Instrumentação cirúrgica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Técnica em instrumentação cirúrgica em ação no Irã.

Instrumentação cirúrgica é uma profissão cuja função é ajudar o cirurgião no ato cirúrgico. A sua principal responsabilidade é com os instrumentos cirúrgicos e o ato cirúrgico em si. Seu objetivo maior, assim como o de toda a equipe cirúrgica, é a qualidade e segurança do procedimento cirúrgico, atendendo ao cliente com maior eficácia e eficiência. No Brasil, é uma profissão de nível técnico.

História[editar | editar código-fonte]

A instrumentação cirúrgica nasceu no Século XX, período de grande crescimento nas cirurgias e consequentemente de crescimento do papel do instrumentador cirúrgico. Com esse crescimento, tornaram-se necessários profissionais mais qualificados. Surgiram, assim, escolas formadoras desses profissionais. Surgiram escolas de técnicos em instrumental cirúrgico em Nice, na França, em 1954.

Curso[editar | editar código-fonte]

Durante o curso, o estudante conhece os instrumentos cirúrgicos, a anatomia humana e muitos outros conhecimentos da área da saúde.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Instrumentação cirúrgica
Ícone de esboço Este artigo sobre uma profissão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.