Interior do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Existem conceitos variados sobre o que é Interior do Brasil. Oficialmente, nos órgãos federais, imprensa e universidades, o termo interior se refere ao local que não é a capital e nem as cidades adjacentes a ela, as chamadas regiões metropolitanas. Ou seja, são considerados interior do Brasil todos os municípios, excluindo-se as áreas metropolitanas das capitais, onde as mesmas estão incluídas.

Pode também designar as áreas que não se encontram no litoral. O termo interior foi muito utilizado quando da construção da nova capital do Brasil, Brasília, que serviu para "interiorizar" o país.

Está localizada nesta região, o município de Campinas com mais de 1 milhão de habitantes, sendo a maior cidade e única metrópole do interior do Brasil. Outros municípios de destaque do interior brasileiro, são: São José dos Campos, com 695 mil habitantes, Ribeirão Preto que possui 674 mil habitantes, além de ser a maior cidade do país distante 100 km de capitais e Uberlândia, com 669 mil habitantes, sendo a quarta maior cidade do interior do país, e efetivamente a maior fora do Estado de São Paulo. Outra cidade destacável é Feira de Santana, no interior do estado da Bahia, sua população é de 622 mil habitantes, sendo o maior município do interior do Nordeste Brasileiro.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.