Inundações no Irã em 2019

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Uma comunidade inundada na província de Golestão em 21 de março.

Em março-abril de 2019, inundações repentinas generalizadas afetaram grandes áreas do Irã, nomeadamente as regiões de Golestão, Fars, Cuzistão, Lorestão e outras províncias. Mais de 77 pessoas morreram e cerca de 791 ficaram feridas em todo o país desde 3 de abril.[1] Vinte e três das trinta e uma províncias do país tiveram inundações. Pelo menos 25.000 casas foram completamente destruídas, enquanto outras 60.000 sofreram algum tipo de dano.[2]

A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho lançou grandes esforços de socorro, com o Crescente Vermelho iraniano enviando 11.000 funcionários. Críticas ao presidente Hassan Rohani surgiram devido à resposta tardia do governo.[1]

Referências

  1. a b «Iran puts death toll from flooding at 62». ABC News. 3 de abril de 2019. Consultado em 4 de abril de 2019 
  2. «Floods Demolish 25,000 Houses Across Iran, Damage 60,000 Others». RFE/RL. 1 de abril de 2019. Consultado em 4 de abril de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre História do Irão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.