Escola Central de Sargentos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Instituto Superior Militar)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Escola Central de Sargentos
(1896-1977)
Instituto Superior Militar
(1977-1990)
País Portugal Portugal
Estado Extinta
Corporação Exército Português
Sigla ECS / ISM
Criação 1896
Extinção 1990
Lema Saber para vencer
Sede
Quartel Águeda

A Escola Central de Sargentos (ECS) MHC constituía um estabelecimento de ensino destinado a preparar os sargentos do Exército Português para o acesso à categoria de oficial. Sendo transformada em escola de ensino superior, passou a designar-se Instituto Superior Militar (ISM) em 1977.

O ISM foi desativado no início da década de 1990. Em 1996, as funções anteriormente atribuídas ao ISM foram assumidas pela então criada Escola Superior Politécnica do Exército, a qual foi extinta em 2009.

Para além dos sargentos do Exército, ao longo da sua história, foi também responsável por formar também sargentos destinados a aceder à categoria de oficial da Guarda Fiscal, da Guarda Nacional Republicana e da Força Aérea Portuguesa.

As antigas instalações da ECS / ISM são hoje ocupadas pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda da Universidade de Aveiro.

História[editar | editar código-fonte]

A Escola Central de Sargentos criada em 1896, junto à Escola Prática de Infantaria em Mafra. A ECS tinha por missão habilitar os sargentos ao posto de sargento-ajudante para depois poderem ascender aos postos de oficial de infantaria, cavalaria e Quadro de Praças de Guerra e Almoxarifes.

Em 1926, a ECS foi transferida para Águeda, ocupando o quartel do antigo 3º Batalhão do Regimento de Infantaria n.º 28.

Com a criação do Quadro Auxiliar dos Serviços do Exército (QSAE) em 1933, os sargentos que terminam a frequência da ECS passam ingressar como oficiais dquele quadro, deixando de ingressar nas armas e serviços de origem.

Em 1955, são criados dois cursos destinados a preparar o pessoal para a manutenção, conservação e reparação de material.

A 4 de Fevereiro de 1966 foi feita Membro-Honorário da Ordem Militar de Cristo.[1]

Em 1977, a ECS é transformada em estabelecimento de ensino superior passando a denominar-se "Instituto Superior Militar". Nessa altura passa também a dar formação a militares da Força Aérea Portuguesa.

O ISM foi desativado no início da década de 1990.

Em 1996 é criada, na Amadora, a Escola Superior Politécnica do Exército, com uma missão análoga à do ISM, sendo este formalmente e definitivamente extinto. Os sargentos admitidos à ESPE frequentavam cursos de oficial técnico que os habilitavam com o grau académico de bacharel.[2]

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Escola Central de Sargentos". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 8 de abril de 2016 
  2. História da ESPE

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]