Instituto Doutor José Frota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Instituto Doutor José Frota (IJF) é um hospital da Prefeitura Municipal de Fortaleza que tem origem na ideia do médico Amilcar Barca Perlon que foi levada adiante pelo Interventor Carneiro de Mendonça, constituindo-se no primeiro serviço de pronto socorro de Fortaleza tendo sido inaugurado em 22 de agosto de 1932.

O nome do hospital é uma homenagem ao Dr. José Ribeiro da Frota, seu primeiro diretor.

Pesquisa[editar | editar código-fonte]

Em parceria com o Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará, o instituto vem pesquisando o uso de pele de tilápia no tratamento e recuperação de pacientes que sofreram queimaduras. Após a aprovação pela Anvisa, os testes em humanos começaram no segundo semestre de 2016, e dos 30 pacientes, 23 já haviam tido alta até novembro. [1][2][3]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Nogueira, Edwirges (19 de novembro de 2016). «Em Fortaleza, hospital usa pele de tilápia como curativo para queimaduras». Agência Brasil. Consultado em 3 de março de 2017 
  2. Sussman, Nadia (2 de março de 2017). «Can tilapia skin be used to bandage burns?». STAT. Consultado em 3 de março de 2017 
  3. Prado, Verônica (11 de novembro de 2016). «Curativo de pele de tilápia é usado em 30 pacientes queimados no Ceará». G1. Consultado em 3 de março de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um hospital ou uma instituição de saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.