Institut Polytechnique de Paris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Institut Polytechnique de Paris
Institut polytechnique de Paris
Fundação 1 de junho de 2019
Tipo de instituição Universidade Pública
Localização , {{{país}}}
Página oficial Site IP Paris

O Institut Polytechnique de Paris (conhecido como IP Paris ou simplesmente Polytechnique) é uma das universidades de elite mais respeitadas, seletivas e célebres da Europa, internacionalmente aclamada pela comunidade científica mundial e localizada em Paris-Saclay[1], na França.

Com a Universidade Paris-Saclay, o Institut Polytechnique de Paris faz parte do projeto Paris-Saclay, que é um campus acadêmico de pesquisa intensiva e um cluster de negócios em desenvolvimento no Plateau de Saclay, conhecido como Vale do Silício francês, perto de Paris.

O projeto integra várias escolas de ciências, engenharia e centros de pesquisa que fazem parte das principais organizações de pesquisa do mundo em vários campos. A universidade tecnológica foi formada em torno da École polytechnique, uma das grandes écoles mais tradicionais do país.

O próprio Institut Polytechnique de Paris está classificado na lista de melhores universidades do mundo pelo QS World University Rankings, pelo Times Higher Education e pelo Center for World University Rankings (CWUR). Vale destacar que, especificamente na área de matemática, o QS World University Rankings também o coloca na lista de Top-15 melhores universidades do mundo.

A Institut polytechnique de Paris está entre as mais prestigiadas grandes écoles da França[2]. Entre seus ex-alunos estão vencedores do Prêmio Nobel, da Medalha Fields, Presidentes da França e muitos CEOs de empresas francesas e internacionais.

Gérard Mourou, Prêmio Nobel de Física de 2018, é professor do Institut Polytechnique de Paris.

História[editar | editar código-fonte]

Após a Segunda Guerra Mundial, o rápido crescimento da física e da química nucleares significou que a pesquisa precisava de aceleradores cada vez mais poderosos, o que exigia grandes áreas. A Universidade de Paris, a École Normale Supérieure e o Collège de France buscaram espaço no sul de Paris perto de Orsay. O ramo Orsay da Universidade de Paris acabou se tornando uma universidade independente, chamada Universidade Paris XI. Em 1976, a École polytechnique juntou-se à região, mudando-se do centro de Paris para o Palaiseau. Outros institutos se juntaram à região nas décadas seguintes, principalmente École normale supérieure de Paris-Saclay, Télécom Paris e ENSTA Paris, como parte do projeto Paris-Saclay, um esforço nacional para reagrupar as atividades de pesquisa e negócios.

Campus da École polytechnique do Institut Polytechnique de Paris.

Em 2015, esses institutos foram agrupados como uma comunidade universitária (ComUE) chamada Universidade Paris-Saclay. O objetivo era ser reconhecido como uma entidade de tamanho e qualidade suficientes e se tornar uma universidade francesa de alto nível com foco em pesquisa. Cada instituição membro permaneceria independente, mas compartilharia uma parte significativa dos recursos existentes e recém-investidos. Isso segue um modelo semelhante ao adotado pela Universidade de Oxford e Universidade de Cambridge, onde cada faculdade constituinte mantém sua independência enquanto é agrupada em uma 'universidade'.

Microscopia de luminescência de tunelamento de varredura no Institut Polytechnique de Paris.

Diante das divergências entre seus membros (escolas de engenharia versus universidades, Ministério da Defesa da França versus Ministério da Educação Superior), a Universidade Paris XI se propôs a se transformar em Universidade Paris-Saclay em 2017, sendo as escolas de engenharia associadas apenas ao futura instituição. Em 25 de outubro de 2017, o presidente francês Emmanuel Macron anunciou a criação de um segundo pólo universitário em Paris-Saclay, que se separaria da Universidade Paris-Saclay e reagruparia as escolas de engenharia. Este novo pólo foi inicialmente denominado "NewUni" e tornou-se o Institut Polytechnique de Paris em fevereiro de 2019. A HEC Paris também aderiu ao novo pólo universitário sem se tornar membro. Outras instituições de ensino superior ou de pesquisa podem aderir no futuro. A Universidade Paris-Saclay e o Institut Polytechnique de Paris cooperam em vários programas de mestrado e doutorado.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Institut Polytechnique de Paris