Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa
ISCAL
Lema Artivitate Prudentiaque
Fundação Aula do Comércio (1759), Instituto Industrial de Lisboa (1869), Institutos Superiores de Contabilidade e Administração (1976)
Tipo de instituição Pública
Localização Lisboa, Portugal
Vermelho e Azul

O Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa é uma instituição de ensino superior de Lisboa, Portugal.

História[editar | editar código-fonte]

O inicio do ISCAL remonta ao Sec. XVIII com a criação da Aula de Comércio em 19 de Maio de 1759 pelo Marquês de Pombal, este curso tinha a duração de 3 anos.

O Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Liboa, ISCAL, orgulha-se de ter uma história marcada pela tradição e pelo rigor académicos. Por isso relembra o seu passado para melhor projectar o seu futuro que quer construir. Na segunda metade do século XVIII foi criada pelo Marquês de Pombal a "Aula do Comércio" (Alvará de 19 de Maio de 1759). Passaram então a ministrar-se "lições de aritmética, de pesos e medidas das diversas praças comerciais, de câmbios, de seguros e de escrituração comercial", com vista a dotar profissionais competentes para as organizações de negócios, cuja falta se fazia sentir. Esta sua perspectiva faz com que seja o Marquês de Pombal justamente considerado um dos primeiros micro economistas do mundo. O Curso, com duração de três anos, era ministrado por "lentes" (aquele que lê, professores …) cujo primeiro foi JOÃO HENRIQUE SOUSA e frequentado essencialmente por filhos de homens de negócios e também por escolares sem recursos. Como curiosidade é de referir que os últimos beneficiavam das propinas pagas por vinte escolares filhos de homens de negócios. Vários direitos passaram então a ser conferidos aos diplomados pela Aula do Comércio, de tal forma que a Carta da Lei de 30 de Agosto de 1770 estabelece que ninguém poderia ser, nem mesmo os filhos de comerciantes, admitidos como guarda-livros, caixeiros e praticantes de casas comerciais portuguesas, sem a respectiva Carta de Aprovação. Em 1869 foi criado o Instituto Industrial de Lisboa, mais tarde passando a Instituto Industrial e Comercial de Lisboa.O Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Liboa, orgulha-se de ter uma história marcada pela tradição e pelo rigor académicos. Por isso relembra o seu passado para melhor projectar o seu futuro que quer construir. Na segunda metade do século XVIII foi criada pelo Marquês de Pombal a "Aula do Comércio" (Alvará de 19 de Maio de 1759). Passaram então a ministrar-se "lições de aritmética, de pesos e medidas das diversas praças comerciais, de câmbios, de seguros e de escrituração comercial", com vista a dotar profissionais competentes para as organizações de negócios, cuja falta se fazia sentir. Esta sua perspectiva faz com que seja o Marquês de Pombal justamente considerado um dos primeiros micro economistas do mundo. O Curso, com duração de três anos, era ministrado por "lentes" (aquele que lê, professores …) cujo primeiro foi JOÃO HENRIQUE SOUSA e frequentado essencialmente por filhos de homens de negócios e também por escolares sem recursos. Como curiosidade é de referir que os últimos beneficiavam das propinas pagas por vinte escolares filhos de homens de negócios. Vários direitos passaram então a ser conferidos aos diplomados pela Aula do Comércio, de tal forma que a Carta da Lei de 30 de Agosto de 1770 estabelece que ninguém poderia ser, nem mesmo os filhos de comerciantes, admitidos como guarda-livros, caixeiros e praticantes de casas comerciais portuguesas, sem a respectiva Carta de Aprovação.


Com a implantação da República o Instituto Industrial e Comercial de Lisboa em 1911 foi dividido em duas escolas, o Instituto Superior Técnico e o Instituto Superior de Comércio.


Em 1976 os Instituto Comercial de Lisboa passa a ter a designação de Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa, tendo poder para ministrar os graus de bacharelato, licenciatura, e doutoramento.

Cursos[editar | editar código-fonte]

Todos os cursos do Instituto Superior de Contabilidade e Administração estão de acordo com a Declaração de Bolonha:

Licenciaturas (1º Ciclo)[editar | editar código-fonte]

  • Contabilidade e Administração Ramo: Contabilidade
  • Contabilidade e Administração Ramo: Fiscalidade
  • Contabilidade e Administração Ramo: Gestão e Administração Pública
  • Finanças Empresariais
  • Gestão
  • Solicitadoria
  • Comércio e Negócios Internacionais

Mestrados (2º Ciclo)[editar | editar código-fonte]

  • Contabilidade e Gestão das Instituições Financeiras
  • Contabilidade Internacional
  • Contabilidade
  • Auditoria
  • Administração Pública
  • Contabilidade e Análise Financeira
  • Controlo de Gestão e dos Negócios
  • Fiscalidade
  • Gestão e Empreendedorismo

Doutoramentos (3º Ciclo)[editar | editar código-fonte]

  • Administração Pública

Professores ilustres[editar | editar código-fonte]

Alunos ilustres[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.