Internet Control Message Protocol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde novembro de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

ICMP, sigla para o inglês Internet Control Message Protocol, é um protocolo integrante do Protocolo IP, definido pelo RFC 792, é utilizado para fornecer relatórios de erros à fonte original. Qualquer computador que utilize IP precisa aceitar as mensagens ICMP e alterar o seu comportamento de acordo com o erro relatado. Os gateways devem estar programados para enviar mensagens ICMP quando receberem datagramas que provoquem algum erro.

As mensagens ICMP geralmente são enviadas automaticamente em uma das seguintes situações:

  • Um pacote IP não consegue chegar ao seu destino (i.e. Tempo de vida do pacote expirado)
  • O Gateway não consegue retransmitir os pacotes na frequência adequada (i.e. Gateway congestionado)
  • O Roteador ou Encaminhador indica uma rota melhor para a máquina a enviar pacotes.

Ferramentas comumente usadas em Windows baseadas nesse protocolo são: Ping e Traceroute.

Alguns firewalls, geralmente instalados em servidores Windows ou Unix, bloqueiam as respostas (ICMP Reply), dificultando o Ping e o Traceroute (tracert). Isso por diversas razões. Uma delas é para bloquear os ataques de hackers, que consiste na sobrecarga da memória, enviando dados (em ping) até o sistema não ter a capacidade de administrar suas próprias funções. Esse ataque é significativo, principalmente contra usuários do Microsoft Windows 95.

Frames ICMP (1)[editar | editar código-fonte]

  • Echo Request / Reply
    Mensagens para funções de teste e controle da rede, caso a maquina esteja ligada ira responder com um reply e se estiver inalcançavel request;
    Usadas pelo comando PING
  • Destination Unreachable
    Enviado por um router que deixa fora um Datagrama;

Tipo de mensagem que é obtida quando não se consegue localizar o equipamento alvo;
(nem todos os datagramas perdidos são detectados)

  • CODE - Indica a razão da perda do datagrama
  • Timestamp Request / Reply
    Mensagens para sincronização dos relógios das máquinas

Estrutura de um datagrama ICMP[editar | editar código-fonte]

Os pacotes ICMP são encapsulados dentro de datagramas IPv4.

Cabeçalho (Header)[editar | editar código-fonte]

Este começa no final do cabeçalho IPv4 e é constituído por 8 bytes.

Tipo (Type)[editar | editar código-fonte]

Código (Code)[editar | editar código-fonte]

Checksum (Soma de verificação)[editar | editar código-fonte]

Especificado em RFC 1071, é uma soma de verificação da integridade dos dados, calculado a partir do cabeçalho e dos dados do pacote ICMP.

Resto do cabeçalho (Rest of Header)[editar | editar código-fonte]

Um campo de 4 bytes, de conteúdo variado dependendo to tipo e código ICMP.

Formato de um cabeçalho ICMP
Offsets Byte 0 1 2 3
Byte Bit 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
0 0 Tipo Código Checksum
4 32 Resto do Cabeçalho (Rest of Header)

Dados[editar | editar código-fonte]

O tamanho da secção dos dados de um pacote ICMP é variável. As mensagens de erro ICMP contêm uma cópia do cabeçalho IPv4 completo, bem como pelo menos 8 bytes dos dados provenientes do mesmo pacote IPv4 que causou a mensagem de erro. O tamanho máximo de uma mensagem ICMP é de 576 bytes.[1]

Mensagens de controle[editar | editar código-fonte]

As mensagens de controle são identificadas pelo valor no campo tipo, o campo código fornece informação contextual adicional para a mesma. Desde a implementação do protocolo ICMP, algumas mensagens de controle foram deprecadas.

Principais mensagens de controle[2][3]
Tipo Código Estado Descrição
0 – Echo Reply[4]:14 0 Echo reply (used to ping)
1 and 2 não atribuídos Reserved
3 – Destination Unreachable[4]:4 0 Destination network unreachable
1 Destination host unreachable
2 Destination protocol unreachable
3 Destination port unreachable
4 Fragmentation required, and DF flag set
5 Source route failed
6 Destination network unknown
7 Destination host unknown
8 Source host isolated
9 Network administratively prohibited
10 Host administratively prohibited
11 Network unreachable for ToS
12 Host unreachable for ToS
13 Communication administratively prohibited
14 Host Precedence Violation
15 Precedence cutoff in effect
4 – Source Quench 0 deprecada Source quench (congestion control)
5 – Redirect Message 0 Redirect Datagram for the Network
1 Redirect Datagram for the Host
2 Redirect Datagram for the ToS & network
3 Redirect Datagram for the ToS & host
6 deprecadas Alternate Host Address
7 não atribuído Reserved
8 – Echo Request 0 Echo request (used to ping)
9 – Router Advertisement 0 Router Advertisement
10 – Router Solicitation 0 Router discovery/selection/solicitation
11 – Time Exceeded[4]:6 0 TTL expired in transit
1 Fragment reassembly time exceeded
12 – Parameter Problem: Bad IP header 0 Pointer indicates the error
1 Missing a required option
2 Bad length
13 – Timestamp 0 Timestamp
14 – Timestamp Reply 0 Timestamp reply
15 – Information Request 0 deprecadas Information Request
16 – Information Reply 0 deprecadas Information Reply
17 – Address Mask Request 0 deprecadas Address Mask Request
18 – Address Mask Reply 0 deprecadas Address Mask Reply
19 reserved Reserved for security
20 through 29 reserved Reserved for robustness experiment
30 – Traceroute 0 deprecada Information Request
31 deprecada Datagram Conversion Error
32 deprecada Mobile Host Redirect
33 deprecada Where-Are-You (originally meant for IPv6)
34 deprecada Here-I-Am (originally meant for IPv6)
35 deprecada Mobile Registration Request
36 deprecada Mobile Registration Reply
37 deprecada Domain Name Request
38 deprecada Domain Name Reply
39 deprecada SKIP Algorithm Discovery Protocol, Simple Key-Management for Internet Protocol
40 Photuris, Security failures
41 experimental ICMP for experimental mobility protocols such as Seamoby [RFC4065]
42 – Extended Echo Request[5] 0 No Error
43 – Extended Echo Reply[5] 0 No Error
1 Malformed Query
2 No Such Interface
3 No Such Table Entry
4 Multiple Interfaces Satisfy Query
44 through 252 não atribuídos Reserved
253 experimental RFC3692-style Experiment 1 (RFC 4727)
254 experimental RFC3692-style Experiment 2 (RFC 4727)
255 reservado Reserved

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • RFC 792, Internet Control Message Protocol.
  • RFC 1071, Computing the Internet Checksum.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Baker, F. «Requirements for IP Version 4 Routers». tools.ietf.org (em inglês). Consultado em 17 de julho de 2018. 
  2. «IANA ICMP Parameters». Iana.org. 21 de setembro de 2012. Consultado em 7 de janeiro de 2013. 
  3. Computer Networking – A Top-Down Approach by Kurose and Ross
  4. a b c Predefinição:Cite rfc
  5. a b [[[:Predefinição:Cite IETF/makelink]] PROBE: A Utility for Probing Interfaces]. Predefinição:Cite IETF/doctypes. Predefinição:Cite IETF/makelink.