Investimento em valor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O investimento em valor é um paradigma de investimento que deriva das ideias sobre investimento e especulação que Benjamin Graham e David Dodd começaram a ensinar na Columbia Business School em 1928 e posteriormente desenvolvida em 1934 seu livro Security Analysis. Embora o investimento em valor revestisse muitas formulações desde a sua criação, geralmente envolve a compra de títulos de empresas cujas ações parecem subestimados por alguma(s) forma(s) de análise fundamental.[1] Como exemplos, tais valores mobiliários podem ser ações de empresas cotadas cuja cotação tem descontos sobre o valor contábil, tem rendimentos de dividendos elevados, têm baixo índice rendimento sobre preço ou tem preço reduzido em relação ao preço contábil.

Defensores de nomeada do investimento em valor como Warren Buffett, Presidente da Berkshire Hathaway, têm argumentado que a essência de investimento em valor é comprar ações a preços inferiores ao seu valor intrínseco.[2]

Referências

  1. Graham, Benjamin (1934). Security Analysis New York: McGraw Hill Book Co., 4. ISBN 0-07-144820-9.
  2. Graham (1949). The Intelligent Investor New York: Collins, Ch.20. ISBN 0-06-055566-1.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]