Internacional Comunista Operária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Internacional Comunista Operária foi uma internacional comunista de esquerda, fundada pelo Partido Comunista Operário da Alemanha (KAPD) em 1922.[1] Apesar de também por vezes referida pelo nome "Quarta Internacional", não deve ser confundida com a "Quarta Internacional" fundada por Trotsky nos anos 30.[2]

História[editar | editar código-fonte]

A organização foi fundada em 1922, após uma cisão no KAPD, por membros da facção de Essen, incluindo Herman Gorter e Karl Schröder,[1] enquanto a facção de Berlim considerava que a criação da internacional era prematura.[3] A ela aderiram o Partido Comunista Operário dos Países Baixos (KAPN), o Partido Comunista Operário britânico de Sylvia Pankhurst, o Partido Comunista Operário russo (que provavelmente se resumia a dois russos vivendo na Alemanha ligados ao KAPD), o Grupo Operário russo, o Partido Comunista Operário da Bulgária e alguns comunistas de esquerda de outros países.[4]

A internacional foi enfraquecida pelas divisões (e nalguns casos desaparecimento) dos partidos que a integravam,[5] e também pelo abandono do Grupo Operário russo (que pretendia continuar a agir dentro do Partido Comunista da União Soviética, enquanto a KAI recusava qualquer aliança com a III Internacional).[6] Em 1927 a sua sede transferiu-se para os Países Baixos, sendo na prática o KAPN a sua única secção;[7] mas já desde 1924 que a KAI não tinha qualquer atividade real, resumindo-se a um gabinete que publicava documentos em nome da organização.[5]

Referências

  1. a b Bourrinet, p. 168
  2. «To the communist comrades of every country!». Manifesto of the Workers' Group of the Russian Communist Party 1923 (em inglês). Marxists Internet Archive. Consultado em 9 de janeiro de 2018.. We address ourselves to all the parties of the 3rd International as to those of the 4th Communist Workers' International,[This is the KAI (Communist Workers' International, 1921-22), founded on the initiative of the KAPD, not to be confused with the Trotskyist IVth International] 
  3. Bourrinet, pp. 163-164
  4. Bourrinet, pp. 170-171
  5. a b «The KAI and the Schism in the KAPD». Dauvé & Authier 1976 
  6. Hebbes, Ian (2 de setembro de 2007). «The Communist Left in Russia after 1920» (em inglês). Libcom.org. Consultado em 3 de janeiro de 2017. 
  7. Bourrinet, pp. 185

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]