Internet Archive

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Internet Archive
Logotipo do website.
Requer pagamento? Não
Gênero Biblioteca digital
Cadastro Opcional
Idioma(s) Inglês
Lançamento 12 de maio de 1996 (21 anos)[1][2]
Posição no Alexa 263 (novembro de 2016)[3]
Página oficial https://archive.org/
Estado atual Ativo

Internet Archive é uma organização sem fins lucrativos dedicada a manter um arquivo de recursos multimídia.[4] Ela foi fundada por Brewster Kahle em 1996 e se localiza em São Francisco, Califórnia. Tal arquivo inclui "retratos" da Web: cópias arquivadas de páginas da World Wide Web, com múltiplas cópias (tomadas em instantes diferentes) de cada página, mostrando assim a evolução da Web. O arquivo inclui também software, filmes, livros, e gravações de áudio (inclusive gravações de shows/concertos ao vivo de bandas que o permitem). O acervo pretende manter uma cópia digital desses materiais para consulta histórica.[5]

Devido ao seu objetivo de preservar o conhecimento humano e disponibilizá-lo a todos, o Internet Archive já foi comparado à Biblioteca de Alexandria.

Ele abriga um grande número de arquivos de vários tipos, como áudio, vídeo e texto, a grande maioria deles no domínio público, com licenças Creative Commons ou outras licenças que permitem a distribuição gratuita.

Em julho de 2017, o site foi bloqueado no Brasil por tempo indeterminado a pedido do Supremo Tribunal Federal. Segundo os relatores, o site mantém em seus arquivos a gravação do documentário Beyond Citizen Kane, proibido no país por duras críticas a Rede Globo. A ação pedia a remoção do vídeo de forma imediata, no entanto, o Internet Archive desacatou a ordem, o que justificou seu bloqueio.

Wayback Machine[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Wayback Machine

O Internet Archive tem capitalizado sobre o uso popular do termo "WABAC Machine" de um segmento do desenho animado The Rocky and Bullwinkle Show, e usa o nome "Wayback Machine" para o seu serviço que permite que arquivos da World Wide Web possam ser pesquisados e acessados.[6] Este serviço permite aos usuários visualizarem páginas da web arquivadas. O Wayback Machine foi criado como um esforço conjunto entre a Alexa Internet e o Internet Archive quando um índice tridimensional foi construído para permitir a navegação no conteúdo de paginas da web arquivadas.[7] Milhões de sites e seus dados associados (imagens, código fonte, documentos, etc) são salvos em um banco de dados gigantesco. O serviço pode ser usado para ver as versões anteriores de sites usados ​​para parecer, para pegar o código fonte original a partir de sites que podem não ser diretamente disponíveis, ou a visitar sites que já nem sequer existem. O Termos de Uso do Internet Archive especifica que os usuários do Wayback Machine não são livres para baixar os dados da coleção. Nem todos os sites estão disponíveis porque muitos donos de sites optam por excluir os seus sites. Como em todos os sites com base em dados de crawlers, o Internet Archive perde grandes áreas da web para uma variedade de outras razões. Polarizações internacionais também foram encontrados na sua cobertura, embora isto não parece ser o resultado de uma política deliberada.[8]

O uso do termo "Wayback Machine" no contexto da Internet Archive tem se tornado tão comum que "Wayback Machine" e "Internet Archive" são quase sinônimos. Este uso ocorre na cultura popular, por exemplo, no programa de televisão Law and Order: Criminal Intent ("Legado", executado pela primeira vez em 03 de agosto de 2008), um extra de jogar com um técnico de computador enquanto usa o "Wayback Machine" para encontrar um arquivo de website estilo Facebook de um estudante. Snapshots costumam demorar pelo menos 6-18 meses para ser adicionadas.

Open Library[editar | editar código-fonte]

Livro sendo escaneado para o Internet Archive.

O Open Library é outro projeto da Internet Archive. O site pretende incluir um banco de dados de páginas da web para todos os livros já publicados, uma espécie de versão do WorldCat em código aberto. Possui 23 milhões de registros de catálogos de livros, além de textos completos de cerca de 1,6 milhão de livros de domínio público, que são plenamente legíveis e disponíveis para download.[9][10] Open Library é um projeto de software livre, com seu código-fonte livremente disponível no site da Open Library.

Imagens da Nasa[editar | editar código-fonte]

Imagens da NASA foi criado através de um acordo do Space Act entre o Internet Archive e a NASA para levar o acesso público as imagens, vídeos e coleções de áudio da NASA em um único recurso, pesquisável. A equipe de imagens da NASA trabalha em estreita colaboração com todos os centros da NASA para continuar a acrescentar à coleção cada vez maior de imagens da NASA.[11] O site foi lançado em julho de 2008 e agora tem mais de 100 mil itens online.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «About the Archive» (em inglês). Internet Archive 
  2. «Whois Record for InternetArchive.org» (em inglês). WHOIS 
  3. «archive.org Traffic Statistics» (em inglês). Alexa Internet. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  4. Reporter Net (2008). «Veja como eram os sites há 15 anos». Consultado em 5 de abril de 2011 
  5. «Após incêndio, Internet Archive pede doações para recuperar equipamentos». 8 de novembro de 2013. Consultado em 6 de janeiro de 2015 
  6. Green, Heather (28 de fevereiro de 2002). «A Library as Big as the World». Business Week Online. Consultado em 25 de junho de 2007 
  7. «Internet Archive. (2012). Frequently Asked Questions». Archive.org. Consultado em 13 de abril de 2013 
  8. Thelwall, Mike; Vaughan, Liwen (primavera de 2004). «A fair history of the Web? Examining country balance in the Internet Archive» (PDF). Library & Information Science Research. 26 (2): 162–176. doi:10.1016/j.lisr.2003.12.009 
  9. Gonsalves, Antone (20 de dezembro de 2006). «Internet Archive Claims Progress Against Google Library Initiative». InformationWeek. Consultado em 5 de janeiro de 2007 
  10. «The Open Library Makes Its Online Debut». Chronicle of Higher Education, The Wired Campus. 19 de julho de 2007. Consultado em 30 de julho de 2007. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2007 
  11. «nasaimages.org». nasaimages.org. Consultado em 13 de abril de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Internet é um esboço relacionado ao Projeto Internet. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.