Interiores holandeses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Os interiores holandeses são uma série de três pinturas de Joan Miró executadas em 1928, cada uma inspirada em pinturas de interiores holandeses do Século de Ouro dos Países Baixos. Interior holandês I é uma reinterpretação do jogador do alaúde por Hendrik Martenszoon Sorgh, Interior holandês II é uma reinterpretação das Crianças ensinando um gato a dançar por Jan Steen, e Interior holandês III é uma reinterpretação da jovem mulher em seu toilette, também por Steen.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Malet, Rosa Maria (1993). Joan Miró Segona ed. Barcelona: Edicions 62. ISBN 84-297-3568-2 
  • Malet, Rosa Maria (2003). Joan Miró: apunts d'una col.lecció : obres de la Gallery K. AG = notes on a collection: paintings from the Gallery K. AG. Barcelona: Fundació Joan Miró. ISBN 978-84-932159-8-9 
  • Penrose, Roland (1993). Miró 1. ed. London: Thames and Hudson. ISBN 84-233-1976-8 
  • Raillard, Georges (1993). Miró 1a. ed. Madrid: Debate. ISBN 84-7444-605-8 
  • Rebull Trudel, Melania (1994). Joan Miró: 1893-1983. Madrid: Globus. ISBN 84-88424-96-5 
  • Saura, Antonio. «La cara oculta de un pintor». El País, 26/12/1983. Consultado em 9 de outubro de 2011