Instituto Médio Agrário de Malanje

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Instituto Médio Agrário de Malanje
IMAM
Dados e estatísticas da escola
Localização  Angola
Endereço Quêssua
Data de abertura 2007 (10 anos)
Tipo Escola pública de ensino médio, técnico e profissional
Diretor(a) João Pedro Soares[1]
Número de alunos 822[2] (2016)

O Instituto Médio Agrário de Malanje (IMAM) é uma escola de ensino médio-técnico e profissional angolana que se localiza na comuna de Quêssua[3], município de Malanje, na província homônima.

O instituto é de propriedade do Ministério da Educação em parceria com o Ministério da Agricultura, Pescas e Industrias Alimentares de Angola.

O IMAM também trabalha com a comunidade, através de um campo experimental[2], industrializando alimentos como compotas, marmeladas, maionese, picle entre outros, além de ser um centro de certificação do Ministério da Agricultura[4].

Cursos[editar | editar código-fonte]

No IMAM, são ministradas as aulas dos cursos de[2]:

  • Produção Vegetal;
  • Eletricidade;
  • Gestão Agrária.

História[editar | editar código-fonte]

Após o fim da Guerra Civil Angolana o governo central estudava maneiras de reconstruir as escolas, o Ministério da Educação angolano criou a Reforma do Ensino Técnico Profissional (RETEP), que consistia na recuperação/criação de escolas de ensino médio técnico em todo o país. A primeira escola a surgir neste formato foi o IMAM, no ano de 2007.

O instituto participou com sucesso do I Congresso de Iniciação Científica dos Institutos Médios Agrários de Angola, em Andulo, no Bié[5], realizado no IMAM e também na Feira Internacional de Educação realizada em Luanda (FILDA).

Característica do instituto[editar | editar código-fonte]

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Os uniformes do instituto são de cinco tipos, sendo eles:

  • bata branca: utilizado somente pelo professor durante a presença do mesmo no instituto;
  • bata azul: utilizado pelos alunos dos Cursos (produção vegetal e Gestão Agrária);
  • bata verde: utilizada pelos alunos dos Curso de (Eletricidade e Construção Civil);
  • macacão marrom e azul e botinas pretas: roupa utilizada por alunos que vão trabalhar no campo;
  • camisa pólo verde: Utilizada apenas alguns dias da semana pelos alunos da 13ª classe, pelo fato dos mesmos serem finalistas dos seus respectivos cursos.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Possui uma área administrativa, social, refeitório com capacidade de atendimento para 500 alunos, internato com igual capacidade, lavandaria, cantina, 20 salas de aulas, sete laboratórios, oficinas e 25 residências para os professores[6].

A área do internato (alojamento) tem a capacidade de internar 500 estudantes[6] provenientes de distintas províncias do país.

Composição dos discentes e docentes[editar | editar código-fonte]

O IMAM possui professores de três diferentes nacionalidades, sendo em sua maioria angolanos, seguidos de cubanos[7] e brasileiros.

Os alunos vem de diversas províncias do país, principalmente de Luanda, Malanje, Huíla, além de outras. Os alunos de diferentes províncias permanecem no Instituto através de um sistema de Internato, a mesma situação ocorre com os professores que não moram no país ou região em que o Instituto está localizado.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Médio Agrário de Malanje (IMAM). Ngolanet. 2016
  2. a b c Soares, Isaías. Malanje: Estudantes de agricultura apostam em produções de derivados. Voa Português. 2016
  3. Malanje. Consulado Geral de Angola em Houston. 2017
  4. Instituto Médio Agrário de Malanje ensaia certificação alimentar. Televisão Pública de Angola. 04 de Julho de 2012
  5. Institutos agrários realizam 1º congresso científico. Agência Angola Press. 11 de Outubro de 2010
  6. a b Malanje: Instituto Médio Agrário entrega certificados a 200 estudantes finalistas. Agência Angola Press. 11 de dezembro de 2015
  7. Vice-governadora de Malanje impede greve de professores. Club-K Angola. 18 junho 2011