rosilane) [133]
Plumas & Paetês Diretor de Carnaval (Avelino Ribeiro) [134]
Troféu Parangolé Carnavalesco Jorge Caribé

(Palheta de Cor; Audácia na Escala dos Carros; Estética Africana Inusitada)

[135]
2009 Estandarte de Ouro Samba-Enredo
(Do Rio Grande do Sul ao Rio de Janeiro, a Inocentes canta Brizola, A Voz do Povo Brasileiro)
Grupo A [136]
S@mba-Net Ala de Passistas [137]
Troféu Jorge Lafond Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira (Paulo César da Costa e Rosilane da Costa Queiroz) [138]
Velha Guarda
2010 Gato de Prata Melhor Escola Grupo A [139][140]
Rainha de Bateria (Fernanda Abraão)
2012 Gato de Prata Melhor Escola Grupo A [141]
S@mba-Net Conjunto Alegórico [142]
Conjunto de Fantasias [142]
Troféu Jorge Lafond Velha Guarda [143]
Plumas & Paetês Desenhista (Wagner Gonçalves) [144]
Artesão (Rossy Amoedo)
Escultor (Rossy Amoedo)
Pintor (Eduardo Alves)
Iluminador (Luiz Antonio da Silva Pereira)
2013 Troféu Apoteose Porta-Bandeira (Lucinha Nobre) Especial [145]
2014 SRZD-Carnaval Intérprete (Ciganerey) Série A [146]
Plumas & Paetês Coreógrafo de Comissão de Frente (Patrick Carvalho) [147]
Pesquisador (Bianca Behrends e Wagner Gonçalves)
2015 S@mba-Net Melhor Bateria (Diretor: Mestre Washington Paz) Série A [148][149]
Gato de Prata Intérprete (Nino do Milênio) [150]
Destaque (Carlinhos Do Salgueiro)
2018 Passista Samba no Pé Passista Feminino (Karen Maria) Série A [151][152]

Referências

  1. a b c d e f Dicionário Cravo Albin. «Dados artísticos». Consultado em 27 de março de 2014. 
  2. a b c d e f g h i j k l apoteose.com. «Equipe 2017». Consultado em 4 de abril de 2016. 
  3. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome carnaval/rio-de-janeiro/interprete-nino-do-milenio-retorna-inocentes-belford-roxo/
  4. a b c d Galeria do Samba. «Ficha Técnica 2018» 
  5. Samba Rio Carnaval. «Inocentes». Consultado em 4 de novembro de 2010. 
  6. Galeria do Samba (26 de abril de 2007). «Jorge Caribé é o novo carnavelesco da Inocentes de Belford Roxo». 18:14. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  7. a b c G1 (8 de fevereiro de 2009). «Inocentes de Belford Roxo investem em nomes de peso para chegar à elite». 8h53. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  8. «Szanieski deixa a Inocentes de Belford Roxo e Fran-Sérgio assume». O Dia. Consultado em 25 de novembro de 2013.. Cópia arquivada em 8 de agosto de 2008 
  9. a b SRZD-Carnaval (14 de fevereiro de 2010). «Básica como a água, Inocentes de Belford Roxo faz desfile apenas correto». 00h19. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  10. Terra (14 de fevereiro de 2010). «Inocentes Belford Roxo se apresenta no grupo de acesso do Rio». 00h38. Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  11. a b SRZD-Carnaval (7 de março de 2010). «Inocentes renova com Cristiano Bara». 23h59. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  12. a b Tititi do Samba (25 de setembro de 2010). «Celino Dias é o intérprete da Inocentes de Belford Roxo». Consultado em 29 de outubro de 2012. 
  13. SRZD-Carnaval (3 de novembro de 2010). «Mestre Washington assume a bateria da Inocentes». 22h35. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  14. a b «Inocentes de Belford Roxo faz fusão dos sambas para 2011.». 25 de outubro de 2010. Consultado em 4 de novembro de 2010. 
  15. a b EGO (20 de fevereiro de 2011). «Conheça Isabella Picanço, a policial que é rainha de bateria». Consultado em 23 de fevereiro de 2011. 
  16. a b Terra (6 de março de 2011). «Com irreverência, Inocentes lembra Mamonas Assassinas». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  17. a b Isaac Ismar - SRZD (6 de março de 2011). «Inocentes de Belford Roxo decepciona». 2h48. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  18. a b SRZD-Carnaval (30 de março de 2011). «Inocentes de Belford Roxo acerta com Wagner Gonçalves». Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  19. SRZD-Carnaval (30 de março de 2011). «Thiago Brito é o novo intérprete da Inocentes». Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  20. a b SRZD-Carnaval (19 de fevereiro de 2012). «Inocentes evoca lendas do folclore brasileiro na Sapucaí». 02h06. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  21. Folha de S.Paulo (22 de fevereiro de 2012). «Inocentes de Belford Roxo sobe para Grupo Especial após polêmica». 22h10. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  22. G1 (22 de fevereiro de 2012). «Inocentes de Belford Roxo vence Acesso e estreia no Especial em 2013». 20h56. Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  23. O Dia na Folia. «Rogerinho: 'Vamos dar a nossa alma para que a Inocentes continue no Especial'». Consultado em 5 de setembro de 2012. 
  24. Carnavalesco (5 de setembro de 2012). «Na Inocentes de Belford Roxo, Lucinha diz que casal ficou tentado com o desafio». 14:35. Consultado em 5 de setembro de 2012. 
  25. a b O Dia na Folia (14 de setembro de 2012). «Inocentes: Carro de som ganha reforço de Wantuir». Consultado em 14 de setembro de 2012. 
  26. «Inocentes de Belford Roxo contrata Mestre Celinho». 23 de setembro de 2012. Consultado em 24 de setembro de 2012.  Texto "O Dia na Folia" ignorado (ajuda)
  27. a b G1 (11 de fevereiro de 2013). «Inocentes de Belford Roxo estreia no Grupo Especial e homenageia Coreia». 00h09. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  28. a b Terra (11 de fevereiro de 2013). «Inocentes de Belford Roxo estreia no Grupo Especial homenageando Coreia». 06h42. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  29. a b Folha de S.Paulo (10 de fevereiro de 2013). «Estreante, Inocentes de Belford Roxo faz desfile morno no Rio». 22h53. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  30. Carnavalesco (10 de junho de 2013). «David Sabiá e Fernanda Love formam o novo primeiro casal da Inocentes». Consultado em 19 de junho de 2013.  Parâmetro desconhecido |publiicado= ignorado (ajuda)
  31. Galeria do Samba (17 de junho de 2013). «David Pandeiro é o novo intérprete da Inocentes de Belford Roxo». 12:39. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  32. Carnavalesco (17 de junho de 2013). «Davi do Pandeiro é o novo intérprete da Inocentes de Belford Roxo». 11:27. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  33. a b SRZD-Carnaval (4 de novembro de 2013). «Intérprete Ciganerey: 'Estou muito feliz na Inocentes'». 15h45. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  34. samba e Paixão. «Laíla esclarece em nota que apenas prestará uma consultoria ao carnaval da Inocentes.». Consultado em 5 de outubro de 2013. 
  35. Carnavalesco (29 de setembro de 2013). «Laíla surpreende e Inocentes de Belford Roxo faz junção de sambas». 23:39. Consultado em 30 de setembro de 2013. 
  36. a b Carnavalesco (10 de março de 2014). «Inconformado com colocação da Inocentes, Reginaldo Gomes anuncia afastamento». 18:13. Consultado em 11 de março de 2014. 
  37. a b SRZD-Carnaval (2 de setembro de 2014). «Inocentes anuncia reforço para desenvolver enredo sobre Nelson Sargento». 10h50. Consultado em 2 de setembro de 2014. 
  38. a b c d Academia do Samba. «Diretoria». Consultado em 20 de maio de 2014. 
  39. a b «Mulher Melão é a nova rainha da Inocentes». 31 de dezembro de 2015 
  40. «Jackson Martins». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  41. «Inocentes 1998». Academia do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  42. «Inocentes 1999». Academia do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  43. «Pixulé». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  44. a b «Tem Tem Sampaio». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  45. «Bruno Ribas». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  46. «Dominguinhos do Estácio». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  47. a b «Nino do Milênio». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  48. «Celino Dias». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  49. a b «Thiago Brito». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  50. «Wantuir». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  51. «Ciganerey». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  52. «Inocentes de Belford Roxo tem novo intérprete». Galeria do Samba - Notícias. Consultado em 31 de março de 2018. 
  53. Carnavalc Carioca (21 de março de 2018). «Intérprete Nino do Milênio está de volta a Inocentes de Belford Roxo». Consultado em 29 de março de 2018. 
  54. a b c d Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2014». Consultado em 20 de janeiro de 2014.. Cópia arquivada em 20 de maio de 2014 
  55. a b [1]
  56. [2]
  57. a b [3]
  58. a b Galeria do Samba (7 de julho de 2009). «Inocentes de Belford Roxo comemora 16 anos de fundação com samba e feijoada no sábado». Consultado em 25 de outubro de 2013. 
  59. Galeria do Samba (23 de fevereiro de 2008). «Thatiana Pagung continua a reinar na Inocentes». Consultado em 25 de outubro de 2013. 
  60. Poppop. «Fernanda Abraão Loura da Laja a Rainha de Bateria da Inocentes de Belford Roxo». Consultado em 25 de outubro de 2013. 
  61. SRZD-Carnaval (6 de novembro de 2009). «Solange Gomes deixa posto de rainha da bateria da Inocentes de Belford Roxo». 2h52. Consultado em 20 de janeiro de 2013. 
  62. Network. «Isabela Picanço foi coroada rainha da Inocentes de Belford Roxo». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  63. Terra (18 de janeiro de 2012). «Luciana Picorelli é coroada rainha de bateria da Inocente de Belford Roxo». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  64. Terra (26 de novembro de 2012). «Lucilene Caetano é coroada rainha de bateria de escola do Rio». 9:41. Consultado em 16 de maio de 2013. 
  65. EGO (26 de novembro de 2012). «Lucilene Caetano é carregada em sua coroação». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  66. EGO (1 de outubro de 2012). «Lucilene Caetano é apresentada como nova rainha de bateria no Rio». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  67. EGO. «Capa da revista 'Sexy' vira rainha de bateria no Rio de Janeiro». Consultado em 10 de janeiro de 2014. 
  68. EGO. «Laura Keller mostra demais ao ser coroada rainha de bateria». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  69. Extra (27 de novembro de 2014). «Luana Caetano, rainha de bateria da Inocentes, planeja estreia marcante no posto: "Fantasia, vai ser ousada, quero causar"». Consultado em 3 de dezembro de 2014. 
  70. Folia do Samba (18 de janeiro de 2018). «Denise Dias é coroada rainha de bateria da Inocentes de Belford Roxo». Consultado em 20 de janeiro de 2018. 
  71. a b c d e f «academia do Samba». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  72. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 1994». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  73. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 1995». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  74. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 1996». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  75. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 1997». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  76. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 1998». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  77. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 1999». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  78. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2000». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  79. Academia do Samba. «Inocentes 2000». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  80. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2001». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  81. Academia do Samba. «Inocentes 2001». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  82. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2002». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  83. Academia do Samba. «Inocentes 2002». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  84. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2003». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  85. Academia do Samba. «Inocentes 2003». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  86. «Desfile das Escolas de Samba do Grupo de Acesso A». OBatuque. Consultado em 18 de novembro de 2013.. Cópia arquivada em 6 de fevereiro de 2009 
  87. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2004». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  88. Academia do Samba. «Inocentes 2004». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  89. «Acesso A - Equilíbrio e bom nível marcam desfile». OBatuque. Consultado em 18 de novembro de 2013.. Cópia arquivada em 14 de junho de 2004 
  90. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2005». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  91. Academia do Samba. «Inocentes 2005». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  92. «Inocentes 2005». AESCRJ. Consultado em 25 de novembro de 2013.. Cópia arquivada em 6 de janeiro de 2009 
  93. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2006». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  94. Academia do Samba. «Inocentes 2006». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  95. «Inocentes 2006». AESCRJ. Consultado em 25 de novembro de 2013.. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2008 
  96. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2007». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  97. Academia do Samba. «Inocentes 2007». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  98. «Inocentes 2007». AESCRJ. Consultado em 25 de novembro de 2013.  |arquivourl= é mal formado: timestamp (ajuda)
  99. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2008». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  100. Academia do Samba. «Inocentes 2008». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  101. «Inocentes 2008». AESCRJ. Consultado em 25 de novembro de 2013.. Cópia arquivada em 8 de fevereiro de 2008 
  102. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2009». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  103. Academia do Samba. «Inocentes 2009». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  104. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2010». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  105. Academia do Samba. «Inocentes 2010». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  106. Ramiro Costa, para o SRZD-Carnaval (4 de fevereiro de 2010). «Sem Szaniecki, Cristiano Bara assume sozinho o carnaval da Inocentes». 13h12. Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  107. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2011». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  108. Academia do Samba. «Inocentes 2011». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  109. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2012». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  110. Academia do Samba. «Inocentes 2012». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  111. Galeria do Samba. «Inocentes de Belford Roxo 2013». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  112. Academia do Samba. «Inocentes 2013». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  113. Da Redação (25 de maio de 2012). «Carnaval 2013: confira o título do enredo da Inocentes de Belford Roxo». SRZD - Carnaval. Consultado em 25 de maio de 2012. 
  114. SRZD-Carnaval (13 de abril de 2013). «Cantora lírica será enredo da Inocentes de Belford Roxo em 2014». 12h51. Consultado em 26 de maio de 2013. 
  115. SRZD-Carnaval (22 de março de 2013). «Wagner Gonçalves renova com a Inocentes de Belford Roxo». 15h19. Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  116. Galeria do Samba (22 de março de 2013). «Carnavalesco Wagner Gonçalves renova contrato com Inocentes de Belford Roxo». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  117. SRZD-Carnaval (19 de maio de 2014). «Nino do Milênio é o novo intérprete da Inocentes de Belford Roxo». 19h09 
  118. [4]
  119. «Samba da Inocentes de Belford Roxo para o Carnaval 2018». Carnavalesco. Consultado em 19 de janeiro de 2018. 
  120. «Carnaval de 2012 - Galeria do Samba - As Escolas de Samba do Rio de Janeiro». Galeria do Samba - Carnavais. Consultado em 16 de abril de 2016. 
  121. «Carnaval de 2008 - Galeria do Samba - As Escolas de Samba do Rio de Janeiro». Galeria do Samba - Carnavais. Consultado em 16 de abril de 2016. 
  122. «Carnaval de 1998 - Galeria do Samba - As Escolas de Samba do Rio de Janeiro». Galeria do Samba - Carnavais. Consultado em 16 de abril de 2016. 
  123. Academia do Samba. «S@mba-Net 2004». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  124. «Troféu Jorge Lafond 2005». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 17 de junho de 2016. 
  125. Academia do Samba. «S@mba-Net 2006». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  126. «Troféu Jorge Lafond 2006». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 17 de junho de 2016. 
  127. Academia do Samba. «S@mba-Net 2007». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  128. Academia do Samba. «Troféu Jorge Lafond 2007». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  129. «Plumas e Paetês 2007». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 10 de junho de 2016. 
  130. «Prêmio Parangolé 2007». Academia do samba. Consultado em 14 de junho de 2016. 
  131. «Definidos os premiados com o Troféu da Rádio Manchete». Galeria do Samba - Notícias. Consultado em 25 de maio de 2016. 
  132. «Troféu Jorge Lafond 2008». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 24 de junho de 2016. 
  133. Academia do Samba. «S@mba-Net 2008». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  134. «Plumas e Paetês 2008». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 10 de junho de 2016. 
  135. «Troféu Parangolé 2008». Academia do samba. Consultado em 14 de junho de 2016. 
  136. Academia do Samba. «Estandarte de Ouro - Melhor Samba Enredo (Série A)». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  137. Academia do Samba. «S@mba-Net 2009». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  138. Academia do Samba. «Troféu Jorge Lafond 2009». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  139. «SRZD-Carnavalesco ganha mais um prêmio de melhor cobertura de carnaval». SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 7 de junho de 2016. 
  140. «Gato de Prata 2010». Ticodogato's Blog. 15 de maio de 2010. Consultado em 7 de junho de 2016. 
  141. «Troféu Gato de Prata aos melhores do Carnaval 201 será entregue nesta sexta-feira». Galeria do Samba - Notícias. Consultado em 7 de junho de 2016. 
  142. a b Academia do Samba. «S@mba-Net 2012». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  143. Academia do Samba. «Troféu Jorge Lafond 2012». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  144. «Plumas e Paetês 2012». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 10 de junho de 2016. 
  145. «Entrega do Troféu Apoteose será neste domingo». Rádio Arquibancada - O melhor do carnaval. 26 de maio de 2013. Consultado em 25 de maio de 2016. 
  146. «'Prêmio SRZD-Carnaval 2014': confira lista de todos os homenageados». SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 10 de maio de 2016. 
  147. «Conheça os premiados do Prêmio Plumas & Paetês Cultural de 2014». SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 13 de junho de 2016. 
  148. «Em noite de festa, Sambanet premia os melhores do Carnaval 2015». sambarazzo.com.br. Consultado em 19 de maio de 2016. 
  149. «Samba-Net será em 16 de maio». Rádio Arquibancada - O melhor do carnaval. 18 de março de 2015. Consultado em 19 de maio de 2016. 
  150. «Confira os ganhadores da 6ª edição do Troféu Gato de Prata». CARNAVAL CARIOCA - O melhor carnaval do mundo - Ano 7. Consultado em 7 de junho de 2016. 
  151. «Prêmio Passista Samba no Pé». Consultado em 17 de fevereiro de 2018. 
  152. «Prêmio Passista Samba no Pé divulga vencedores de 2018 - Revista Carnaval». Revista Carnaval. 19 de fevereiro de 2018