Inveja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Inveja (desambiguação).
A inveja, conforme Sebastián de Covarrubias, gravura século 16

Inveja ou invídia[1][2], é um sentimento de angústia, ou mesmo raiva, perante o que o outro tem. Este sentimento pode gerar o desejo de ter exatamente o que o outro tem (tanto coisas materiais como qualidades inerentes ao ser), sendo isso uma possível consequência da inveja e não a inveja em si, podendo essa ter outras demais consequências ou não. Esse sentimento é comum na espécie humana e pode ser encontrado em outros animais além deste, demonstrando ter um marco biológico por trás de sua evolução através das espécies.[3]

A inveja pode ser definida como o sentimento de frustração e rancor gerado perante uma vontade não realizada de possuir os atributos ou qualidades de um outro ser, pois aquele que deseja tais virtudes é incapaz de alcançá-la, seja pela incompetência e limitação física, seja pela intelectual. Além disso, pode ser considerada um sintoma em certos transtornos de personalidade, como no Transtorno de Personalidade Borderline, no Transtorno de Personalidade Passivo-Agressiva e no Transtorno de Personalidade Narcisista.[4]

A inveja é um dos sete pecados capitais na tradição católica (CIC, número 1866).


Referências

  1. «Invídia». Dicionário Online Português. Consultado em 25 de setembro de 2011 
  2. «Indívia». dicionárioweb. Consultado em 25 de setembro de 2011 
  3. «Cientistas descobrem o que passa pela cabeça dos animais». Superinteressante. Consultado em 10 de janeiro de 2020 
  4. http://www.psicnet.psc.br/v2/site/dicionario/registro_default.asp?ID=554
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Inveja