Inscriptiones Latinae Selectae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Inscriptiones Latinae Selectae (normalmente abreviado para ILS) é uma recolha de inscrições em latim publicadas pelo epigrafista Hermann Dessau em cinco partes (três volumes) entre 1892 el 1916.

A recolha compreende cerca de 10 milhares de inscrições, seleccionadas, ordenadas em capítulos em função do seu conteúdo.

São identificadas por um número. Há tabelas de concordância com o Corpus Inscriptionum Latinarum publicadas em 1950 em Roma e em 1955 em Berlim.

Para cada inscrição inclui-se a descrição do suporte e notas em latim.

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  • Volume I (1892)[1]
      • capítulo I: monumentos históricos republicanos (Monumenta historia liberar rei publicae)
      • capítulo II: inscrições dos imperadores e da família imperial (Tituli imperatorum domusque imperatoriae)
      • capítulo III: inscrições das coisas e princípios estrangeiros (Titutli rerum et principum nationum exterarum)
      • capítulo IV: inscrições de personagens da classe senatorial (Tituli virorum et mulierum ordinis senatori)
      • capítulo V: inscrições de cavaleiros (Tituli virorum dignitatis equestri)
      • capítulo VI: inscrições de procuradores e ministros imperiais libertos ou escravos (Tituli procuratorum et ministrorum domus Augustae condicionis libertinae et servilis)
      • capítulo VII: inscrições de funcionários e servos públicos (Tituli apparitorum et servorum publicorum)
      • capítulo VIII: alcumas inscrições sobre o direito da cidade (Tituli nonnulla ius civitatis illustrantes)
      • capítulo IX: inscrições militares (Tituli militares)
      • capítulo X: inscrições de alguns ilustres homens de letras (Tituli virorum nonnullorum in litteris clarorum)
  • Volume II
    • parte 1 (1902)[2]
      • capítulo XI: inscrições sacras e dos sacerdotes (Tituli sacri et sacerdotum)
      • capítulo XII: inscrições sobre os jogos (Tituli pertinente ad ludos)
      • capítulo XIII: inscrições de obras e lugares públicos, finalizados, inscrições de alguns edifícios privados (Tituli operum locorumque publicorum. Termini. Tituli nonnulla aedificiorum privatorum)
      • capítulo XIV: inscrições municipais (Tituli municipales)
    • parte 2 (1906)[3]
      • capítulo XV: inscrições de colégios(Tituli collegiorum)
      • capítulo XVI: inscrições de misteres (Tituli ministrorum vitae privatae, opificum, artificum)
      • capítulo XVII: inscrições sepulcrais (Tituli sepulcrales)
      • capítulo XVIII: inscrições sobre instrumentos domésticos (Tituli instrumenti domestici)
      • capítulo XIX: inscrições diversas (Analecta varia)
      • apêndice com inscrições gregas (Appendix titolorum Graecorum)

O volume III (com parte 1, de 1914, e parte 2, de 1916)[4] ) recolhe índices, algumas novas inscrições e correcções a inscrições já editadas.

Referências

  1. Volume I on-line em Archive.org.
  2. Volume II.1 on-line sul sito Archive.org.
  3. Volume II.2 on-line sul sito Archive.org.
  4. Volume III.2 on-line em Archive.org.