Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear
Fundação 2008
Sede Lisboa, Portugal
Empregados 189
Sítio oficial www.ipfn.tecnico.ulisboa.pt


O Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN) é uma unidade de investigação do Instituto Superior Técnico (IST), em Lisboa, e uma das maiores instituições portuguesas de investigação em Física. O IPFN tem o estatuto de Laboratório Associado, concedido pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, nas áreas temáticas de Fusão Nuclear Controlada e Tecnologias de Plasmas e Lasers Intensos. A actividade de Fusão Nuclear está incluída no programa de fusão da EURATOM, através do Contrato de Associação EURATOM/IST, em vigor desde Janeiro de 1990. Cerca de 190 pessoas trabalham no IPFN, das quais mais de 100 são doutoradas.

Organização[editar | editar código-fonte]

O IPFN está organizado em sete grupos de investigação: Engenharia e Integração de Sistemas, Física Experimental, Processamento e Caracterização de Materiais, Teoria e Modelização, Lasers e Plasmas, Electrónica de Gases, e Plasmas de Alta Pressão. A actividade no âmbito do Laboratório Associado é avaliada por uma Comissão de Acompanhamento Externo. As actividades no âmbito do Contrato de Associação são coordenadas pelo Head of Research Unit e monitorizadas pelo Steering Committee.

Competências[editar | editar código-fonte]

  • Dispositivos para Fusão Nuclear por Confinamento Magnético
  • Sistemas de Engenharia de Fusão Nuclear
  • Teoria e Modelização em Fusão Nuclear
  • Fusão Inercial
  • Aceleradores Laser-plasma
  • Computação Avançada
  • Astrofísica
  • Novas Fontes de Radiação
  • Fotónica Ultra-intensa
  • Física do Espaço
  • Plasmas para Aplicações Ambientais
  • Cinética de Descargas e Pós-descargas
  • Modelização de Fontes a Plasma
  • Plasmas Quânticos

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]