Instruções a Shuruppak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Instruções de Shuruppak é uma parte significativa de literatura de sabedoria da Suméria.[1] As literaturas de sabedoria, com intenção de ensinar a piedade adequada, inculcar virtude e preservar normas da comunidade, eram comuns em todo o antigo Oriente Próximo.[2]

Formato[editar | editar código-fonte]

A introdução à Sabedoria de Shuruppak, uma obra suméria, é característica:[3]

Oh! meu filho, ofereço-te ensinamentos, aceita minha instrução...
Não te descuides de minha instrução, não transgrida minha palavra falada.


As Instruções de Shuruppak consistem em conselhos e provérbios abordados por Shuruppak, filho de Ubar-Tutu, a seu filho Ziusudra. O nome Shurupak é idêntico ao da cidade de Shurupak.[4][1] Os textos incluem uma variedade de ditos populares derivados do cotidianos, aforismos sobre atividades no campo e fauna, temas típicos em provérbios sumérios. Há mandamentos sobre solidariedade familiar, submissão às autoridades e conselhos sobre aquisição de escravos. Os contrastes entre o ignorante e o sábio, o bom e o mau sugere a preocupação do texto em transmitir padrões de ordem social, que eram ancorados na sabedoria de Utu, o deus da justiça.[5]


Alguns exemplos de mandamentos sobre relações pessoais:[6]

Não sorria com uma jovem que é casada; a calúnia é errado.
Meu filho, não se sente em um aposento com uma mulher casada. (linhas 33-34)
Não tenha relações sexuais com sua escrava, ela o vai tratar com desrespeito. (linha 49)
Não compre uma prostituta; ela é o lado afiado de uma foice. (linha 154)


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Richard J. Clifford. Wisdom Literature in Mesopotamia and Israel. Society of Biblical Lit; 2007. ISBN 978-1-58983-219-0. p. 4.
  2. Instructions of Shuruppak: from W.G. Lambert (1996) Babylonian Wisdom Literature. (Eisenbrauns, Winona Lake, Indiana) Includes on-line English translation of the text.
  3. Vários autores. Comentário bíblico em 3 volumes. Edicoes Loyola; ISBN 978-85-15-01742-3. p. 44.
  4. Ewa Wasilewska. Creation Stories of the Middle East. Jessica Kingsley Publishers; ISBN 978-1-85302-681-2. p. 176.
  5. Bendt Alster. The instructions of Suruppak: a Sumerian proverb collection. Akademisk Forlag : [eksp., DBK]; 1974. p. 76–77.
  6. Tremper Longman. Proverbs. Baker Academic; ISBN 978-0-8010-2692-8. p. 50.